Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥Frieza...Teatro...Fim... ♥


Edição visual do Bloinquês:


(((o)))o(((o)))o(((o)))o(((o)))

Julio e sua mãe não conseguiam bem conviver...
Injustiças, agressões...
Tanto falado ou pensado...
Acusações...

Mesmo assim, o perdão, tentativa por parte dele, de reaproximação...
Dias e dias passaram...
Houve o reencontro.
Expectativas alegres, não concretizadas...
Abraço apenas morno,quase frio...
Faltou tudo,faltou calor, amor!

Sensação de impotência ,tristeza,ao de lá sair... Cansado, abatido, para ele, tudo estava agora para sempre e definitivamente perdido!

Certeza de não haver mais tempo...
Ela não vai acordar nunca, pensa Julio.
Nunca aprendeu a viver...

Um fez sua parte...
A outra?Ainda  da vida nada entendeu!

Tempo de vida não significa sabedoria, nunca significou!
Esta vem da capacidade de saber passar,
olhando a vida com olhos do coração...

Pena! Impotência total!

Sentimento de desolação.
Ali, agora jazia ao chão. Seu reflexo no chão molhado, ali bem delineado.
Sua mãe, por certo seria avisada. Certamente, o teatro habitual faria...Até lágrima derramada...

Pra que? De nada mais adiantava. Ele se fora, se apagara...
Tanta vida pela frente, tanto tempo para iluminar, assim tristemesnte, sua luz foi apagar...

Levou com ele a certeza do não amor daquela que mais lhe valia, mas que, sem saber como, não lhe queria, nunca o quis...

*********************************

* Inspirada na imagem!!!
Depois das alegres senhoras do texto passado, veio esse,triste, danado,rs
É a vida!

46 comentários:

  1. Oi Chica!
    Nossa que conto lindo, mas triste e real, fiquei com nó na garganta!
    saber que há pessoas assim...
    Temos mesmo que olhar a vida com olhos do coração!
    Beijos amiga!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  2. Não deixa de ser uma lição pra todos nós.
    beijo Chica! uma semana de paz

    ResponderExcluir
  3. Oi Chiquita, a vida é assim mesmo, cheia de mesclas - por isso vale sempre a pena lutar e nem sempre a gente vence né? Mas pelo menos temtamos.

    beijão

    Lu

    ResponderExcluir
  4. Inspirações são assim mesmo. Num dia, danças e alegrias ou cheiro de feijão queimado. Noutro dia, sobre um chão frio como o coração dessa mãe, um corpo gélido pedindo amor.
    diferentes emoções, diferentes inspirações.
    Todas muito bem escritas pela autora, Chica, a imaginativa Chica!
    beijos primaveris
    Zizi

    ResponderExcluir
  5. Oi minha querida, que triste isso!
    e pensar que aconteçe realmente por aí...
    não diria com suicidios tantos, apesar de ter mesmo os que se vão por conta prórpia.
    diria do abandono, do não saber o que fazer sem o amor, a palavra, a mão que afaga.
    crianças vagando sem rumo, jovens bebendo e cheirando, adultos desempregados, sofridos, sem chão.
    tudo isso é resultado de "desamor".
    falta de interêsse da familia, a sensação de que não adianta fazer porque ninguém vai ver, nem elogiar, nem ficar feliz.
    muito triste isso Chica, mas tão real.
    E voce soube tão bem narrar, como sempre, nos atingindo em cheio!
    Beijos amiga (por aqui tá frio!)

    ResponderExcluir
  6. Chica minha querida
    inspiração forte como sempre tu nos apresentas!
    triste, mas infelizmente acontece tanto.
    Comoveu-me demais, ando muito chorona.

    Um pouco afastada passo muitas horas no hospital a fazer companhia à minha mãe que foi vitima de um AVC muito profundo.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  7. Bem forte Chica...mas gostei!
    Te desejo uma ótima semana! Beijos!
    CamomilaRosa

    ResponderExcluir
  8. É, uma realidade triste e reflexiva...
    Tem tanta coisa complexa e difícil de se entender na vida... Infelizmente é assim, mas serve de alerta e que pena que o Júlio tenha se entregado à morte!

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. oi Chica
    inspirada na imagem tu fez texto - uau
    tu es podeta mesmo -
    é a vida - e muito triste

    -
    e sobre a pergunta nós compramos uma casa em um bairro , que fica perto decanasvieiras, daniela, ingleses - mas não propriamente na praia - maresia gora - só comprndo uma casinha pequena em Pinheira - longe de floripa - para passarmos os fins de semana -mas isto vai demorar - são sonhos apenas
    o importante que moraremos em floripa, e ficaremso asi perto do RS poderei ver meus pais quando tiver feriadão
    bjs
    lu

    ResponderExcluir
  10. Você é fantástica, chica!
    Quanta criatividade, quanta imaginação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica, tudo bem? Menina, obrigada pelo apoio... por ter trazido o convite aqui pro seu blog! Muito obrigada pelo carinho! bjo e boa semana

    ResponderExcluir
  12. AI, QUE DÓ...

    BJSSSS

    ResponderExcluir
  13. Que triste, Chica!

    A vida é tão curta pra ficar com bobagens... ou não seriam bobagens? Cada um sabe onde lhe dói o coração, né?

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  14. Eis o poder da criação.
    Muito bem e meus aplausos.
    A vida não é só alegria mesmo.
    Mas que a vida deve ser vista como um bem.
    Abraços Chica.

    ResponderExcluir
  15. Oii Chiquinha !!!

    Q coisa mais triste.Mas tem situações assim...sabe-lá pq cargas d'água.Se bem q amor de mãe deveria ser sempre incondicional.Só a gente q é mãe e ama os filhos é q entende esse sentimento.

    Linda e abençoada semana

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  16. Olá Chica
    Bem trágico o desfecho desta história, afinal nem tudo são flores.
    Beijo

    ResponderExcluir
  17. Ai chica, que tristeza! Mas o pior é histórias assim acontecem de verdade!!!!! bj

    ResponderExcluir
  18. Nossa, que triste tudo isso.
    Tem mulher que não nasceu pra ser mãe, não faria nunca isso com um filho meu.
    Mas sua inspiração foi de encontro a imagem e ficou ótima a participação.
    Parabéns!

    Beijos Chica querida.

    ResponderExcluir
  19. Chica, muito boa sua afirmativa:

    "Tempo de vida não significa sabedoria, nunca significou!
    Esta vem da capacidade de saber passar,
    olhando a vida com olhos do coração..."

    beijos

    ResponderExcluir
  20. tritisssssimo, mas belo!
    amo o que escreve aqui!
    beijos e animo!!!!

    ResponderExcluir
  21. oi Chica,

    você é fascinante nas suas escritas,
    te admiro demais...
    me deixou com as mãos embargadas...
    triste ensinamento!!!

    beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Fiquei até arrepiada, nossa, gostei muito mesmo. As vezes damos enfase a pequenos desentendimentos e discordância e não temos tempo de aproveitar o que realmente importa. Lindo mesmo.


    Patrícia Alves
    www.agape-amorverdadeiro.blogspot.com
    www.patyiva.blogspot.com
    www.tentardecoracao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Chica,triste mas muito bem inspirado!Uma história que poderia ser real,pois há tantos casos assim,de desamor,infelizmente!Parabens pela participação!bjs,

    ResponderExcluir
  24. Chica. Tem muitos adultos imaturos, infelizmente. Beijos!

    ResponderExcluir
  25. oi Chica querida ,infelismente tem muitas estórias reais assim ,muitas vezes o arrependimento vem tarde demais ,quando a hora ja passou,beijos linda td de bom

    ResponderExcluir
  26. Tive que ir lá pra baixo pra entender esse. Ficção baseada na realidade da vida, né Chiquita?! Casos e mais casos assim contabilizam-se pela vida a fora...
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  27. Infelizmente podia ser uma história real, como mãe não entendo como é possível acontecer, mas sei que acontece.
    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Faltou foi um pedido de desculpas.

    E isso falta a muita gente.

    Um lindo restinho de semana pra você.

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  29. Mas bah, Chica,
    "...perdoai nossas ofenças, assim como perdoamos a quem nos tem ofendido..." Perdoamos realmente? Sempre! O perdão é um dos mais difíceis atos humanos; perdoar não é desculpar, é muito mais: Perdoar é compreender o outro, esquecer a ofença, agir como se ela jamis tivesse acontecido... Pior, não perdoar nos acarreta a tarefa de carregar a mágua, que as vezes nos acompanha até depois da morte, como aconteceu ao seu personagem. Grande Chica, parabéns!

    ResponderExcluir
  30. Puxa Chiquinha... Me entristeci com essa coisinha nova aqui! Sniff!!!

    Não combina muito com você e com seu blog alto astral de "escrivinhanças" belas!

    Mas mesmo assim é um texto que nos leva a pensar... Só aí já ta valendo!

    Um beijão e fica com Deus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André. tenho que andar aqui conforme o tema é proposto nos projetos que participo..Por isso, as alternâncias.uns engraçado0s, outros reais, outros tristes... É a vida,rsrs abração,chica

      Excluir
  31. Chica, você é demais. Quanta imaginação ao olhar uma imagem.
    Outro dia uma amiga me contou que não guarda boas lembranças da mãe. Quando li o seu texto, sei que é ficção, me lembrei da conversa que tivemos.
    Tenha um bom dia e que Deus preserve a sua imaginação. Beijos.

    ResponderExcluir
  32. Vixe, Chica! Triste d+! Se eu não estivesse tomando antidepressivos ia ser uma choradeira.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  33. Triste, mas acontece. Nem todas as mães têm amor aos seus filhos.
    bjs

    ResponderExcluir
  34. Oi Chica!
    Que triste heim? E o pior que muitos se vão sem ter o conforto de se sentir amado, compreendido. São pais, filhos, conjuges. É a vida! E você bem sabe nos envolver nos altos e baixos da vida.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  35. Oi Chica! Passando para apreciar mais um belo texto, só que, um pouco triste, mas a vida é feita de alegrias e tristezas.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  36. Nossa, é triste, mas acontece, né, fazer o que.. e nos faz pensar!

    Beijão, Chica.

    ResponderExcluir
  37. O impacto da história que é mais comum do que deveria, escancara os muitos desencontros nas relações afetivas.O que poderia ter sido e não foi, revela mais uma página triste da vida de muitos.
    Uma escrita tocante, minha querida Chica.
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  38. Acontece em muitas famílias infelizmente.
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  39. Oi, Chica

    Que triste ainda mais por ser a ausência do amor de mãe...e o pior que isso acontece muito.

    Enquanto que outras mães chegam a sufocar os filhos, uns de amor demais outros nem tanto.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  40. Oiee!!
    Infelizmente uma realidade mais que presente na nossa sociedade.
    bjkss

    ResponderExcluir
  41. Chica,

    Estou viajando pela Região Norte e sem internet que não sei se segura esse comentário. Passo no domingo.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  42. A história emociona porque é de fácil identificação e repleta de frases que fazem refletir. É triste, mas nada surreal. Beijos!

    ResponderExcluir
  43. Chica
    Gostei demais do seu jeito de fazer crônicas.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  44. Bela inspiração,Chica!

    É triste,mas infelizmente acontece tanto...
    Nem todos sabem viver...existem aqueles que não se importam com ninguém e aqueles que fazem do seu amor uma prisão...os extremos nunca são bons,né?!
    Beijos!

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿