Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥ O ritual.. ♥



O ritual novamente estava por se repetir.
E ela, até um frio na alma, parecia já sentir...

Todas as noites, antes de dormir
o chá com a mãe precisava repetir...

Nessa hora, a limpo era passado o dia...
Sem querer, todos os segredos, a mãe descobria!

Ela por tudo se interessava, cada detalhe queria saber
falava do trabalho, do namoro e tudo que estava a acontecer!

Algumas coisinhas até  queriam ficar escondidas
mas diante dela, naquela hora, mentiras,não admitidas.

Naquela noite, o clima estava diferente.Algo havia no ar...
Parecia até que da verdade, a mãe já estava a imaginar!

Ela, com o frio  na alma já o momento  previa
 mas, mesmo assim, contaria tudo naquele dia!

A chaleira no fogo. O bule de chá já preparado...
A xícara era servida. Mas a mãe a olha no olho, o vê molhado!

Dali levanta, diz que o chá naquela noite não lhe cai bem...
Ela desconfiou do segredo, foi deitar! Disse não estar bem!

Assim, mais uma noite deveria esperar...
pois só naquela hora, com a mãe podia confidenciar!

Dias se passaram e o ritual do chá não acontecia...
ela queria até falar logo, mas a mãe , ouvir não queria...

Passam uns dias, ela do trabalho retornou, após o banho, passa pela cozinha...
A mãe prepara o chá.Entrega-lhe um pacote....O que será dentro dele tinha?

Abre, encontra   um rosa, outro azul  de bebê os  sapatinhos...
Olha, aperta-os no peito, abraça a mãe e ganha de volta um sorrisinho...

Já há muito tempo a mãe  desconfiava daquela novidade...
Deixou passar o tempo, mas até torcia, para que realmente fosse verdade!

Agora, juntas todos os dias, o mesmo ritual do chá preparado
A cada volta do trabalho, mais uma roupinha, do enxoval, já iniciado!

chica


45 comentários:

  1. Situação assim me intriga. Por que há este temor tão espalhado Brasil e mundo a fora? Este temor de dizer: estou grávida! Estou prenha! Tanto na literatura, como nos filmes, como nas minisséries, nas séries? Há um temor exacerbado.

    Mesmo havendo amizade, famílias liberais, famílias conservadoras, abertas é um comportamento que vai contra o estimulo à vida.

    Tive exemplos na minha família que foi assim. Tive exemplo na família de minha esposa que foi assim também. Medo! Temor! E depois, as crianças chegaram e a rotina das famílias se transformaram.

    Não precisavam ter deixado de tomar o chá delas. Não por isto! Mas, sei que é assim que funciona aqui no nordeste, como ai no sul.

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica
    As mães são danadas, têm um sexto sentido, uma intuição, não deu outra.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Chica. Fui lendo e foi dando até um frio na barriga! Que bom que elas se entenderam e continuaram amigas. Beijo! Renata

    ResponderExcluir
  4. Criatividade não lhe falta, Chica... Mãe é sensível demais e percebe coisas com muita rapidez... No caso, há amizade entre elas e, certamente, o final foi feliz e pacífico!

    Abraços... Boa noite...

    ResponderExcluir
  5. Essa teve um final feliz, afinal, o que estava feito, feito estava. E que dádiva encontrar o amor de mãe numa hora dessas. E foi lindo. Mas tem meninas que escondem por medo, por vezes até expulsas de casa são! Ou abortam, também escondido! Triste realidade.

    Beijos, Chica!

    ResponderExcluir
  6. Oh Chica!!! Me identifiquei!!!
    E senti saudades da minha mãe!!!!
    Adoro o que vc escreve!!!
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  7. Que coisa linda essa relação mãe e filha, né? Então vou aproveitar e convidar vc pra ver o livrinho que fiz pra minha filhota. Da um pulo la. Vai ser uma honra. Bjs nesse coração cheio de poesia!
    AmorecosbyCrika

    ResponderExcluir
  8. oi Chica,

    a mãe sempre tem essa sensibilidade apurada,
    parece que a gente sabe de tudo que se passa com os filhos,
    apenas algumas vezes fingimos não perceber...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. São coisas de Mãe. No fundo ela sentiu que estava acontecendo algo diferente .
    Qual for a situação, a mãe acolhe sempre seus filhos.Um final feliz para as duas continuaram mais amigas..
    Um bonito dia para você.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  10. O primeiro sapatinho do meu filho veio assim!!!!!!!!
    Não da volto mais tarde

    ResponderExcluir
  11. Mãe é mãe ....
    a gente sabe, sente, não adiante querer tapar o sol com a peneira, mãe é sábia.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Adorei a história amiga Chica!
    A mãe sempre sabe o que está acontecendo com os filhos.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  13. Que legal! Mães são mesmo danadas.. rs. Adorei essa amizade de mãe e filha em forma de poesia.
    Um beijão, linda.

    ResponderExcluir
  14. Só mesmo uma mãe para saber tudo que se passa com os filhos! De emocionar,Chica! bjs,

    ResponderExcluir
  15. Mãe sempre sabem de tudo rs....

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  16. Coração de mãe sempre sabe das coisas!
    e o segredo foi revelado com a poesia do chá!

    bjos
    zizi

    ResponderExcluir
  17. Oi Chica!
    Que encanto de leitura, as vezes palavras não diz tudo, mas um afeto, um olhar especial de mãe, diz tudo e mais um pouco...
    Bjãooooooo.

    ResponderExcluir
  18. AH Chica adivinha se não me emocionei? Teu conto pra mim muito real, bjos Luconi

    ResponderExcluir
  19. As mães têm o poder de adivinhar o que passa nos corações de seus filhotes. Elas têm um faro incrível. São coisas de mães, mesmo.
    Muito legal a tua crônica, Chica.
    Abração.

    ResponderExcluir
  20. Que mãe maravilhosa!!!, o respeito, o carinho, o recuo, a espera, o presente, ela soube ser mãe. Não aquela que apenas pune, condena, mas aquela que abraça, que realmente quer que a felicidade seja o objetivo maior.

    Que linda lição, pois sabemos que mesmo em tempos modernos, ainda existe preconceito.
    Amei Chica, como sempre um Sh0W.

    ResponderExcluir
  21. Olá Chica, que deliciosa história! Lindaaaaaaaaa e com final feliz!
    O coração de mãe sempre pronto a acolher..!
    Adorei! Muito, muito, linda a sua inspiração!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  22. Que lindo Chica!
    Pensei que a mãe, fosse ficar brava...
    mesmo que o momento não seja o mais oportuno, ninguém resiste a chegada de um bebê!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  23. Coisas de mãe, um coração que sente e presente.

    Bom fim de semana Chica.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  24. Olá, Chica , boa tarde.

    Meus desejos de um maravilhoso, bom fim de semana. Mas, quero falar de futebol, já que estamos, no período de reta final, da Copa do Mundo. Vamos falar sim. Mas, lá no meu blogue. " Tô te esperando "
    Abraços

    ResponderExcluir
  25. Puxa Chiquinha! Uma coisa comum, uma história simples, mas o encanto que você consegue colocar nas mínimas coisas é que tornam seus textos tão mágicos!

    Parabéns minha amiga!

    ResponderExcluir
  26. Quem sabe, talvez a mãe dela tenha repetido o mesmo procedimento da avó, quando dela engravidou. De geração para geração. Rsrs. Lindo poema narrativo Chica!

    Abraços e um ótimo final de semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  27. Oi Chica
    Vc tem uma leveza para escrever que é lindo! Um texto que teria tudo para ser pesado mas vc tornou sublime! Adorei! E a gente que é mãe sabe de tudo mesmo né?!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  28. Que lindinho, Chica!
    Uma mãe assim raramente se tem... e vc descreveu-a lindamente... e a filha a esperar a hora certa! Lindo!
    Boa semana, querida! Beijos

    ResponderExcluir
  29. Rejane, que texto gostoso, esse hábito gostoso entre mãe e filha conversarem e se confidenciarem, infelizmente isso não é mais comum entre mãe e filha hoje em dia, mas foi uma surpresa agradável, a vinda de uma criança. Lindo texto, parabéns.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  30. Oiee!!!
    Legal este momento quando vivenciado de coração entre mãe e filha.....e mãe é mãe, tem um sexto sentido Fooooooooormidável!!!!
    Parabéns pelos cinco anos por aqui e que venham quantos mais Deus permitir.
    Bjkss no coração lindona!

    ResponderExcluir
  31. Que criatividade, Chica! E que belo texto, amiga! Boa semana, fica bem.

    ResponderExcluir
  32. Um bebê é sempre uma bençao...

    Abçs

    ResponderExcluir
  33. Mãe bacana essa! Acolhedora como deveriam ser todas. Mas a gente sabe que na realidade não é bem assim que acontece.
    Beijuuss Chiquita

    ResponderExcluir
  34. Uma bela relação que a tudo supera e faz a alegria da renovação da esperança.
    Bela construção Chica.

    ResponderExcluir
  35. Um encanto essa história Chica
    que doce de mãe!
    boa semana bjss

    ResponderExcluir
  36. Olá, querida Chica
    Tirei meu bulezinho branco de porcelana que ganhei do armário e o chá não me falta todas as noites bem quentinho... Hum!!!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  37. Há um aspecto interessante nesse seu conto, pois a maioria dos chás são benéficos à saúde. Com o frio que anda por aqui, um chá de hortelã é uma boa pedida. Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  38. Nesse friozinho do agreste, me deu vontade desse chá com a minha mãe. Eu não lhe diria a mesma notícia, mas seria delicioso compartilhar contentamentos.

    Que bonito o fim, né? Esse neném decerto já sentiu-se amado pro essa avó.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  39. Saudades de suas palavras.
    Aqui há sempre histórias cheias de sabedoria e simplicidade.

    Um dia abençoado!

    http://feitocomcarinhodemae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Passei tanto tempo ausente, sem essas maravilhosas leituras que tanto bem fazem. Obrigada, chica, pela delícia de texto!
    Beijos,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  41. Finalmente um tempinho para o ritual repetir. Ás vezes não sento, não bebo o chá, não cumpro o ritual na totalidade. Mas o pensamento existe, as perguntas também . Falta a resposta o diálogo, o calor da presença. Prometo que sentarei mais vezes, Chica, Ritual é ritual.

    Abração.

    ResponderExcluir
  42. Oi Chica!

    Que texto lindo!!!! Do jeito que minha mãe me conhece, acho que ela saberá primeiro que eu quando estiver grávida!!! rs Mãe é mãe!

    Beijos

    ResponderExcluir
  43. Oi Chica! Passando para te cumprimentar e desejar uma ótima noite para ti e para os teus.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  44. Que bela tradição de mãe e filha! Um lindo momento para compartilharem seus momentos e seus segredos... será que ainda os temos em nossos dias, em meio a tanta tecnologia? Lembrei-me da família de uma amiga, com a qual convivi durante a faculdade, que se reunia a hora do chá, diariamente, e em volta da mesa farta dialogavam... Com esse contato entre mães e filhas, realmente não sobra segredo que não se revele!

    Beijos

    ResponderExcluir
  45. Bom dia Chica, tudo bem?

    Gostei muito dessa estória, terna e amorosa, como deveria ser a relação entre todas as mães e suas filhas.

    Um grande abraço, e tenha uma semana abençoada.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿