♥ Vendo bem ! ♥

Vi aqui

Flores miúdas ,grama crescida, tudo ali, mostrava não ter vida.

Tereza agonizava em vida. Mas não por estar doente.Apenas sentia-se assim e assim agia.

Afastara-se de todos, fechara portas e portões  à sua volta.

Não queria aproximação com ninguém.

Vivia isolada e quase já definhava.

Solidão, remorsos lhe comiam o peito e nem assim saia dar nem receber perdão.

Um certo dia, Tereza  acordou de sobressalto, nas poucas horas em que à noite, dormir conseguia.

Levantou-se, abriu sua janela, olhou para fora...

_Meu Deus, quanta coisa por fazer!
Nem sei onde vou começar!

Vai ao pátio, abre o portão que por vários dias fechado estivera e se encanta...

- O muro?
Com umas demãos de tinta, ficará novamente lindo!

-O mato crescido? Desse olharei apenas as flores...

Levanta os olhos, vê o seu azul anil!
Olha, olha e sorri ao Alto!

Obrigado!
Estou pronta para recomeçar!

Dito isso, não mais perdeu tempo!

***********


Obrigado pelo carinho de todos na minha breve PAUSA.

Hoje  nosso filho e neto foram, ainda há pouco... Ficam os bons momentos na lembrança...

beijos,chica