* Inesperado presente...


Texto participando  do Projeto Bloinquês 


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Inesperado  presente

Dia atarefado, irritação fora do normal,escritório com serviço abarrotado ...

Enfim, sexta-feira e fim do expediente. Ninguém merece um chefe chato como esse meu, pensa,Luana, que se sentia completamente sem garra naquele dia.

-Ah! Que bom, vou embora ligeirinho antes que ele arrume mais uma ligação ou venha pedir mais alguma coisinha.
Enquanto se dirige ao ponto de ônibus, pensa em como será o seu primeiro fim de semana sem seu amor.
O que  farei em casa, sozinha?

Mesmo assim, dirige-se à sua casa. Larga a bolsa, joga o sapato looooonge, sacode os cabelos e num minuto,recoloca o calçado,pega a bolsa e sai...

Vai caminhando e já está escuro. Anda, anda ,até cansar. Quando se dá conta,está na ponte da Esperança, onde seu amor, Roberto, perdera a vida há  uma semana ...

Fica ali,no local,repensa na vida e nos lindos momentos que vivera com ele.
Sentindo-se aliviada, pouco apouco,vai retornando rumo à casa. Agora sabe que lá tem a estranha sensação de ter ele mais perto.

Os dias passam e envolvida no trabalho,mesmo triste, voa o tempo.Sua dor ainda era grande.Sente novamente,uma súbita vontade de retornar àquele local.E o faz.
Enquanto conversa com ele ali, olhandoo mar, sente um movimento em seu ventre...
Na mesma hora, uma pombinha dá um voo rasante o que lhe deixa feliz.Parecia querer lhe dizer algo.
Após um tempo, novo movimento...
-Será? Será???
Lágrimas de emoção e alegria misturam-se em seus olhos... 
Olha para a lua que já brilhava e esta parece lhe sorrir...
Volta seu olhar ao alto e diz:
- Querido, já não estarei só...

Volta pra casa e desde aquele dia, não mais se sentiu só, nem precisou ir até lá!

 Estava saudosa do amor, mas este lhe deixara dentro de si, um lindo presente e havia muito a  fazer e ocupar-se agora.(chica)