♥ O vento... ♥

daqui

O vento ondulava suas vestes.
Sapato lhe causava incômodo e cansaço...
Até quando esperaria?

Olhava para aquela porta velha de madeira
ali dentro o amor aconteceria...

Ora pílulas, pensava;
_ Por que num lugar assim? Não podia na cidade acontecer?

Ela mesmo, em pensamento, enquanto o aguardava, respondia:
_ Na cidade, no cimento, não há tempo!!!

Ele chega,atrasado, suado, mal cheiroso...
Cabelos em desalinho, calças engomadas de sujeira...

Ela o olha, nem acredita no que vê...
Ele a beija,ela não corresponde...

Ele abre da  velha casa a porta
Ela pensa e uma decisão toma:

 Nem na cidade, nem no campo, nem no céu...
Se não há mais amor, tudo vai pro "beleléu"!

Gira-se, desprende-se dos braços que agora se enlaçam, mas não há mais o laço...
Sem este, nada prospera,nada caminha, nada segue em frente!

Não fora isso e para isso que tanto sonhara!
Gira-se, deixando para trás aquele que pensara amar!

Uma graxa na roupa, o cabelo em desalinho, o mau cheiro,
mostraram que para amar, temos que nos amar primeiro!!!

Ela se foi, nem para trás olhou...
Na rua, só o vento, novamente a tocou!
De dentro dela, até o amor lhe levou!

chica