♥ O fantasma ...♥



Edição Conto/Histórias do Bloinquês

Tema: O Fantasma da tua Ex
Crie uma história com essa frase.

(((o)))o(((o)))o(((o)))



Em uma das armadilhas do destino, Luiza , após vinte anos, reencontra Márcio, seu primeiro amor.

Haviam namorado quando bem jovenzinhos e por motivo de mudança de Márcio, o romance acabou... Nem sabia que ele havia retornado à cidade.

Olharam-se naquela sala de espera do consultório odontológico e quase não acreditaram.

Felizes, se reconheceram, trocaram informações de suas vidas, trabalho.

Ela, ainda solteira, por nunca ter  achado alguém com quem tivesse vontade de viver realmente juntos.

Ele, ao contrário, era pai de três filhos adolescentes e, há dois anos, estava separado de Joice, sua ex mulher.

Papo vai e papo vem, um esperou pelo outro acabar a consulta por lá e saíram para um barzinho, a fim de continuar conversando.

Aquele foi o começo de um novo enamoramento e agora, nenhum dos dois queria se perder.

Passados alguns meses, resolveram morar juntos.

Márcio ficara na separação, com o apartamento, pois sua esposa, preferiu acompanhar os filhos, na nova cidade, onde prestariam uns já, outros futuramente, o vestibular.
Luiza foi então ,morar lá com Márcio.

Nos primeiros tempos, tudo corria bem, porém ela se pegou com ciúmes ao olhar para aquela cama, cozinha, banheira.
Não conseguia, dentro dela, deixar de pensar que ali, Márcio estivera com a outra.

Resolveu fazer umas modificações.

Iniciou retirando todas as fotos da família.

Márcio viu e perguntou:

_ Onde estão meus filhos?
_ Ora, na gaveta, pois eles não estavam sós!

Não quero, de hoje em diante conviver com o fantasma de tua ex.


Márcio  para não se incomodar, nem respondeu...

Pouco a pouco, tudo por lá foi sendo trocado. E no dia que trocou o colchão, sentindo um sabor de vitória, pensou:
_Essa mulher acabou! Agora reino EU sozinha aqui!

Márcio, de boa paz, nem mais ligava. Viu tudo lá se transformar.

Passados alguns meses, tudo estava como ela queria, com seu toque pessoal.

Era para estar bem e sentir-se tranquila.

Porém, não era isso que acontecia.

Foi quando, de repente, num noite insone, repensando toda sua vida, chegou à conclusão que era  ela que deixava a EX viva ainda por lá, sempre se preocupando com ela e maquinando.

Tomou naquela noite,uma resolução:

_Preciso matar o fantasma de dentro de mim!

Com muito esforço, foi conseguindo não mais pensar, nem falar na outra, seguir sua vida normal e tranquila.

E conseguiu, tanto que hoje, até convivem quando necessário, já que muitas vezes , em festas  ou datas especiais , os filhos  se reúnem, e até Joice participa..

Era tão fácil, faltava-lhe naqueles tempos inteligência e astúcia feminina.

Tudo se resolveu bem e ali, fantasmas não  mais habitam...

Será mesmo? pensa Luiza.

_Só o das baratas que teve que matar logo que lá entrou, já que Márcio não era muito caprichoso , permitindo que várias delas, fizessem morada pelos cantos do apartamento...

Mas esses fantasmas, apesar de detestar baratas, eram o de menos para Luiza ,que agora era finalmente, feliz!



* Imagem daqui,trabalhada