Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥ A vida pode molhar... ♥

Imagem daqui


Robertino fora sempre mimado pela mãe, pelo pai.

Todos procuravam deixá-lo livre de quaisquer problemas .

Desde pequeninho, sempre tinha razão em todas as confusões de escola, amigos, professores.  Ele sempre era COBERTO de razão pela família que, com tanto amor, o sufocava.

_Robertino, não te suja! Sai da chuva! Vais te gripar!

_Robertino, não sobe no muro, vais cair! Podes rasgar tua roupinha nova!

 _Robertino isso e Robertino aquilo...

Um  verdadeiro saco de vida lhe proporcionavam mesmo pensando estar ajudando.

 Robertino virou Roberto.

Cresceu, ficou homem.
Estava na hora de mostrar a que veio na vida.  Os estudos, abandonou.

No casamanto, falhou...

 Trabalho? Sem estudo e preparo, não encontrou e, para falar a verdade, pouco por ele procurou.

Vivia da "ajuda" dos pais que continuavam tudo abarcando.

Mas, como previsível,  com o passar do tempo, faleceram, com pouca diferença de tempo.
Após o funeral do último deles, Roberto  olha lá fora:

 Agora teria que ser ROBERTÃO, forte, valente, teria que sobreviver...

Enquanto assim pensava, triste, sem saber o que fazer, por onde começar. parece ao longe ouvir:

_Robertino, é hora de sair, vai a luta!
É tua hora de a vida encarar.
Desculpa que ,por tanto amor, teu pai e eu conseguimo te arruinar.

Roberto "volta" daquele pensamento.

Está decidido, vai à luta.  Dia seguinte bate  com jornal na mão em busca de vários empregos.

Ouvia apenas:
_Não! Outro Não!  Mais um Não ainda!

Roberto, fraco, senta no chão...

E à primeira chuva que tomou na vida, até sua roupa encolheu...

E, por ter aceito toda aquela comodidade oferecida por amor,então se arrependeu...

38 comentários:

  1. Quem não aprende com a alegria, aprende com a tristeza!
    Agora, resta saber se Robertão vai encontrar outro amor em sua vida...
    Uma mulher de fibra que lhe dê uns puxões de orelha quando for necessário.hehehe

    Bjksss

    ResponderExcluir
  2. Chica descreveste tão bem algumas pessoas que infelizmente conheço que tiveram esta vida, o excesso de zelo faz mal, muitos pais sufocam os filhos assim, criando pessoas que não sabem viver....mais um post maravilhoso e excelente criação.

    ResponderExcluir
  3. Chica! Eu conheço de perto exemplos como o de Robertino. Não têm coragem de mostrar quem são e vivem por fazer capricho dos pais. Meu marido é assim, infelizmente. Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente isso acontece mesmo!E no final ele saiu na chuva pra se molhar pela primeira vez na vida!Muito bom seu conto.bjs,

    ResponderExcluir
  5. Conheço muitos Robertinho, e até tenho nos meus familiares.
    Eu acho isto muito triste, o tempo que Robertinho perdeu na vida.Depois de um homem adulto começar lá em baixo.
    Ele não é o culpado, os pais que são,só mostraram a ele esse lado da vida, e o outro .
    Tudo na vida tem que ser bem balançado.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. oi Chica é uma postagem forte e verdadeira
    forte abraço
    elisa

    ResponderExcluir
  7. Existe muitos Robertinho pela vida, e conheço alguns. Acontece muito ainda nessa vida infelizmente.
    Um conto bem real.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  8. Oi Chica como existe os Robertinhos por ai...
    Se escondem atras dos pais, repletos de mimos que não os deixam crescer.
    Tomara que encontrem boas mulheres que os ajudem a crescer e que tenham bastante paciência.
    Bem real seu conto amiga!
    Saudades daqui... voltei devagarinho pois ainda ando bem enrolada!!
    Beijos e bom fds!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  9. Ei Chica
    Hummm... conheço um Robertino, só que a situação deste é o oposto do seu personagem.
    Não sei qual é pior.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi Chica!
    Como é difícil ver nosso "Robertinho" se transformar em "Roberto"... mas é necessário vê-los se molhando na chuva.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre achei que filho tem que ser muito amado e não muito mimado. Mimo demais só prejudica.

    Belo conto Chica.

    Abraços e um ótimo final de semana pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  12. Existem vários Robertinhos por aí e sempre vão existir. Infelizmente! Bjo
    Raquel
    www.eudonadecasa.com.br

    ResponderExcluir
  13. Os maiores culpados pra mim foram os pais que nao o preparam para a vida.
    Ele nao conhecia o outro lado, por isso aceitou. Nao digo que se acomodou. Acomodar é escolha e pelo teu texto ele nao teve escolha. Para ele este processo era normal e natural.

    Muitos pais pensam que fazendo tudo pelos filhos é assim que deve ser. Errado.

    Devemos sim fazer TUDO pelos nossos filhos, inclusive, dizer-lhes NAO na hora certa; E incentivarmos a ir à luta todos os dias e sem desistir.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  14. oi minha amiga,

    existem muitos Robertinhos,né?
    cabe aos pais prepararem os filhos para a vida,
    é duro sim,
    mas necessário...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Chica. voce nao existe! como eu gostaria de ter um livro só de textos seus, pois sao todos exemplos de vida.
    Aqui em nossa cidade ha um Robertinho. So que apenas o pai faleceu, a mae ainda tenta encobertar as doenças do filho.
    Ate quando?com 86 anos daqui a pouco vai perde la.
    Tomara que ele se arrependa antes.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  16. Chica. voce nao existe! como eu gostaria de ter um livro só de textos seus, pois sao todos exemplos de vida.
    Aqui em nossa cidade ha um Robertinho. So que apenas o pai faleceu, a mae ainda tenta encobertar as doenças do filho.
    Ate quando?com 86 anos daqui a pouco vai perde la.
    Tomara que ele se arrependa antes.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  17. Olá Chica, fenomenal essa história que infelizmente é bem real! Contada de uma forma extraordinária. Por bem-querer por vezes nos excedemos em tanta protecção e depois acontece como Robertinho! Parabéns, Chica, por esta história que dá mesmo que pensar. Beijinhos e um lindo fim-de-semana. Ailime

    ResponderExcluir
  18. Olá amiga. Que bela história a sua. Amor demais sufoca . As pessoas precisam aprender a andar com as próprias pernas p/ q elas não fiquem atrofiadas qdo crescer, por amor demais, muitos pais acabam "atrofiando " as pernas de seus filhos, é a vida... .Abençoado fim de semana... Bjimmmmm

    ResponderExcluir
  19. Oi Chica
    Que bela e verdadeira história. Às vezes os pais querem tanto o bem dos filhos que não sabem dar limites e acontece o que aconteceu com o Robertinho!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  20. vim dar um alô ,minha máquina de fotos pifou e perdi a listagem dos meus seguidores preferidos e agora não consigo voltar a postar na coluna pedi ajuda mas está como o governo Português não há ajudas para ninguém beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá, Chica.
    Boa noite.
    Nós pais, temos por obrigação treinarmos os nossos filhos, para lutar neste fenomeno, que acostumamos a chamar de Vida. Mas, eu, pessoalmente coneço vários, "robertos" que só despertaram de pois da dor.A Vida, acaba transformando-se, em um fator de competitividade, e é, por isso que existe essa concorrência desenfreada, pelas vagas de emprego. Por isso, temos que desde cedo despertar esses cidadãos e cidadãs, que estam a começar, nesse desafiar, de viver. E viver, com dignidade.
    Aproveito, para desejar, um fim de semana, agradavel
    Abraços.

    ResponderExcluir
  22. Oi Chica! Retornando para agradecer pelo recado da Severa. Já estive lá e falei tê-lo recebido graças a tua gentileza.

    Abraços e excelente domingo pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  23. Infelizmente existe tantos Robertinhos por aí não é mesmo?! Os pais as vezes exageram na proteção e acabam criando pessoas totalmente despreparadas para vida lá fora! E quando adultos tem que "quebrar" muito a cara pra aprender... Isso é muito triste mas, pura realidade!

    Beijos Chica e tudo de bom!!!!

    ResponderExcluir
  24. Oi Chica,

    Tudo bem? O excesso de protecionismo é intensificado em uma sociedade com pouca segurança como a nossa. Todavia, entendo que proteger não dever significar mimar ou não dizer um não.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Oi chica,
    Assim como a água molha, é ela que tb ensina a nadar e o robertinho vai aprender.
    Tenha uma ótima semana.
    Bjs

    SORTEIO DA ITÁLIA: mimos importados para vc!

    ResponderExcluir
  26. É... A GENTE NA VIDA, TEM QUE APRENDER A REMAR DE ACORDO COM A MARÉ, NÉ?
    ADOREI O TEXTO, CHICA!
    QUANDO PUDER, VENHA VER MINHA NOVA ARTEIRICE, MOÇA. TÁ BEM BACANA! ;)
    TENHA UM LINDO DOMINGO E UMA ÓTIMA NOVA SEMANA. :)
    AH... TEM HISTORINHA NOVA EM "GAM - PET & CATS". ESPIE DEPOIS. ;)

    ResponderExcluir
  27. Tadinho do Robertinho, não caminhou, se molhou.

    A vida espera ninguém não, essa é a coisa mais certa do mundo.

    Beijo, Chica.

    ResponderExcluir
  28. Sempre cronicas que nos apega do começo ao fim... esta é a CHICA...
    Amiga, O tempo urge, o domingo corre, só agora terminei de aprontar a página para o 8º Pena de Ouro, são muitos Poetas e Poetisas das ondas a convidar, assim peço desculpa pelo SPAM e não parar em tua página para apreciá-la e comentar como de direito, MAS QUERO TE VÊ NA ILHA NESTE EVENTO, POR ISSO AQUI ESTOU... E lá te espero. Beijos no coração!!!
    Este é o link do Ostra
    http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
    Todos que por aqui passarem sintam-se convidados!

    ResponderExcluir
  29. Isso não era amor...era puro egoísmo dos pais!

    Beijão

    ResponderExcluir
  30. Proteção demais estraga né? Vai ter que crescer na marra!
    Beijuuss Chiquita

    ResponderExcluir
  31. OI Chica, antes de tudo quero agradecer por esta mensagem e a do blog de Sonica, que me deixou muito feliz, obrigada amiga pela demonstração de carinho por mim e a minha familia e por ter gostado do meu livro . Graças a Deus eu nunca me engano com as pessoas que gosto, obrigada mais uma vez !!!Os festejos juninos, como sempre estão muito animados , a filha mais animada onde são realizadas todas comemorações viajou, imagine para onde? Foi ver o "frio de perto" viajou para Gramado, volta quarta feira, eu passei o São JOÃO, convalescendo de uma virose que conseguiu me botar na cama. Um abraço bem grande para o casal e o beijinho em Neno, Celina.

    ResponderExcluir
  32. Oi, Chica

    Me vi nesse texto...tenho consciência que protejo demais a filhota, mais o coração de mãe fala mais alto...preciso mudar e logo e muito rsrs

    Uma linda semana.

    bjs *.*

    ResponderExcluir
  33. OLÁ Chica...
    Proteção e mimos têm "um bom limite", né, exagerados trazem consequências horríveis... Mas sempre é tempo de tomar a 1ª chuva, arrepender-se e dar um passo novo!!

    Aqui tá bom d+++++++++++++++++!

    Beijos c carinho...

    ResponderExcluir
  34. Flor amei o texto, aliás amo tds! Já pensou em juntá-los num livro?
    Obrigada pela visita no blog!
    Bjs e volte sempre!
    Bel Carvalho
    http://bybelcarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Simplesmente "adorável" essa idéia de expôr em cada blog um lado seu... Adorei!!!
    beijos
    Ritinha...
    Vou fuçar todos...

    ResponderExcluir
  36. Importante lembrete, Chica: o que fazemos de nossos filhos, quando cedemos à tentação de protegê-los de tudo? Belo texto, boa semana!

    ResponderExcluir
  37. Oi Chica! Uma postagem bem verdadeira mesmo! Beijos e um bom restante de Sao João!

    ResponderExcluir
  38. Amiga que texto lindo..
    Isso é muito verdade, ás vezes o amor assim atrapalha né?
    Porque corta as asas dos filhos, não os deixando voar para o mundo para descobrirem tantas coisas maravilhosas, ensinando a serem fortes.

    Tomara que Robertinho agora condigo se achar... e ser feliz..
    Um beijo minha linda.. e parabéns pelo texto, ficou super lindo..
    Como sempre né?

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿