* Revisitando o passado e...

Participação na 41ª Edição Visual do BLOINQUÊS

(((o)))o(((o)))o(((o)))
Num asilo para idosos era dia de visita.
D.Nenê e D.Judite, que se conheciam há mais de sessenta anos,tendo estudado juntas e depois continuado a amizade mesmo depois de casadas , foram companheiras da dor da viuvez uma da outra e agora, no mesmo asilo, estavam arrumadinhas, esperando a visita de seus familiares.

Chegavam para todos e elas, ainda sentadas  no banco, ansiosas, olhando para o grande portão.

A tarde corria e ninguém chegava.

D.Nenê, bem desanimada avisa que iria se recolher ao quarto, estava cansada. Na verdade, não era cansaço, era tristeza e sensação de abandono.

Passa um tempinho, batem à sua porta.

-Pode entrar!
Era Judite que carregava nas mãos uma caixa antiga.

-Vamos nos fazer companhia? pergunta  meio sorrindo...

- O que trouxeste aí nessa caixa empoeirada e amarelada? Tu e tuas caixinhas, heim,Judite!

_ Trouxe uma fotos e  vamos ver se ainda conseguimos nos lembrar de tudo sobre elas.

Assim, partem para o "exercício" mental e recordam as pessoas, colegas de turma das duas, havia fotos de  teatros que participaram juntas, corais, tantos momentos ali, bem guardados.

Mas, de repente, encontram uma foto...

Se fixam nela e uma provoca a outra.

_Garanto que não vais querer lembrar dessa!

- Claro que vou, foi naquele dia em que a pobre D Marguerita, nossa professora de francês, perdeu a dentadura, quando caiu na nossa frente, no ensaio da peça de teatro.Lembras bem?

_ rssssssssssss...se lembro!!!Fomos expulsas dali pois ao invés de ajudá-la, desatamos no riso e ao sair para o pátio, rímos ainda mais, muito mais  até que...

_ Até que TU, Judite, de tanto rir  fez pipi nas calças...

 _Tu também,Nenê, não fica te fazendo!!!

Elas recordavam agora que nem viram que Pedro, o rapaz mais lindo da escola que fazia fotos...e fez aquela, delas ali, em meio à chuvinha de verão, chorando de tanto rir...Chovia  do céu, mas havia chovido nas calças também...

Ao olhar, lembraram de todos os detalhes, cada coisinha foi vista, recordaram de suas roupas, sabiam ainda de tudo e desataram novamente a rir.
Riram tanto, que de repente...

D.Nenê sai o mais rápido póssível para o banheiro...mas não deu tempo!

Enquanto Judite se retira dali para que Nenê se trocasse,escuta lá do banheiro:

_Obrigado,Judite! Foste maravilhosa mais uma vez e ainda bem que temos uma a outra. Nunca vamos nos abandonar,não é?

Judite sai, com lágrimas nos olhos...Pensa, já em seu quarto:
_Tomara!!!Tomara!!!