♥ Uma linda marca... ♥




Nina estava  por chegar e a barriga já pesava.

Mesmo assim, Leda não deixava de trabalhar.  Arrumava dentro e fora, queria tudo prontinho para a bebezinha esperar.

Dinheiro era pouco, não dava para grandes reformas, A porta da casa  ainda estava com a pintura descascada, mas logo, logo, isso iria mudar.

 Venderiam um pouco de flores e verduras e a tinta iria dar para comprar.

Semana de chuvas, barro na plantação...Com a tinta já comprada, Leda começa as pinceladas...

A cada uma delas, sentia mais satisfação. Estava ficando pronto e ao término, Leda sente dores.

_Uau! Que é isso? Será que Nina já quer chegar?

 Corre para o fundo do terreno onde Leocádio, o marido, estava a  terra a revirar.

_Anda, Leocádio, nossa Nina quer nascer!

_ Ora muié! Ela vai ter que esperar! Esse canteiro ainda não consegui termi.....

_ESPERA AÍ , O QUE FALASTE? Grita dando-se conta e tendo só então caído sua ficha.

_Muié de Deus!  Guenta as pontas!

_ Dona Genésia, socorro! Vem nos ajudá! Leda tá com a barriga pra estourá! Grita ele, apavorado ,para a vizinha do terreno ao lado.

Em segundos, Genésia chega, deitam Leda e, poucas contrações depois, Nina chega e dá seu primeiro chorinho...

E , naquela hora, Dona Genésia, que tantos outros já tinha ajudado, emocionou-se com a cena que ali viu.

Leocádio abraça Leda, juntos seguram Nina ,ainda sujinha e antes do primeiro banho, olhando para o crucifixo, rezam. pedem para que nunca falte nada àquela menininha que acabara , fruto do amor deles, de nascer.

Todas as providências lá tomadas, Nina já até amamentada. D. Genésia sai feliz.

Foi fazer uma bela canja, para aquela família, que via, não tinha nada de posses, como ela, porém era muito feliz.

Na  vizinhança, logo a notícia se espalhou. Nina foi visitada, ganhou flores, um porquinho pra criar e mudinhas pra plantar...

O casal continuava feliz e já no futuro pensando...

Logo, logo, estaria Nina correndo...

Olharia tudo aquilo, veria amor, amizade e simplicidade.
Caberia a ela decidir sua vida...

Poderia tudo aquilo até deixar pra trás, mas as marcas  do amor e carinho, essas ficariam pra sempre registradas...