♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥

♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥
Cliquem pra ver, no chica escreve por aí!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥ Conclusão ... ♥







4ª Edição Musical - Bloinquês

Tema: Você pode perceber que seu lar está dentro de você ♪

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Ela precisava férias. Cansada, bufava, nada mais suportava.

O barulho das suas crianças, o marido que não sabia achar nem as cuecas sozinho no armário,o latido do cachorro, tudo crescia em seus ouvidos e parecia aumentar mil vezes, tornando-os  insuportáveis.

Chegou um momento que explodiu:

_ Preciso ficar só!
Estou cansada de sempre ter alguém ao meu lado ,pedindo ou esperando que eu faça algo!

TÔ FORA!  Se arrumem! Se virem!  Cansei!  Vou relaxar a cuca e de repente, volto!
PRECISO  DISSO!!!


E assim,Tida arrumou algumas roupas numa bolsa, pegou uma mochila e saiu.

Foi em direção à porta, despediu-se do marido, filhos .

Já no carro, quer curtir a viagem ao destino de sua paz.  Não será longo o caminho. Questão de duas horas e estará lá!
Assim foi!

Chegando, hospeda-se na pousada de sempre.

Já na chegada, na recepção, os atendentes perguntaram sobre o marido e filhos e se ficaria no apartamento de sempre.
_Não!  Eles estão bem, mas hoje, sou apenas eu. Pode ser um menorzinho!

Entra no quarto, arruma suas roupas no lugar.  Chega até a sacada e vê o mar , maravilhoso, que lhe "olha"!
Olha profundamente para ele. Ouve o delicioso ruído das ondas...Ali, em silêncio, parece ouvir ao longe, o pic, pac,pic, pac, das bolinhas do jogo de tênis de praia dos filhos.

 Continua ali  , fitando o mar e procurando achar sua paz.

Chega a hora do jantar. Desce,  tenta olhar o cardápio e o garçon lhe pergunta:
_ O de sempre?
_ Não!  E escolhe outro prato.

Quando chega o jantar, enquanto se delicia com o sabor, olha para o relógio. Dezenove horas!
Instintivamente, pega o celular e liga para casa.

_ Estão preparando a janta?

_Sim, não te preocupa! Relaxa!

_ O que vão comer? O Juquinha tomou o xarope? E tu, compraste o remédio que havia terminado? Não vais esquecer,heim?

Desliga, segue a janta, degustando  o sabor e a paz...

Após uma caminhada pela praia, lê um livro e adormece sentada na cama, toda desajeitada.  Amanhece com torcicolo.

Foi , mesmo assim, caminhar e depois ao banho de mar.



Delícia de água azul e morninha...

Enquanto se delicia por lá, lembra do quanto o marido e as crianças adoraram e brincaram nas últimas férias, por ali.

Dá um chega pra lá nas lembranças e segue aproveitando.

Porém, o fim do segundo dia, já não sentia mais a paz por lá.  Estava sempre pensando em como estariam e, por mais que se falassem, precisava estar perto deles. Ter certeza que os temas haviam sido feitos, as orelhas lavadas, tantas coisinhas...

Já era hora de voltar,pensa. Arruma tudo, volta para casa, sem avisar!

Chega por lá e tudo no maior silêncio. Abre a porta.

Tudo arrumadíssimo por lá! Vai até a geladeira, vê travessas com sobras de lasanha, bifes à milanesa. Saladas prontas para preparar, bem lavadas e frescas.

Surpresa, leva suas coisas até o quarto. Naquele hora, as crianças estavam na escola!

Abre a porta , leva um susto!
O marido, dormindo, com o terno que trabalha, sem nem tirar os sapatos.

Ele, ao vê-la se assusta!

_Querida, o que aconteceu?

_ Eu é que te pergunto!

_ Estou cansado demais. Fiz tudo o que pude por aqui para cumprir as tarefas de casa, compras e filhos. Ao largá-los na escola, não resisti. Voltei para descansar.

Ela diz:

_Nem, levanta,então.
Estou chegando...

Olharam para o relógio.
Tinhas duas horinhas antes da hora de buscar as crianças.  Seriam apenas deles.

E assim, após matarem as saudades, ele pergunta como ela já voltou.

_ Descobri um segredo de vida, nessa nossa breve separação:

 ♪Você pode perceber que seu lar está dentro de você ♪ quando em algum local, onde se pensa que vamos estar melhor, com mais tranquilidade e paz, sentimos falta EXATAMENTE de tudo que deixamos e do que nos fez praticamente fugir por alguns dias...

Então , a coisa é séria. Se isso acontece, o melhor é estar juntos,  definitivamente, com ou sem cansaços, com ou sem estresses...

Juntos, tudo podemos e o amor que nos enreda nessa teia, só há de crescer...
Imagem  daqui

44 comentários:

  1. É bem assim Chica!
    Descanso maior é o de ver todos a nossa volta felizes, correndo, brincando, cantando.
    Falta de barulho é sinal de doença.
    Casa muito arrumadinha é sinal de ... solidão.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Tem presente para tu,lá no meu cantinho.
    Se quéix quéix...se não quéix,não quéix...tu que sabes...rsrsrsrsrsrs...
    Mas foi dado de coração.
    Beijão enorrrrrrrrrrrrrrrme pra tu...

    ResponderExcluir
  3. É assim mesmo, Chica
    Eu estava me vendo na estória...rsrs
    Muito legal!
    Um beijinho de boa noite para tí,com carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Existem desarrumações que têm as suas compensações.
    Adorei minha querida amiga

    beijinho e uma for

    ResponderExcluir
  5. chica, que bacaninha esse conto. O pior é que é assim mesmo. A gente vai vivendo e a "bagagem" vai grudando na gente e sem ela não conseguimos viver.
    Um grande abraço
    Manoel

    ResponderExcluir
  6. Já comentei mas como não aparece!
    Foi uma excelente ideia para desenvolver o tema. A mulher nunca descansa, mesmo de férias. Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá Chica,

    Gostei do conto, com certeza nosso lar está dentro da gente...

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Ei Chica
    É deste jeitinho mesmo que você escreveu, sem a família não tem graça. No início até curtimos, mas depois bate uma saudade, vontade de correr para perto deles.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Chica minha amiga..
    Que coisa linda.. eu estou aqui emocionada acredita?
    É desse jeito mesmo.. às vezes parece que estamos no nosso limite e de repente queremos ficar sozinhas.. achando que ficaremos bem longe de tudo e todos.. mas quando ficamos longe... ficamos sem saber o que fazer com toda essa paz...
    Eu mesma quando as formigas vão pra casa dos avós... fico aqui parecendo uma barata tonta.. sem vontade de nada.. sem saber o que fazer rsrs

    O texto como sempre perfeito..

    Um super beijo no seu coração e uma noite mais que especial viu?

    ResponderExcluir
  10. Querida Chica,
    Chegas em grande forma! A tua narrativa dava para vários postes de tão densa e intensa. Se por um lado nos afastamos por necessidade, por outro chega a necessidade de estarmos presentes porque levamos "a casa às costas". E porque quantas vezes também, não é necessario haver esta forma de ausência para valorizar o trabalho da mulher... Depois quando há amor há o encontro da falta e necessidade recíprocas!
    Estupendo!
    Mui bjis

    ResponderExcluir
  11. Oieee!!!
    Juntos, tudo podemos.....perfeito!!
    Ninguém é feliz sozinho.....tem que ser td junto e misturado sim.....a vida fica mais leve.
    bjkss

    ResponderExcluir
  12. Tadinha, ela bem quis fugir da rotina imutável de todos os dias, todas as responsabilidades de mãe, esposa, dona de casa, e todos os etecéteras, mas não conseguiu estar bem sem eles, né? A isso se chama amor à família.

    Fiquei pasma com seu relato sobre o assalto. Ainda bem que tudo não passou de um susto, grande susto.

    Beijo, Chica.

    ResponderExcluir
  13. oi Chica,

    os barulhos e as baguncinhas da casa,
    são um mal necessário para a nossa felicidade completa,
    casa com vida,tem movimento mesmo,
    que bom que nossa amiga percebeu isso bem rapidinho...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica! Nossa ...parece aqui em casa! Até reclamamos um pouquinho da bagunça da meninada...
    Mas não imaginamos a nossa vida sem eles!
    A casa tem que haver vida!
    Beijos!!!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  15. Gostei demais do teu texto, Chica... Casa/Lar tem que ter vida, alegria e bagunça... É gostoso que seja um lugar organizado e descontraído... Que tenha tempo/hora p cada coisa, mas sem pressa...
    O lar nos acompanha mesmo aonde vamos, entretanto, como é bom sair um pouco da rotina, viu... Precisamos fazer como a Tida!...

    Um Beijão

    ResponderExcluir
  16. Chica,eu já fiz isso uma vez...rss...e senti a mesma coisa.A unica diferença é que voltei ainda mais cedo!...rss...Um conto que acontece mesmo e nada como estar com os nossos,mesmo com todo o stress!bjs,

    ResponderExcluir
  17. Fiquei emocionada com seu texto, as vezes também reclamo de algumas coisinhas parecidas, afinal mãe reclama de tudo, mas se fica sem estas preciosidades perde seu chão, logo será só eu e maridão e já sinto falta da casa cheia, filhinha vai para a faculdade no próximo ano e vai se mudar para outra cidade, afff o coração já fica apertadinho, não conseguiria nem entrar no carro para tirar umas féria sozinha,kkkkkkk.
    Parabéns por este belo texto, nos faz refletir.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  18. Passando para dizer "Oi!"...
    http://mulheresprendadasxmulheresmodernas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Sensacional Chica, é isso mesmo!
    recado dado, fácil de entender!
    familia é para sempre, é tudo, é vida!
    cansa, demais, mas faz muita falta também!
    adorei ler seu texto, muito lúcido e gostoso.
    Beijos querida, boa noite!

    ResponderExcluir
  20. Olá Chica! Belíssimo texto!
    É assim mesmo: a mãe pode até sair de casa, mas a casa não sai dela.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  21. Oi, Chica! Saudades!! Ando ausente por motivo de força maior. Espero breve responder a todos! Estou feliz por conseguir estar aqui. Sempre um lindo conto! Familia é tudo. Obrigada amiga por partilhar! beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  22. Oi Chica... que lindo esse texto! Já senti isso as vezes, de querer fugir e ficar sozinha... mas como se minha vida e tudo o mais está atrelada ao meu marido e minha filha? Não poderia encontrar paz sem eles ao meu lado e jamais teria um lar feliz sem eles. Belo texto. bjos

    ResponderExcluir
  23. Chica! Extraordinário! Uma obra prima do mais simples amor, adorei! Beijo!

    ResponderExcluir
  24. Um lar é onde existe um lugar para cada coisa e cada coisa nunca para em seu lugar... até mamãe arrumar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Bom dia,Chica!!!

    Bah!!!Será que somos todas assim mesmo?!!rsrs
    Mãe não tira férias...posso até reclamar,mas morreria de saudades da confusão diária! Fiquei uns dias longe do marido e foi uma tortura! Férias só com todos juntos! *Isso até os pequenos crescerem, né?! Depois cada um fará seus próprios planos.Enquanto isso...vamos aproveitando esta fase!!!
    Adorei o conto!!!!!Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Chica, você escreve as coisas que todos sentem e já mostra o outro lado e como devemos nos comportar. Adoro os seus textos. Você é campeã em histórias maravilhosas. Beijos

    ResponderExcluir
  27. Oi Chica,
    Acho que gostaria de tirar umas férias destas, mas como a Tida, não conseguiria, pois fico pensando que estão precisando de mim.
    Beijos 1000 e um ótimo final de semana.

    SORTEIO DE UMA CHAPINHA NO GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  28. Aquela diferença a que já não temos direito, ...ou recusamos.


    Sempre bonito.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  29. História mais linda!
    A Chica tem um talento encrivel.

    E fez-me um bem...nem imaginas...

    Beijinhos

    Milhões de obrigados

    ResponderExcluir
  30. LAR, DOCE BAGUNÇA!!! RSRSRSR

    BJINHOSSSSSS

    ResponderExcluir
  31. Ah que perfeito! Concordo piamente o lar não é um lugar em si, mas um sentimento de está em casa, e há pessoas que nos preenchem dessa maneira. Nada melhor que o lar...

    www.reticenciando.com

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  32. Chica,

    Tudo bem? Concordo com a linha do texto, pois a família é a nossa linha reta e no fim, mesmo diante do cansaço, sentimos a realização dos pontos eternos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  33. Chica
    Que terma lindo. voce pode deduzir que seu lar esta dentro de voce.
    E a verdade. A gente nunca viajava sozinho. Era a familia toda ou entao ninguem!
    Mas papai e mamae sempre davam um jeitinho de sairem sozinhos pois a gente tinha a tonha pra ficar conosco.
    Um grande abraço Monica

    ResponderExcluir
  34. Chica
    Que terma lindo. voce pode deduzir que seu lar esta dentro de voce.
    E a verdade. A gente nunca viajava sozinho. Era a familia toda ou entao ninguem!
    Mas papai e mamae sempre davam um jeitinho de sairem sozinhos pois a gente tinha a tonha pra ficar conosco.
    Um grande abraço Monica

    ResponderExcluir
  35. Querida Chica, que conto mais fofo! Sabe que testemunhei uma história parecida? A mãe, que mora em outra cidade, veio para cá (São Paulo) para dar uma fugidinha. Ela pensava que seria a coisa mais maravilhosa da vida, chegando aqui ela percebeu o quanto a família - marido e filhos - fizeram falta para ela. A viagem seguinte que ela fez foi com a família. Beijos, Paula

    ResponderExcluir
  36. Oi
    Chica

    É ja aconteceu comigo........
    Não consegui ficar nem dois dias,rsrsrs
    voltei..... e senti que meu lugar é na minha doce casinha,ali é que sou feliz!!!!

    Obrigado por seu carinho e vsts
    Um lindo Domingo
    Bjosss

    ResponderExcluir
  37. Chica querida

    É assim mesmo, não conseguimos ficar sem os nossos queridos familiares,

    não adianta sair sózinha, a cabeça vai junto e os pensamentos também.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  38. Oi, Chica, tudo bem?
    pois é!! O bom mesmo é que homem e mulher dividam as tarefas de casa, assim ninguém fica muito sobrecarregado, né? e é verdade, apesar de tudo, não dá pra ficar longe de casa!

    beijos

    ResponderExcluir
  39. São essas coisinhas que fazem a gente voltar...

    Beijinho!

    ResponderExcluir
  40. Oi Chica
    Você sempre escreve muito bem seus contos por aqui, eu nunca me canso, mas este em especial me comoveu! Eu me vi na personagem principal kkkkk, fico tão cansada as vezes com as crianças e tudo, mas tenho certeza que não consigo ficar sem eles e sem o marido um dia. Maravilhoso conto!
    Bjos. Fique com Deus!
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  41. Como foi de férias de Chica? Espero que tenha relaxado e se divertido.

    Realmente o que importa não é onde estamos, não é isso q vai nos fazer sentir inteiras. O importante é o que está dentro de nós, e mais importante é termos consciência disso.

    ResponderExcluir
  42. Jamais poderá fugir ao que está enraizado no seu ser.
    Otima sua construção para fehcar esta reflexão.
    As vezes é preciso um choque para entender o quão somos o meio.
    Belo trabalho Chica.

    ResponderExcluir
  43. Nossa, isso me é tão familiar!!! Assim não vale, Chica, preciso sair e não consigo me livrar de seus blogs tão legais que até me levaram para a Polônia ver anjos? Você consegue escrever nosso cotidiano de maneira despojada, mas emocionante! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  44. Legal esse texto, mas eu acho que é bom dar sim uma fugidinha às vezes, precisamos ter um tempo para nós mesmos, até para valorizarmos mais o que já conquistamos.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿