* Um voo que faz bem



Querem coisa mais simples do que uma sobremesa assim?

Mamão com caldo e pedaços de laranja? Não,né?

Pois hoje,enquanto picava o mamão, minha cabeça voou,voooooooooooou longe, pois tudo atualmente, nessa idade é longe...Tudo faz séculos,rsrs...


Voltei pra tempo em que nos almoços na casa de nossa vó, chegava a sua irmã, Tia Hilda ,que morava na casa ao lado e se encarregava sempre de trazer as sobremesas.

Ela chegava, toda cheirosinha, rosto empoado,sempre bem enfeitadinha, fosse com um colar ou broche, carregando num lindo pote o mamão com caldo de laranja e pedaços dela,como se estivesse trazendo uma torta das mais rebuscadas e complicadas.

O mamão era muitas vezes colhido no próprio mamoeiro de seu pátio, onde nós nos "encarapitávamos" pra fazer bolhas de sabão e/ou assustar e incomodar as pobres galinhas do galinheiro ao lado...

E o sabor daquele mamão era diferente e maravilhoso!

Nuuuunca mais comemos igual e sabem o motivo?

O ingrediente com o qual ela salpicava o prato era o carinho.

Este dava um lindo e saboroso gostinho que ficou pra sempre...

Já não existe mais ninguém dali,nem o mamoeiro sobrou.

Chegou a modernidade, as casas foram demolidas,mas nas lembranças,até descascando uma fruta, podemos viajar e voltar no tempo.

Ainda bem!

Isso ninguém nos tira!