* Um cardápio padrão...


Pouco tempo de casados, aquele casal iria receber visitas do exterior, pessoas da área de trabalho do marido.
Tudo bem:cardápio elaborado, sem muitas opções.
As habilidades não eram tantas...Lombinho de porco com abacaxi, salada russa, arroz e pavê eram o principal.
Tudo pronto, pratos preparados e a espera.
A barriga já roncava de fome e nada do visitante chegar.
Bem, mas afinal, era um homem de negócios e podia ter-se atrasado.
Telefone, não tinham, celulares muito menos.Espera, espera e quer saber de uma coisa? Vou me atracar.
Dane-se a visita!
Sempre exagerada nas medidas, com medo de passar vergonha e a falta de prática, sobrou comida pra dedéu!
Que bom! Amanhã temos janta pronta, pensou a dona de casa.( que podem imaginar quem seria,rsrssr)
Afinal , o marido almoça no emprego e só volta à janta então, já passou bastante tempo e podemos repetir o cardápio, os restos.( que poderiam dar de comer a muitos mais)
Assim foi.
Naquele segundo dia a mesma janta, ainda parecendo muito gostosa.
Mas, a surpresinha veio quando o marido no dia seguinte, telefonou para a casa da vizinha, pedindo que me chamasse.
Ele, iria voltar pra casa apenas na hora da janta e com quem?
Com aquele que não tinha aparecido no primeiro dia.
Então, com urgência, toca a sair, comprar os ingredientes para fazer o que?
Ora, não lembram que a única coisa mais apresentável era aquilo?
Sim, aquilo mesmo...
E então, toca a cozinhar,preparar e PIOR, à noite, comer a mesma coisa por três dias seguidos.
Até hoje, nem me falem nesse cardápio. Sinto náuseas.
Coisas de casalzinho novo,não?
E vivas à chegada do freezer, não?
Com ele, esse problema não mais existe! chica