Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥Triste agir...♥



Numa velha escada
passava sempre D.Maria
Ao final dela, a sacada
onde repousava no fim do dia....

D.Maria subia,descia
sempre com muita alegria.
Um dia, D.Maria dela rolou
e para ela, acabou-se a magia.

Tinha agora que ser carregada
assim, até  desistiu de viver
gente com a cara amarrada,
perto dela não queria ter...

Rezava ao Criador
que a livrasse daquela dor.

Foi atendida  então
morreu com ataque súbito do coração.

Não sofreu,
aos outros não precisou chamar
assim passou pela vida,
sem ao menos incomodar!

No dia que D.Maria partiu,
os que reclamavam de ajudar
subiram , fácil e rapidinho
para ver  o que lá tinha pra herdar...

_Quanto paninho bonito!
_Quanta coisinha valiosa!
_Quanto bordado dela ficou!
E ainda o crochê que ela ponto a ponto teceu!

Agora,  lá entre aqueles
 valia apenas a triste  dita lembrar:
_Morreu ela, e não eu!
E corriam pra do que restava dela desfrutar!

Em vida?
Só  buchinchos, reclamações...
Mas agora?
Entre os restos, os empurrões!

Chica

48 comentários:

  1. Reflexão ótima, Chica, e realista!
    Como as pessoas são egoístas e interesseiras... Que bom que D. Maria vivia alegremente e orava ao seu Criador! E deixou coisinhas bonitas/artes, né?!

    Beijos e Feliz Sábado!

    ResponderExcluir
  2. É minha amiga, retrato da natureza humana...

    ótimo sábado para você.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Chica
    Nome da minha mãe, Maria.
    Triste história, muito triste e muito real, já vi isto acontecer.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Linda e real história Chica!
    E quantas pessoas assim existem ao nosso redor, mas ainda bem que ela
    cumpriu o papel dela direitinho e Deus com seu amor infinito a levou sem sofrimentos. Triste são aqueles que ficaram e com certesa nada aprenderam!
    Beijos amiga, feliz sábado!!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  5. "CERTEZA" Chica!! KKK bj

    ResponderExcluir
  6. Admiravel, Chica.
    O ser humano tem suas nuances, cada um de nós. Mas, a vida expõe, e ela mesmo faz a correção. é só da tempo ao tempo. Aproveito para te desejar um fim de semana muito, mas, muito agradvel mesmo.
    Abraços, querida.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia,Chica!Pois é complicado isso,a sociedade preza pelo belo,pelo jovem e esquecemos que todos ficaremos velhos um dia ou morreremos no caminho, o que eu mais peço desde já é não ficar dando trabalho pra ninguém pela herança o povo sempre briga mesmo não tem jeito.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  8. Oi
    Chica
    Que triste isto.....
    E pensar que um dia quase todos,passaremos por isso
    Vim deixar uma abraço,desejar um lindo final de semana
    Bjossss

    ResponderExcluir
  9. Oi Chica,
    É uma linda história, mas tão tiriste.
    Bom final de semana.
    Beijo imenso!

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  10. TEXTO MUITO INTERESSANTE E REAL, NÉ CHICA? INFELIZMENTE, A GANÂNCIA NOS DIAS ATUAIS TÁ GRANDE DEMAIS...
    MOÇA... ESTOU PARTICIPANDO DA "2ª GALERIA TILDA". DÊ UMA PASSADINHA LÁ EM GAM DOLLS PRA CONFERIR MINHA CRIAÇÃO PARTICIPANTE E SE PUDER, VISITE A GALERIA E PRESTIGIE O MEU TRABALHO E O DAS DEMAIS ARTESÃS, OK?
    TENHA UM LINDO FINAL DE SEMANA, COLEGA! :)

    ResponderExcluir
  11. Triste despedida a da D. Maria.

    E nao seria assim com tantos de nós em tantas situacoes?

    Bom fim de semana

    Bjos

    ResponderExcluir

  12. Olá Chica.
    Obrigada pelo seu comentário
    Muito real essa poesia.
    Peço sempre, a Deus que eu morra sem dar trabalho a ninguém Quanto as brigas e empurrões acho que não vai haver, pois o que tenho para deixar, desde já está doado, o que é muito pouco.
    Bom fim de semana
    Beijos
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  13. Minha cara Chica, para o bem e para o mal é uma lição de vida,
    chegar e partir, começo e fim, um existência.

    forte abraço

    c@aurosa

    ResponderExcluir
  14. chica, triste, mas muito real!
    Abração
    Manoel

    ResponderExcluir
  15. Oi Chica!

    Boa tarde!
    Agora em uma casa vazia(os filhos já se foram), posso vir aos blogs...
    Que peninha tive de Dona Maria! Mas infelizmente é isto mesmo que acontece com muitas Marias, todos reclamam quando tem que cuidar e depois vem disputar à tapa os parcos bens deixados por elas...

    Bela e triste história, amiga.

    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Chica, Cada vez mais e para minha tristeza esse "triste agir" está-se a multiplicar. Cada vez mais pessoas sós, abandonadas. Não são ajudadas em vida e depois todos aparecem para regatear o que deixaram. Muito triste mesmo. Beijinhos e grata por alertar. Bom fim-de-semana. Ailime

    ResponderExcluir
  17. Triste realidade de muitas D. Marias, o ser humano é muito age assim mesmo à nossa volta.Ela cumpriu o que achou de melhor.
    Resto de bomfim de semana querida

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  18. É, a vida é curta.

    Que pena que algumas donas pessoas não vivem, somente passam pela vida...

    ResponderExcluir
  19. Vixi....
    A gente vai embora e nada leva! E quem fica costuma brigar por tudo, nem que seja um grampo de cabelo.
    É a vida....

    Beijos, Chica, e ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  20. Que história triste, coitada da dona Maria!

    ResponderExcluir
  21. Linda sua poesia chica! Mas é a mais verdadeira realidade !
    Os que ficam quase sempre só pensam no que poderão herdar.
    Acontece em melhores famílias,(nem todas graças a Deus)
    Um bom final de semana , Beijos. Edna.

    ResponderExcluir
  22. oi Chica,

    pois é minha amiga, e de pensar que em muitas famílias mal o parente morreu e já estão se estapiando pela herança,
    meu Deus que horror,
    eu já vi irmãos que um matou o outro pra ficar com a herança sozinho...
    fins dos tempos!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Que interessantes seus versos Chica, e quanta verdade neles.
    Lembrou-me uma amiga. Tínhamos muitos anos de diferença, quando eu tinha 48 anos ela já tinha 75. Pessoa adorável, Lidia, fazia crochê divinamente (tenho várias toalhinhas e caminhos de mesa que ela me deu), e tinha um filho apenas. Viuva, morava nos fundos da casa do filho em uma casa menor, não dava trabalho, recebia sua aposentadoria e fazia seu crochê. A nora não gostava dela, penso que tinha ciumes do marido com a mãe.
    Quando a Lidia começou a ficar doente, tratamentos intensos, a vida indo embora, ela não teve dpuvidas.
    Chamou as sobrinhas de S.Paulo, abriu as gavetas, fez com que escolhecem os trabalhos manuais e as fotos mais bonitas. O resto ela deu um fim. Doou para bazar e as fotos queimou.
    Ela me contou isso um pouco antes de morrer. Disse-me : "assim que fechar os olhos ela virá aqui revirar tudo para ver o que pode pegar de bom. Esse gostinho não vou dar a ela que nunca me deu carinho. Só encontrará meus trapos."
    A vida é mesmo cheia de historias que a gente vai lembrando né?
    E eu, pra variar, enchendo seu blog com um comentário enoooooorme kkkkkkk, desculpe.
    Beijos amiga, bom domingo por aí!

    ResponderExcluir
  24. Linda rima e verdadeira história...triste realidade!Mas bom, para se refletir, pq aqui nos encontramos.
    Bjkss flor!

    ResponderExcluir
  25. Infelizmente há tanta verdade em sua estória, Chica. O lado pequeno e medíocre da condição humana.
    Gostei de sua estória, assim como também gostei da estória/comentário (uma estória dentro de outra estória) da Ivani :)

    abraços e um ótimo domingo pra você.

    ResponderExcluir
  26. Linda reflexão..amo seus textos..estava longe dos blogs e voltando agora..beijus queridaaaaaa

    ResponderExcluir
  27. Chica! É preciso saber viver para morrer bem. Bela lição. Beijos!

    ResponderExcluir
  28. Chica, bom dia.
    Obrigada pelo carinho no blog.
    Suas histórias são mágicas. Que dom maravilhoso tens.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  29. Querida amiguinha, que bela postagem como sempre. Passando para avisar que tem um mimo para ti lá no meu blog é um carinho que passo com prazer. Beijinhos e um lindo dia para ti.

    ResponderExcluir
  30. Morte e vida são lados da mesma moeda e vc colocou muito bem na grandeza e mediocridade do ser humano;.
    bjs
    A imagem introduz bem sua intenção.

    ResponderExcluir
  31. D. Maria não terá morrido, só escolheu partir. Mortos estão os seus herdeiros, incapazes de perceberem e sentirem o significado da vida...

    Sempre bonito. Para reflectir.

    Parabéns e obrigado pela simpatia dos seus comentários.

    Feliz semana. Beijos.

    ResponderExcluir
  32. E o pior é que já vi essa história na realidade!Infelizmente existe muita gente mesquinha!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  33. Oi Chica,
    Uma história bem verdadeira, que acontece mundo na vida real.
    Conheço casos bem parecido.
    Muito triste pessoas que agem e vivem apenas pelo interesse.
    Parabéns pela história.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  34. Saudades dessa minha amiga!!! Bela reflexão Chica! Que Deus a abençoe e que vc tenha uma ótima semana!!! Bjsss

    ResponderExcluir
  35. Oi Chica querida

    Adorei a história em versos.

    Pena que isso faz parte da nossa realidade, não sei como pode existir

    pessoas assim.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  36. É vida na plenitude minha amiga.
    Sempre saberemos de casos como este inspirado.
    Ainda dizem que os bobos ficam chorando,
    enquanto os espertos ficam a catar os bens deixados.
    Pode?????
    É vida, é gente.
    Belo trabalho.

    ResponderExcluir
  37. Olá Chica! Bela reflexão é triste saber que existe pessoas ao nosso redor assim. Tenha uma ótima semana!!!

    ResponderExcluir
  38. Que triste Chica
    pior que acontece isso a todo momento
    Gente pequena...
    beijinhos e que a semana seja de paz

    ResponderExcluir
  39. Minha avó paterna caiu de um banquinho quando colheva cheiro verde do próprio orto para temperar uma sopinha do jantar.Teve frature exposta do fêmur de uma das pernas e ficou impossibilitada de deambular, desde então sua vida mudou totalmente,como a personagem da sua história.De pessoa independente e autônoma passou a depender da ajuda de outros e isso talvez tenha sido um dos fatores que contribuiram para acelerar a sua morte.Aos 81 anos partiu,mas deixou dentre outras coisas, uma herança para seus filhos e netos de alguém que viveu por amor à família...Lembranças.Foi bom vir aqui,meu abraço e uma semana especial para você aí!

    ResponderExcluir
  40. Bom dia Chica..
    É lendo textos assim que podemos notar o quanto somos frágeis né?
    E como não temos controle algum sobre coisas que podem acontecer conosco..
    Ninguém está livre de se tornar dependente por completo dos outros, por isso quando vemos pessoas que se acham melhores que os outros temos que repensar mil vezes e pedir a Deus que nunca sejamos assim.
    Porque temos em nossas mãos apenas o minuto agora.. o minuto seguinte pertence somente a Deus..
    Adorei os versos..

    Minha vozinha está frágil assim, outro dia caiu e ficou internada por quase 30 dias, ainda bem que se recuperou, mas mesmo assim todos ficamos com muito medo de que se machuque novamente, ela não para quieta rsrs
    Mesmo com minhas tias não deixando que ela faça nada, ela dá sempre um jeitinho de escapulir srsr


    Beijinhos

    ResponderExcluir
  41. Triste verdade, não, Chica? Mas ainda venceremos o egoísmo! Boa semana, amiga/

    ResponderExcluir
  42. O ser humano é mesmo estranho e cruel. Por que agir assim, demonstrar pra uma pessoa que está tão necessitada de ajuda, que ela é um fardo, é meramente crueldade.

    Triste realidade descrita por você, Chica.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  43. É a realidade de muitos, infelizmente.. Ótimo texto!

    Chica, fico feliz, muito, por suas visitas. Obrigada por manter o carinho mesmo que as vezes tenho que me ausentar.

    Um beijo ♥

    ResponderExcluir
  44. Sejamos "Donas Maria". Não quero fazer parte dos que só pensam na herança...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  45. Por que sempre ter que ser assim? Mal o defunto esfria, os outros fazem a festa.
    Chica, sua poesia é triste e real ao mesmo tempo.
    Faz a gente acordar para a morte também.beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  46. Antes que eles comecem a querer dividir os bordadinhos e as coisas valiosas o melhor é vivermos em vez de perdermos temos a coleccionar coisas que nada nos dão. Beijinhos

    ResponderExcluir
  47. É nestas horas é que se conhece os falsos e os verdadeiros.
    ótimo texto.Até nesta hora tem alguém querendo se dar bem. OH SERES HUMANOS...

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿