Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

* Passando juntos pelos invernos da vida...



É cedinho aqui no Sul
Lá fora está tão frio
gatinho se aquece na janela
o sol já brilha no céu azul

na cozinha, fogão à lenha,
já ferve o pinhão na panela...

Geada cobre o gramado
de branco pinta o jardim
pão do forno vai saindo
café cheirando no bule
meu amor perto de mim...

na cozinha, fogão à lenha,
já ferve o pinhão na panela...

Juntos sentados provamos
café e pão bem fresquinhos
manteiga derretendo passamos
café tomado aos golinhos

na cozinha, fogão à lenha,
ainda ferve o pinhão na panela...

Delícia a cada manhã estar
bem juntinhos, lado a lado
muito calor dentro de nós
que à noite será apagado!

na cozinha, fogão à lenha,
já comemos o pinhão da panela...

Muitos invernos ainda virão
muita lenha arderá no fogão
muito café com fresco pão
a chama,como a do pinhão,
tão cedo não acabará não...

A noite chega depressa
o dia se despede bem cedo
o frio mais forte começa
mas dele não temos medo!

na cozinha, fogão à lenha,
hora de apagar o fogo da panela...

É hora de novamente ir deitar
dormir então bem abraçados
debaixo do pesado cobertor,
a certeza de sermos amados...

passam os anos...
a idade já avança...

na cozinha, fogão à lenha
aquece a cozinha tão fria
mas ali ainda está o amor
a fazer-lhes companhia...

Outro gato, já velhinho pede o sol
casal idoso já não come mais pinhão
no fogão,ferve agora apenas um sopão

Passa o dia, a noite vem
hora de novamente dormir
a certeza do amor ainda aquece
e faz o casal junto sorrir...
chica

* Imagem daqui

32 comentários:

  1. Lindo Chica, deu até vontade de estar ao lado desse fogão a lenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse pinhão....
    Muito gostoso esse poema, até senti o gosto do pão com a manteiga derretendo.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Que delícia!
    E olha o jeitinho dele aí, parece um rei.
    Geada...
    Sempre imaginei essa cena, poesia...
    Friozinho...
    Fogão á lenha...
    Amiga, diga-se a verdade: um pãozinho com manteiga e café já é tudo de bom, imagina com um cenário desses!
    O amor é mesmo lindo ele produz maravilhas dentro contagiando tudo por fora.
    Chica minha querida poetisa parabéns!!!

    Lindo, lindo este texto!

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  4. Bah! Só quem mora aqui no Sul é que pode, como eu, entender bem o significado do teu poema! Muito bom - se não fosse o frio!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Quase deu pra sentir o calor do fogão rs...
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir
  6. Que gostoso ler um poema assim logo cedo!
    Nos dá uma paz, uma certeza que viver é a maior dádiva que nosso Criador nos concedeu
    Receba o meu carinho especial, beijos em seu coração!

    ResponderExcluir
  7. Muito bonioa Chica, deu uma vontade de comer um pinhão..rsrs. Lendo cada linha tentava imaginar a cena, muito bonito meso.

    abraços

    ResponderExcluir
  8. Lindo e terno poema, chica
    Tenha uma ótima tarde
    E o Gui, melhorou?
    Beijinhos mil
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  9. Mas bah, guria.
    Frio, café, pão fresco, pinhão, lenha, fogo, amor, muito amor...
    Tudo misturadinho dá um lindo poema, parabéns Chica.
    Abração.

    ResponderExcluir
  10. Que imagem linda de se visualizar... adorei o cenário descrito e o amor verdadeiro que o casal demonstra nos pequenos gestos... o frio é tão romântico...

    Beijos.
    Jr.

    ResponderExcluir
  11. Oh.. Chica me fez sonhar agora...lembrar do tempo de criança quando o fogão de lenha aquecia a casa, o café fresquinho dando aquele cheiro bom em toda a casa.. o pao quentinho com a manteiga derretendo..o leite puro fervido..os biscoitos..ai..ai... daria tudo pra poder reviver nem que fosse cinco minutinhos de tudo isso...fiquei nostálgica agora..só você mesmo pra nos deixar feliz por alguns momentos e com um sorriso no rosto que demora a sumir...
    Bjs muito carinhosos
    Márcia

    ResponderExcluir
  12. Adorei!Deu uma vontade de ir pro interior comer comida de fogão de lenha, correr com liberdade e ser feliz. Bjs

    ResponderExcluir
  13. Chica,que beleza de poesia!Senti até o cheiro do fogão a lenha!Amei!Bjs,

    ResponderExcluir
  14. Lindo demais, Chica!

    Meu cunhado tinha um sítio juntinho a Monte Verde (um dos lugares mais frios e lindos de Minas Gerais). Nas férias de julho, íamos para lá com os filhos, colhíamos o pinhão no pé (a casa era toda cercada de pinheiros), e à noite, os comíamos junto ao fogão de lenha.
    Viu que doces lembranças você me trouxe?

    Gosto muito também de cortar rodelinhas de pinhão cozido, refogar na manteiga e misturar no arroz. Você já comeu assim? Fica a idéia...:)

    Beijo grande prá você, e obrigada por todo o carinho deixado lá no mosaicos.

    Cid@

    ResponderExcluir
  15. que aconchego gostoso Chica...realmente se fechar os olhos...hummmm
    bjs Lu

    ResponderExcluir
  16. muito lindo Chica ! e obrigada pelo teu carinho! bjs!

    ResponderExcluir
  17. Chica,que doce surpresa eu tive...Passei para te agradecer sua visita no meu blog e...Amei o seu!!!!! linda poesia !!! A gauchada agradece!!!! Obrigada!!!!
    Bjss vou te seguir! Amo poesias!
    Carla

    ResponderExcluir
  18. Já comi muita coisa feita em fogão de lenha...que deliciosa volta ao passado você me proporcionou, Chica.
    Obrigada.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Chica
    Voce consegue nos levar direitinho para dentro da cena da história. Fica muito bom de ler .
    com carinho \Monica
    Estarei pegando o avião 'a tarde

    ResponderExcluir
  20. Sábia lição, Chica... a felicidade é feita de pequenas coisas! :) Bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  21. Que delicía de inverno.

    Saudades do tempo em que na casa da minha mãe tem fogão á lenha, era muito bom.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  22. Simplesmente maravilhoso essa "ponte" estabelecida com o avançar dos anos...
    Obga.pela partilha.
    abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  23. Que delicia Chica! com este calorão que por aqui temos apeteceu-me tanto o aconchego da lareira...
    bjs

    ResponderExcluir
  24. Uma Lareira com esse tempo frio é bom..
    Chicaa tem desafio pra vc lá no meu blog !!

    Besos *-*

    ResponderExcluir
  25. Chica, que chique é ter lareira!!!!! o calor tropical do Rio(mesmo no inverno) jamais nos permitirá tal coisa rssss mas seu poema é lindo. Beijos

    ResponderExcluir
  26. Ai Chica, que coisa mais gostosa de ler e de sentir... Calor humano repleto de amor e carinho... Fiquei encantada. Beijão

    ResponderExcluir
  27. Satisfação plena com tão pouco requinte. E a mamãe natureza sempre presente, mesmo sendo tão maltratada.

    Belo poema Chica! Amei!

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  28. Maravilha de poema, Chica! Gostei muito da imagem e da poesia ;)
    Beijos lindona!

    ResponderExcluir
  29. Olá Chica,
    Que coisa linda!!!
    O frio e seus prazeres. Amo!!!
    Fique bem.
    Bjs mil

    ResponderExcluir
  30. Minha linda
    Senti perfeitamente o que é estar pertinho de um fogão a lenha sentindo o cheirinho do pão caseiro rsrs
    lindo seu poema Chica, voce sempre me dá alegrias.
    o inverno está gostosinho por aqui, perfeito , cabe inteirinho nas suas palavras.
    muitos abraços

    ResponderExcluir
  31. Chica,


    Que coisa mais linda esse poema!
    Moro no interior de MG e "cresci" numa cozinha com fogão à lenha... ain ain... Saudades!
    Dias atrás até postei foto dele lá no meu blog...
    Acho que vc viu...


    Bjooookas, querida!

    ResponderExcluir
  32. Chica


    AMEI este teu poema! Que delícia invernar assim ao lado de quem a gente ama!
    Parabéns, tuas palavras são de uma sensibilidade sem fim, aqueceram a minha Alma!

    Bj grande

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿