♥ A lua, cogumelos e...risadas! ♥



Durante a noite anterior, Lina acordou e ao olhar pela sua janela vê uma enorme bola de fogo, ao longe.
Estava sem óculos. Olha para a bola.Era a lua!

Putz, essa não posso perder!   Olha o relógio:

Quatro da madruga...

_Bah!  Como faço para não acordar o Rodolfo?

Tentou fingir  não ver a lua, mas não conseguiu.

Só sossegou após levantar de mansinho, pegar sua maquininha. Nem I Ipad podia, pois  a janela  (de onde poderia fotografar) tinha tela e pelos espaços, apenas a máquina passava...

Mesmo assim lá foi ela e clic, clic, clic...Depois disso, já estava bem acordada e dormir? Já era!

Dia seguinte, sábado, pela  manhã  bem cedinho,Lina e o marido  passeavam pela feirinha de produtos naturais e sem agrotóxicos,

Faz suas compras e entre elas, cogumelos lindos. Eram daqueles para comer sentindo o gosto mesmo. Maravilha!

Chega em casa, lava, prepara e,  naquele dia, milagrosamente estava só com o marido em casa.Só os dois para almoçar!

Tudo tranquilo, até o telefone ficou mudo, sem incomodar!

O cardápio seria: tortéis( que apenas precisavam ser cozidos) e os cogumelos com azeite de oliva, como eles adoravam.

Prepara os cogumelos e dá uma provadinha!

_Putz, esse cogumelo sem agrotóxico não tá com naaaaaaada!

 Vai colocando temperos.Ela ,ainda ,não achava graça naquele gosto.

-Ah!  Um pouco de pimenta vai dar uma melhoradinha!

Nessa hora, certamente por efeito da lua, que a deixara sem dormir, dá uma bela errada na mão. O pote  da pimenta abriu do lado errado e caiu horrores dela lá!

Palavras "lindas" foram inevitáveis nessa hora!


 Rapidinho, retira aos montinhos aquela intrusa de dentro da panela...
Prova...

_ É ,está bem melhor, mas acho que vou colocar creme de leite e então tuuuuuudo se resolverá!

Assim fez!  Almoço servido, Sr Rodolfo, sempre de boa paz prova e nada diz.  Ela prova e tem um ataque de riso!

Diz então:

- Cuidado!  Está um pouquinho mais apimentado do que o costume, mas como adoramos comida  da Bahia, tudo bem!!!

 Um litrão de água, um pacote de queijo ralado depois!  Deu para comer!

Mas ela lacrimejava, deu uma espécie de gripe, nariz corria...

Logo, mais água,trata de servir as frutas, o cafezinho, um chocolatinho para acompanhar...

Ela sentia seus olhos parecendo se fechar... Deve ser sono, pensava!

 Ao passar por um espelho ,manchas, olhos lacrimejantes e fechados, nariz batatão, rosto deformado!

Naquele estado, nada mais lhe restava que descansar.

Não poderia aparecer assim na rua!  Deitou, recuperou as horas perdidas por causa da lua na madrugada e ficou bem.

À tardinha, o telefone toca.

_ Um casal amigo, Anete e Juca, convidavam para uma jantinha juntos.

 _-Venham, sei que vocês adoram comidas  nordestinas. Vou fazer um vatapá bem apimentadinho, como os de lá, diz Anete...

Nessa hora,risos e mais risos.

Explicações dadas, trocaram o encontro por um chá de losna  e torradas para Lina e Rodolfo, mas não perderam o encontro... Não podiam perder!

E por lá, Lina que não perdia oportunidade de clicar amigos, abre o Ipad para mostrar a foto da lua, justificando que valera a pena.

Qual não foi a surpresa ao ver as fotos assim:


-Ué! Parece que não deu certo!

E essa era a recordação da lua que deu início ao seu dia. Toda torta, ovalada, desfocada!! Como seu rosto havia ficado horas antes!!! Muitas risadas...

Afinal o dia foi salvo por elas e pelo encontro dos amigos!

chica