* Carta a um filho...


Essa é minha participação da 5ª Edição do Projeto In Verbis

Tarefa:
Continue a história, conto, poema, etc a partir da frase "Peguei a caneta, encarei o papel em branco e escrevi..."
O que foi escrito? Uma carta? Uma declaração? Uma revelação?Usem a criatividade.
Regras: O texto deve começar com essa frase, ela não pode ser colocada no meio nem no final.
A frase não pode ser alterada.

(((o)))o(((o)))o(((o)))

"Peguei a caneta, encarei o papel em branco e escrevi essa carta para ti, meu filho...


Acabamos de passar por uma situação que nos colocou juntos novamente no mesmo barco...

Um barco que o leme estava sendo dirigido por alguém muito maior e que apesar de nos fazer quase cair dele, quase nos afogar, nos deu chances de conhecer bons barqueiros e bons mares para navegar.

Nos colocou juntinhos, como há muito tempo estamos, porém certas vezes cremos que nem lembres dessa presença tão forte e sempre pertinho de ti.

Ficamos novamente, sem interferências, juntos e pudestes sentir como isso é bom e faz bem. Foi um resgate ao passado...

E, tenho certeza, se ainda não o fizeste, ao repensar essa viagem , perceberás e lembrarás quanto é muitas vezes, deixado de lado por pressa,descuido, desatenção ou impaciência.

Foi mais uma viagem de barco na qual sofremos, atravessamos nuvens bem negras,passamos por maus pedaços mas, ao final de cada um deles,ao olhar para o lado, sempre nos vimos juntos.

Isso é maravilhoso e são esses momentos que não devem ser esquecidos nunca...

um beijo da tua mãe, feliz por estares aqui...

(Carta a um filho que quase morreu após uma cirurgia , por puro descuido da enfermagem da sala de recuperação do Hospital, aqui em  P.Alegre, em 15 de julho de 2009)