* Uma linda visita...


Essa é minha participação na 4ª edição do "ONDE AS PALAVRAS SE SOBREPÕE"
.
Ver AQUI

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Uma linda visita...


Noite de sexta-feira,  de quase inverno, mas com um frio como o do rigor dele...

Pedro e Beth estavam cansados de um  dia de trabalho bem agitado no escritório.

Voltam para casa e  após um banho relaxante, vestem seus roupões , fazem um lanche e chegam à conclusão que nada melhor do que deitar , assistir um pouco de tv por lá mesmo, em sua cama, juntinhos e bem quentinhos...

Moravam num andar alto de um prédio,e tinham como costume deixar as  janelas  com as persianas levantadas,  permitindo assim que desfrutassem  da  linda vista panorâmica , tão logo despertassem...

Era assim que faziam sempre!

Mas, naquela noite, de repente, algo parecia incomodar, clareando os seus rostos e o  ambiente...

Na cama, começa a função:
Viram, reviram...Puxam o cobertor, o lençol...
Cobrem o rosto...

Mas  continuavam ali...Um esperava que o outro tomasse as providências de sair da cama e fechar a janela,mas levantar, sair da cama,naquele frio, nem pensar...Ele  era muito forte mesmo.

E além disso, o que estava acontecendo, apesar de os ter acordado em meio à noite, pensando bem, era muito lindo! Lindíssimo até!

Quem estava os visitando na cama, em plena noite , não se importando com o frio lá de fora?

Quem os acordava numa noite onde tudo era próprio para um ótimo e quentinho dormir?

Eram eles: os lindos raios de um maravilhoso luar em sua fase cheia. ...

Não era sempre que podiam acordar em meio à noite, com essa luz maravilhosa banhando seus rostos...

Tudo isso, toda essa beleza de graça...

Nem o tempo que ficaram acordados depois disso, foi perdido ou os pode  fazer lamentar... Souberam aproveitar bem...

Acordados, com aqueles raios de luar, tinham muito a fazer ali mesmo...Afinal,quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós." Eles se amavam muito e sabiam o que fazer...

E ela, aquela senhora lua, que lá de fora, os olhava, parecia abençoar aquele lindo amor que propiciara , o qual eles sentiam e desfrutavam com prazer, não se importando com sua presença...


Foi uma linda visita em meio à uma madrugada fria...

Valeu a pena!