♥A escada maldita... ♥






Participando da BC  promovida pelo Cristian  e a Pandora.

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Vanice era uma adolescente muito danadinha. Estudava em um colégio de freiras e por lá reinava a maior tranquilidade e paz.  Podiam ser ouvidos sussurros até, pois o silêncio imperava.

Mas em meio de toda paz, as rodinhas se reuniam nos recreios e por lá recordavam das palavras da Ir. Berenice:

_Nunca esqueçam:  Não podem ultrapassar a porta da clausura e quem o fizer, certamente, será surpreendido.

_ Como? As meninas questionavam...

_ Ao passar pela escada que dá acesso à porta da clausura, poderão encontrar o Sr.Rabudo, pois a escada é conhecida como escada do diabo!

_Ui,ais, gemiam as meninas ,só de pensar!

Porém Vanice, não se entregava assim no mais.  Queria ver para crer!  E, juntamente às amigas mais chegadas, passaram a planejar...

Fizeram tudo, traçaram as metas e a rota e depois, passaram à execução.  

As outras meninas da turma, todas apavoradas pois  acreditavam que as amigas seriam atacadas. Essa era a idéia geral por lá, dentro e fora dos paredões do colégio.

Chega o dia..

.Escondidas ,uma a uma foram passando para não serem percebidas.  

Andavam pelos corredores enormes e vazios e   os ossos de Vanice estalavam, para confirmar o seu medo. Isso acontecia sempre!

Conseguiram, mesmo morrendo de medo, subir a tal escada...

Acessaram a porta da clausura, conseguiram ver as celas das irmãs , suas camas, seus pertences pessoais...

Mataram a curiosidade. 

- Olhem o soutien da Madre! 

- Olhem as  calçolas da Irmã Florinda e assim foram, entre risadas...

Curiosidade satisfeita, teriam agora que retornar o mais rápido possível.

E, na descida, as três juntas quando barulhos delas se aproximavam... 

Uma delas, foi pular para por ali não passar ...Ficou deitada, imóvel. cheia de dor.  

As outras foram obrigadas a ir até o colégio, avisar à Superiora, para que a amiga fosse atendida. 

Assim, após o susto, muitos xingões, castigos, tarefas de casa em dobro e quase suspensão. 

E eram obrigadas a ouvir de todas que havia sido ele, o Sr. Rabudo, que empurrara a amiga e por lá aparecia!

Elas haviam ultrapassado os limites e ele surgira, feroz!

Até hoje elas lembram daquele fato e ainda corre de boca em boca a maldição da escada.

Pelo sim, pelo não, nunca mais lá voltaram!


* Imagem daqui