*Numa noite de inverno...


Brrr...,brrr... Que frio!!!

Brrrr...brrr..., que frio!,diz uma voz, mesmo sem esperar que fosse ouvida.

Dita apenas pra falar consigo mesma durante a noite...porém saiu alta!

O outro, ao lado, ouviu e não só isso, resolveu levantar em meio à noite e ir buscar, em outra peça da casa, um outro cobertor... Gesto de amor!
De volta ao quarto, coloca-o na cama...

Tudo pronto e parece que vai ficar bem quentinho...

Mas ele, que havia saído dela, havia esfriado, gelado...

Assim, dormir bem juntinhos, abraçadinhos, aninhados...

De repente, após um tempinho, voa o cobertor por cima do parceiro.

Ai, que calor!!! Aí que calor!!!

Agora ela estava com calor...

Dá pra entender, tudo isso numa madrugada de inverno?

Ao invés de dormir, deixa entrar sob o cobertor ora o frio, ora o calor...

Ainda bem, que ele, como bom de sono, nada viu!

Quem é chata, o é em todas as estações!!!
(Chica, qualquer semelhança, não é mera coincidência...)