* Um boneco pede socoooooooooooooorro!




Ainda no tempo de namorados, surgiu um boneco de pano, considerado um amuleto da sorte.Seu nome no mercado, era MUG.


Franco comprou dois. Um para mim e um outro, que foi morar com ele.


Quando casamos, os levamos para o nosso apartamento, no 4º andar de um prédio, que tinha ao lado, um terreno baldio.


Após algum tempo, já grávida da Tita, verificamos que o do Franco estava sendo roído por algum inseto. Colocamos no lixo.


Não queríamos ter em casa nada que pudesse prejudicar o nenê , suas coisinhas e enxoval.


Mais um tempo, e o meu, também começou a apresentar o mesmo problema...


Tomamos então, a decisão de nos desfazer dele, e o jogamos naquele terreno ao lado.


O que aconteceu?


Ele caiu com os braços bem abertos exatamente num lugar que, ao olhar pela janela, parecia pedir socorro!


Resultado:Franco teve que correr para buscá-lo e demos um bom banho de inseticida.


Durou até a Tita nascer...Aí, ganhamos uma outra bonequinha!


Essa, pelo menos, até agora, não precisou nenhum inseticida para se conservar, não corre o risco de" algum bichinho" a roer, está sempre "firme" e ainda nos deu um outro bonequinho, o Gui!


Valeu!