♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥

♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥
Cliquem pra ver, no chica escreve por aí!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥Chances... ♥


Nunca mais, ela decidira!!!

Vai até a escada do prédio onde mora e lá descarta todos os bilhetes, cartões e cartas  que recebera  de Bráulio.
Quando ele por ali passasse, veria e entenderia que o rompimento estava  efetivamente  decidido.

Ali descarta tudo.
Volta para o apartamento.

Ouve a campainha.
Abre a porta pronta para  "soltar o verbo"  ao ver o seu  amor, mas uma surpresa:

_ Pode me explicar o que é tudo isso  espalhado  na escadaria? Não há lixeiras nessa casa? - questiona enfurecido, Simão, o filho do síndico, que continua...

_ Ao passar por ali escorreguei num desses papéis e rolei pela escada abaixo...

Ela atônita, pois naquele ímpeto, sequer pensou nessa possibilidade, ao invés de defender-se, solta uma risada daquelas " de domingo", relaxadas e  vindo de dentro...

Só então o manda entrar e pergunta se está machucado,o que aliás, nem precisava, pois havia mancha de sangue em sua roupa...

Nessa hora,  pede que repouse  no sofá e vai buscar seu kit de socorros... 
Quando levanta a perna da calça para melhor limpar, algo lhe salta à mente:

_ Ora, mas como é que esse folgado aceitou? Onde foi parar toda raiva que sentia? Mas fica com isso apenas em pensamento...

Segue  e percebe que aquele "sangue" era apenas mercúrio cromo, usado para disfarce...

Olha bem para ele e questiona o motivo daquela farsa toda.

_ Ao chegar em casa, vi aquela cena na escada. Não pude deixar de ler algumas, vi que era do  teu noivo e pensei que podia ser a minha chance. 
Afinal, tanto tempo estava por ti  interessado e te sabendo  comprometida,ficara em silêncio.

Ela  fingindo não gostar do que viu e ouviu, pede que ele se retire , IMEDIATAMENTE dali.

Ele obedece assustado e quando está por girar a maçaneta, ouve:

_Podes me ajudar a recolher tudo aquilo?

Seria o mínimo para que se redimisse. Aceita.  

Vão  à escada e ali, juntos, não conseguem deixar de rir da cena ocorrida.  Iniciam um longo papo, ainda sentados nos degraus, com o pacote de cartas  recolhidas.

Trocam ideias, riem, falam de tudo um pouco. Nessa hora, chega Bráulio e os encontra animados  ali .

Fica uma fera. Esbraveja, grita, arma um escândalo, fica roxo,vermelho, realmente irado...Rola a escada . Um ataque fulminante do coração.

Sua últimas palavras foram feias, tristes, furiosas. Alguém que a traiu tanto tempo, fato que teve a constatação naquele dia pelas fotos e cartas encontradas, ainda achava-se no direito de cobrar posturas...

Pobre,Bráulio...Ali e assim acabou seus dias...

Todas as providências tomadas, enterro, formalidades, o tempo passa.

Jana não estava só naquele período... 

Vivia um início de romance, doce, delicado e ainda não se entregara de corpo e alma, mas sabia que a cada dia, aumentavam as probabilidades para isso ...

Simão lhe fazia feliz e ela daria  chance ao amor!

chica

41 comentários:

  1. E tudo começou com a primeira decisão: Nunca mais!
    É assim que sou; assim ajo. Se tem como ir adiante, vamos!
    Se tem como retroceder e mudar; farei
    Mas, se não tem solução, solucionado está.

    ResponderExcluir
  2. Chica. Jana fez o que tinha que ser feito. E que bom que ainda existe Simão. Beijo! Renata

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica, eu já não dou segunda chance...meu segundo marido enciumado pegou todas as fotos que tinha encheu uma mala e ateou o fogo, como se isso fosse apagar o meu passado. Pensei que não iria dar certo: o machão está agora na minha mão: estratégia mineira.kkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Olá, Chica!!!!!!

    Saudades!!!! Deus abençoe sua infinita criatividade!!!! Este texto é um furacão emocional!rsrs
    Que bom que a Jana teve a coragem de dar um basta. E ainda ganhou um amor novo de presente!! Que lindo!

    Beijos e meu carinho pra ti!

    ResponderExcluir
  5. Oi Chica
    O destino às vezes nos arma ciladas, que nunca imaginamos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Puxa, que história mais surpreendente! No final valeu ter jogado fora aqueles cartões que detonaram todos os acontecimentos para mudar a vida dela. Ótimo conto! bjs,

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica,é uma grande história,graças a Deus comigo não aconteceu isso,pois
    não tinha muita história do meu passado.
    Adorei amiga,lindo conto.
    Bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  8. Um conto surpreendente e que tem um final feliz! Imagem legal...
    Um abraço grande...
    Bom sábado!

    ResponderExcluir
  9. A história é bonita, diga-se. Gostei de ler e aquela cena do mercurio fez-me lembrar alguem que me pregou partida semelhante.
    Um bom fim de semana. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  10. Hehehehehe Chiquinha, vc é demais!
    Acabei de falar lá no blog da Elvira, que vocês são as mestras desses pequenos causos, cada vez mais elaborados e surpreendentes.

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  11. Em definitivo....uma decisão pode alterar toda uma vida :))) Muito criativo...amei!
    Bjs
    Maria

    ResponderExcluir
  12. Gente ...engraçado, quando pensei que o fim da historia seria eles rindo pegando as cartas na escada.....chega o Bráulio!!! Só você Chica...excelente final de semana...

    ResponderExcluir
  13. Ei Chica
    Puxa, você é terrível, deu um jeito de matar o pobre Braúlio, coitado.
    A Jana, afinal, levou a melhor.
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Que fim triste teve o Braúlio Chica...e que cilada o destino pregou!
    Adorei o conto...muito criatico!
    Beijos e uma ótima noite!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Ai que doce! Parece mesmo que o amor chega quando menos esperamos né?!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Dizem que cesteiro que faz um cesto faz um cento. O Simão mentiu uma vez com o mercúrio e poderia continuar mentindo. Eu no lugar dele, faria um pequeno corte para que o sangue fosse verdadeiro. Rsrs. Belo conto Chica.

    Abraços e um ótimo domingo para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  17. Quanta imaginação.

    Porque não escreves uma novela?

    Tens jeito.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Olá Chica, fiquei sem fôlego ao ler de uma vez o seu lindo conto!
    Muita imaginação, criatividade e humor, que só os bons escritores conseguem"!
    Adorei.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  19. Que bom que deu uma chance!
    Chica, não conte pra ninguém, mas me identifiquei muito com esse texto... não exatamente assim, mas quase assim... só que com uma diferença enorme de tempo. Tipo muitos anos após...muito bom!
    Beijos, ótima semana!

    ResponderExcluir
  20. Realmente o que não falta a vc amiga é imaginação e criatividade...unida a sua constante gentileza! Uma ótima semana pra vc e mt obrigada por seu carinho sempre !!! beijocas

    ResponderExcluir
  21. Chica,
    que conto maravilhoso. Consegui viver diversos momentos com os personagens, já imaginando como seria a seguir. O romance deles ♥
    Parabéns pela escolha do nome da personagem hehe
    Beijinhos e uma linda semana pra ti =)

    ResponderExcluir
  22. Assim é, Chica: o amor sempre nos dá uma nova chance. Literalmente! Mas precisava matar exatamente o Bráulio?! ;) Boa semana, amiga!

    ResponderExcluir
  23. Sempre que se decide, é uma responsabilidade!

    Boa semana Chica.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  24. Oi,Chica!A vida sempre nos dá uma segunda chance,basta que a gente preste atenção nas coisas que acontecem ao nosso redor.
    Uma ótima semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  25. Que dó, Chica! Precisava matar o Bráulio??? Eu preferiria ele vivo, vendo minha felicidade (kkk). Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Já fiz um belo momento de leitura!!! Gostei! Bj

    ResponderExcluir
  27. Uma leitura que prende e a gente quer ver logo o final!!
    Adorei!!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  28. Oi Chica,
    Adorei a estória, afinal viúvo é quem morre! Mas não pude deixar de rir dos nomes. Coitada da Jana, saiu de um Bráulio e foi para um Simão!!! Vai gostar de nomes estranhos assim na casa do chapéu!
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Olá Chica,
    Gostei do final...
    O amor pode surgir de situações inusitadas.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  30. Oi Chica! Passando para te cumprimentar e desejar uma ótima tarde para ti e para os teus.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  31. Chica escreve romances? Gostei muito! O amor venceu. Como deveria ser sempre. Beijos

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica :) Que legal sua historia e como a vida é uma caixinha de surpresas né! Eu concordo com a Pérola você seria uma ótima autora de novelas :)

    Parabéns
    Um super beijo *-*

    ResponderExcluir

  33. Ola! Seguindo, retribui? https://www.facebook.com/LovelyStyleBlog http://alovelystyle.blogspot.co.uk/ Obrigada!

    ResponderExcluir
  34. Parece mesmo coisa de novela ou filme de hollywood. Morrer assim foi um benção pro traidor, né não?!
    Beijuuss Chiquita

    ResponderExcluir
  35. Bom dia, Chica!
    Tadinho do Bráulio! Não teve tempo de se desculpar...
    Muito bom o conto!

    Abração e ótimo dia.

    ResponderExcluir
  36. Nossa a vida é mesmo um seguir de escolhas......beijos minha querida .

    ResponderExcluir
  37. Que lindo Chica, adorei a estória.
    Beijos

    ResponderExcluir
  38. Uma noite com muita saúde e paz para ti e família.

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  39. Chica, o romantismo positivo é bom, hoje em dia a moçada ao menos faz a fila andar :))) Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  40. Excelente, me deixou super curiosa e atenta. O destino e seus caminhos. Você é mestre em
    criá-los. Gostei muito.
    bjs.

    ResponderExcluir
  41. Gostei chica...gostei muito.
    Beijos

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿