✿ Uma vingança saborosa... ✿


20ª Edição Começo e Fim do Projeto Créativité

Tema: começar com "C" e terminar com "o"

(((o)))o(((o)))o(((o)))


Cansada de mais um  dia de trabalho, Gilda retorna à sua casa...

Colocar as flores no vaso era sua primeira tarefa, pensada enquanto estava no trânsito!
Depois,atirar longe os sapatos e deixar a cozinha arrumada para preparar o jantar.

A última coisa que queria naquele dia, era ter esse jantar em sua casa! Estava numa fase de muito trabalho e desgaste, mas Paulo sem  se importar, confirmou tudo.

Agora, entrando em casa, lembrou do que o marido lhe dissera:

-Serão poucas pessoas,apenas nove convidados.Quatro casais e Melissa,
 a secretária, que segundo ele, não poderia faltar pois era muito sozinha e carente e fora quem havia telefonado às esposas dos demais colegas para acertar detalhes e horário do jantar.

Lembrou ainda que  na hora disse  à ele:
_Tens certeza que essa fulaninha deve vir mesmo na nossa casa? Sei não, acho -a com cara de sirigaita. 
Mas ele fingiu não ouvir.

Aquela fora a primeira demonstração de Gilda que sempre suspeitara e nada falara até então. Sabia que ali, havia algo...


Voltando á realidade, pensou no cardápio. Esse havia repassado durante a última hora no escritório. Estava tudo listado.
Nada haveria de faltar!

Faria uma entradinha saborosa, após uma salada, dois pratos principais, um com carne outro com peixe, batatas ao forno bem douradinhas...

Ah! A sobremesa!
 -Puxa, como fui esquecer?
Bem, servirei apenas um sorvete com calda especial...

Tudo arrumado, ela cansada mas cheia de boa vontade.
A casa, toda perfumada e da cozinha, um aroma maravilhoso tomava conta da casa...

Os convidados foram chegando e se apresentando .Só Paulo faltava...
Em seguida   chega e diz:

-Dei uma carona à Melissa que mora longe e 
na saída do escritório foi só trocar de roupa.
Esperei  por lá e a trouxe.

Naquela hora Gilda fez um enorme sacrifício  para disfarçar o que estava sentindo.

Conseguiu se controlar e ao ele a abraçar para dar o beijo de chegada, sentiu um perfume diferente em seu rosto. O mesmo que sentiu após em Melissa. Pronto,suas suspeitas se confirmavam!

Mas ela, chique e educada, tranquilamente serviu tudo, dos aperitivos ao jantar.
Por dentro, no entanto, comia-se toda de raiva dos dois.

Chega a hora da sobremesa . Vai até a cozinha para arrumar as taças de sorvete, enquanto a conversa rola animada na sala.

Serve o sorvete, coloca a calda e...teve a idéia, que coloca evidentemente em prática...

Leva aos poucos até a sala e ficam faltando apenas três: Melissa, o marido e a sua própria.

Separa duas taças e nestas, à calda foram acrescentadas algumas
                                                                    [ muitas, digamos assim] gotinhas de laxante...

Volta  à sala, serve os dois e vai buscar a sua.

Tudo rola normalmente por lá e ela, apesar de observar os dois  disfarçadamente, estava esperando a reação.

Um tempinho depois, em meio à animação das conversas, Melissa lhe pergunta discretamente, em voz baixinha,onde era o lavabo, que lhe foi  gentilmente mostrado.

Melissa fica por lá um tempo enorme e sai de lá com o rosto transfigurado, completamente sem jeito, acompanhada de uma nuvem de mau cheiro no ar...

Paulo não estava na sala também.Estava no outro banheiro .

Gilda, fingia nada ver e dava atenção aos demais, mas por dentro, sentia-se realizada.

Sabia muito bem o que  havia feito  e sabia melhor do que ninguém que havia retirado todos os rolos de papel , as toalhas e  até o sabonete daqueles banheiros...

Uma vingancinha apenas mas bastava...

Após aquele jantar de "amigos" não olharia  mais para ninguém daqueles, pois estaria dando entrada à sua separação no dia seguinte.E eles eram tão somente amigos do marido...

Mas que Paulo e a Fulaninha  estavam agora em maus lençóis ,isso estavam.

Aliás, se ali houvesse pelo menos um  lençól ,acho que o seu fim seria bem outro...


Imagem Daqui