♥ Numa manhã de setembro...♥



Hoje, numa das primeiras manhã de setembro, ela acordou mais triste...

Faltava-lhe algo e nem mesmo ela sabia o que poderia ser...

Estava cinza por dentro...e esse cinza teimava em colorir seu dia assim...

Ligou o radinho que lhe fazia companhia e ouviu , para saudar o novo mês, uma trilha de músicas que falavam sobre o tema: SETEMBRO.

Entre elas, lá estava e a que mais lhe chamou e a fez pensar foi: * As Manhãs de Setembro:(Composição: Vanusa e Mário Campanha)

Cantarolou bem atenta à letra:



"Fui eu quem se fechou no muro
E se guardou lá fora
Fui eu quem num esforço
Se guardou na indiferença
Fui eu que numa tarde
Se fez tarde de tristezas
Fui eu que consegui
Ficar e ir embora...
E fui esquecida
Fui eu!
Fui eu que em noite fria
Se sentia bem
E na solidão
Sem ter ninguém
Fui eu!
Fui eu que em primavera
Só não viu as flores
E o sol
Nas Manhãs de Setembro...

Eu quero sair
Eu quero falar
Eu quero ensinar
O vizinho a cantar
Nas Manhãs de Setembro
Nas Manhãs de Setembro
Nas Manhãs de Setembro
Nas Manhãs..."



Desligou o rádio...

Naquela hora, olhou pra dentro de si e viu que era ela própria que sentia-se incapaz de ver as flores e o Sol...

Pensou nas flores e seus perfumes e cores...

Pensou no Sol e seu brilho lindo!

Pensou numa saudade...

Pensou numa tristeza que teimava em não lhe deixar...O que estava acontecendo?

Aparentemente, tinha tudo! Mas esse tudo estava encoberto por um sentimento cinza, desbotado...

Num ímpeto de energia, fez um esforço enorme...

Arrastou o "pano, pontinha por pontinha e a cada gesto, tudo ia se iluminando mais e mais.

Por fim, era tudo novamente luz e cores...

Estava ganha novamente sua  manhã de um dia de  setembro e havia muito por vir...

Podia esperar! 

Chica


* Texto já publicado em  setembro/2009, mas novidade para muitos novos que aqui chegaram...