♥ Um Natal diferente...E uma pausinha... ♥



Naquele ano, Rosa havia decidido, as coisas haveriam de mudar.

 Não mais queria correrias, complicações.

Queria ver novamente em sua casa aquele Natal tranquilo, em Paz e onde apenas a família reunida seria o tom da festa.

Haveriam de rezar, ver as crianças cantando as músicas e todos juntos, cantariam a NOITE FELIZ.

Teriam presentes, mas a figura verdadeira do Natal seria o principal e todos, com muita união e alegria , o saudariam. Depois, só depois, passariam para a sala de jantar, onde a ceia esperava...

Isso o que ela imaginara.

Escurece, vem a hora do encontro marcado. Todos chegariam dentro em breve.

Ela vai até o marido e se abraçam e  beijam, desejando ainda  à sós um FELIZ NATAL.

Toca o interfone.

_ Podes abrir,Pedro?

_É o Raul com sua família.

Ao subir e entrar na casa toda preparada, com cheirinho de Natal e dos quitutes preparados com carinho, Rita a nora, com cara de poucos amigos...

Julinha, a netinha, queria correr por tudo e perguntava apenas:
_Quando vamos abrir os presentes?

Mais uma vez o interfone:

_Agora é o Beto! Avisa Seu  Pedro à família.

 Beto chega só, triste e apático, sem os filhos nem a esposa. 
Os primeiros haviam decidido  passar o Natal com amigos e a esposa, se sentia entediada naquele dia, resolvera ficar em casa sozinha...

Julia começa então a reclamar:

_ O que vou fazer aqui a noite toda? Na casa da vovó não tem computador! Não tem joguinhos, NADA para fazer! QUE SACO!!!

Rosa escutando, corre a buscar os brinquedos que lá tinham.Peças de montar, bonecas... Mas nem terminou de colocá-las diante de Julinha e essa já lhes virava o rosto.
_Não quero essas coisas feias e sem graça!!! 

Assim, tudo aquilo que Rosa havia planejado, dera errado...

Ela,  hoje, passados dois anos daquele dia, lembrava e falava ao marido, Pedro:
_ De alguma forma, eu sabia que aquele Natal seria diferente. 
Porém, nunca imaginaria que seria TANTO assim...

Pedro abraça Rosa e rezam, escutam música de Natal e esperam...

Não mais convidam ninguém, não querem que nem os filhos, nem os netos se sintam obrigados a passar o Natal com eles...

De repente, dlin, dlon, dlin, dlon...

_ Pedro, podes ver quem é? Espera antes de abrir pois tenho que me vestir melhor, avisa!

-É Beto e Dóris, é Raul com Geni e Julinha e ainda Fernando e Márcia...

_Uau!!! Vieram todos? 

__Que beleza de Natal vamos ter!!!

Feliz Natal,mãe e pai!!

_Feliz Natal , vovô e vovó!!

Viemos passar o Natal com vocês. Viemos sem avisar para não dar trabalho, mas... O que teremos para jantar?

_Esperem,todos!!! Em pouco tempo, uma bela noite de Natal vamos passar!!! 

Assim, naquela noite, tiveram o resgate daquele triste Natal passado tempos atrás e na simplicidade encontraram os filhos e netos a melhor forma de festejar! Sem, presentes, sem grandes jantares ,apenas com a vontade de ali juntos ficar!!!



* Esse texto é uma republicação, muitos já devem ter lido, mas outros tantos não!

Obrigado por todo carinho nesse ano que passou aqui e em todos os meus blogs e , como não poderia faltar, desejo o meu tuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuudo de bom para todos!!!

FELIZ NATAL!!! Daqueles que nascem dentro do coração e não nos shoppings!!!

Lindo 2014!

*Faço uma pausa pra receber nosso filho e neto que chegam de longe e vamos curtir bem a família!

Volto quando der e os cometários, claro, só depois, na minha volta retibuo!

 beijos,chica



**

* Para saberem notícias, estou contando , sempre que der aqui:

http://canteirosdavida.blogspot.com.br/