Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥Olhares, fios, lembranças... ♥



Imagem daqui


Jéssica no trem, vendo à sua frente, jovens ligados a  fios em seus telefones...

Voa ao passdo...

Chega até um 4º andar de um prédio...

Ela era ainda uma menina que estava sempre em casa. Seu dia a dia era ir à escola e retornar...
Morava numa cidade grande e suas saídas eram sempre acompanhadas dos pais.

Seu mundo era uma janela e, ainda assim, por ter uma irmã menor, essa era gradeada, por segurança.

Ali ela via tudo, dali,ela via a vida...

Dali também, com seus quatorze anos, via entrar e sair do prédio, rapazes, estudantes e moradores em duas "repúblicas" que, longe de suas famílias , buscavam a cidade grande para estudar, fazer uma universidade para depois, trabalhar.

Eles moravam no 8º andar...

Jéssica era bonitinha e sobretudo, simpática e, a cada passada deles por lá, abaninhos, acenos, sorrisos de baixo par cima ou de cima para baixo...

Encontros no elevador, à hora de ira para a escola, eram sonhados...

Um dia, a criatividade de um dos rapazes, fez chegar até ela, na sua janela, um fio com bilhetinho carinhoso.

Ela respondeu, ele puxava a cordinha de volta e esse passou a ser um meio de se comunicar...

Uma comunicação linda, inocente e, para os pais, Jéssica estava em seu quarto, tranquilinha, estudando.
E ela, namorando por meio de fios...

Por vezes, a linda era mais curta e Jéssica tinha que subir no parapeito par alcançar o bilhete. Ainda bem, havia a grade  de proteção...


Hoje, Jéssica recorda, lembra e pensa...

Faz uma comparação entre os fios de sua vida de adolescente e os de seus netos...

Também eles estão ligados a fios, tantas vezes perigosos, à internet, redes sociais...

Mas ela bem sabe que, naqueles SEUS FIOS também, como hoje, poderia moar o perigo...

Olha à fente, vê o sorriso nos lábios da jovem e deduz:
_Lindo namorico  deve estar acontecendo! Tomara, pensa, logo a seguir!

Assim, concluiu mais uma vez:  Em tudo, com equilíbrio e cuidado é preciso!

Até nos mais diferentes tipos de fios...

Há os que unem, mas os que podem até "enforcar"!


40 comentários:

  1. Olá, Chica.
    Adorei ler esse conto "Olhares, fios¨¨lembranças* e a Jéssica menina e mulher, encantadora.
    Há de tudo nesses fios..."Cuidado é preciso, sim!
    "Há os que unem" eu me vejo ligada nesses fios por gosto, para apreciar "boas e bonitas leituras dos amigos blogueiros e "saber das novidades, mas pra "namorar NÃO!
    Já me entendo aqui com as minhas dores reais;
    "o virtual é ficção(? Não é?
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Chica
    Maneira bastante criativa de engatar um namorico, Jéssica e seu admirador do 8º andar.
    Parece que não foi pra frente o namoro com este rapaz.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica
    Recordamos nossas namorinhos sempre que lemos algo parecido.Lembro dos bilhetinhos debaixo das carteiras para o turno da tarde... rs
    nao deu em nada ,mas foi super romântico e havia tantos sonhos ...
    Lindo ,gostei ,lembrei fluiu uma energia gostosa.
    Obrigada
    abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá Chica amiga, vejo que seus textos são cada vez mais agradáveis de ler. Essas bela recordações juvenis nos emocionam sempre, adoro ler e refletir sobre a história de vida que sempre traz saudade.

    forte abraço

    c@urosa

    ResponderExcluir
  5. Oi Chica!
    Adorei seu texto, e me lembrou também a minha juventude.
    As paqueras, e os bilhetinhos na carteira, como referiu Lis!
    Realmente a ``perigo´´ em qualquer tipo de fio!
    Mas é tão bom recordar...me trás saudades!
    Um beijo amiga!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  6. Grande texto Chica.
    Amei ler prestar atenção nos fios.
    Você nos faz caminhar tão lindamente por entre reflexões.

    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica querida, tudo bem?

    Que história linda e tão inocente.

    Más é verdade, tanto os fios de ontem como os de hoje, o cuidado é
    preciso.

    Adorei e também voltei ao meu passado, no pensamento.

    um beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  8. Hoje é tudo muito rápido... e aquele encantamento todo daquela época, de bilhetinhos de papel, de cartinhas perfumadas, se perderam no tempo....

    Chica, beijos!!!

    ResponderExcluir
  9. ~Passando para uma visitinha no seu blog. Vc escreve coisas lindas! Beijos flor!!!!

    ResponderExcluir
  10. ~Passando para uma visitinha no seu blog. Vc escreve coisas lindas! Beijos flor!!!!

    ResponderExcluir
  11. Chica. Adorei a maneira leve e descontraída de falar de assunto tão sério. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Adorei Chica, você em seu conto nos mostrou que não importa a época ou os meios, o importante é ter-se o equilibrio e todo cuidado, senão o mais inocente fato pode realmente causar grande mal, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  13. oi Chica,

    que coisa mais gostosa de ler,
    quando dei por mim,estava toda enroscada,
    nesse emaranhado de fios,
    perdida nas minhas boas lembranças...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Chica.

    Concordo com Renata Diniz, gostei da descontração e leveza para falar de um assunto sério, e gostei de voltar ao passado quando namoricos eram de certa maneira mais inocentes.

    ps.: aqui em casa está uma loucura Chica. Minha família chega em 2 semanas e a casa ainda está de pernas pro ar, por isso minha ausência pois o tempo é pouco para tantas coisas por fazer.
    Um grande abraço, e obrigada por se interessar.

    ResponderExcluir
  15. Oi Chica,
    Muito fofa a história!!! Lembrei de um tempo em que recebia cartas do namorado. Hj os namorados escrevem e-mails!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  16. Oi Chica!
    Que bonitinho!mas é, o perigo pode estar nas coisas mais inocentes.
    Os tempos mudaram muito, lembrar dessas coisinhas é muito bom, eram mais emocionantes.rss
    Beijinhos!





    ResponderExcluir
  17. Adorei o texto e a reflexão! Eu penso que tudo continua igual, mas os meios de comunicação mudaram. Antes era o telefone com fio: bilhetinho com linha. Hoje é uma comunicação via sms, facetime, messenger, skype e outros. O amor continua... os perigos também.
    Eu me correspondia por bilhetes deixados debaixo da carteira. Nunca conheci o remetente. Mas os bilhetes escritos em inglês, me elevaram a auto estima. (pelo menos eu pegava o dicionário em inglês e me especializei em traduzir os bilhetes, rsrsrs)
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  18. É verdade,Chica!E mesmo nós que já temos certa idade precisamos tomar cuidar para não nos embolar neles!...rss...bjs,

    ResponderExcluir
  19. Leve, fluente e gostoso de ler Chica. Muito bom!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Chica querida
    Como eu gostei e, recordei os tempos em que namoravamos por carta e trocavamos fotos!
    Não desvalorizando mas antigamente tinha outro sabor.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  21. E essa agonia do amor começa cedo...
    beijo Chica!

    ResponderExcluir
  22. Bonita analogia: a vida ligada a fios. Como sempre vc nos encantando com seus criativos textos. Bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi Chica
    Mais um texto lindo em que você nos distrai e ao mesmo tempo nos faz refletir sobre a vida.
    Bjos. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  24. Hahahahahhahhahahaha Chiquinha minha amiga! Tô fóra desses fios que enforcam, hahhahahahahahahhahaha.

    ResponderExcluir
  25. que interessante esse paralelo entre os fios da Jéssica e os muitos fios que nos acompanham hoje!!! E a conclusão reflexiva foi perfeita. beijos

    ResponderExcluir
  26. Oi, chica. Adorei o texto! Os que une e pode enforcar. Perfeito! Deixo um beijo carinhoso e bom fim de semana. Obrigada sempre!

    ResponderExcluir
  27. Bom dia,Chica!!!

    Que saudades!!!!!Mas enfim,é sexta!!rs
    Adorei o texto!Tudo na vida com cuidado e equilíbrio faz bem e é muito bom!!!Os fios são outros(com um alçance imenso!),mas como tão bem disseste o mesmo fio que une, pode enforcar.
    É preciso ter bom senso.Um pouco de cuidado não faz mal, né?!
    Beijos e meu carinho!!!!!
    Ótima sexta!*Como estão vocês?

    ResponderExcluir
  28. Poxa menina... sabe quando vc chega num lugar e fica de boca aberta?
    Primeiramente, bom dia comadre Chica!
    Fazia tempo que eu não visitava um blog tão agradável de se ler.
    Parabéns pela escolha da fonte (tamanho), das cores, do português, me senti tão em casa que por aqui vou ficar.
    E como você tem blogs mulé? Nossa!!! Eu cheguei até vc pelo seu perfil google e vi aquela listona de blogs... uia! Eu sou assim com comunidades no orkut, mas nem consigo mais cuidar pela falta de tempo, porque eu fico inventando moda todo dia e não quando vi... acabou o dia.
    Espero receber uma visita sua, será um prazer.
    Bjokas mágicas da comadre Bruh. =*

    ResponderExcluir
  29. É verdade, né querida?! Mudam os tempos, mudam os fios, mas a intenção e proposta são as mesmas, inclusive os perigos... Pra variar eu amei! Seus contos são sempre cheios de mensagens e ensinamentos!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  30. Oi Chica,

    Tudo bem? Não poderia de pensar na Rapuzel ao ler o seu conto. Lembrei do meu primeiro namorado em um clube que frequentávamos em que o beijo era dado quando mergulhávamos. Não existia limites para estar juntos. Lindo texto.

    Bom final de semana!

    Lu

    ResponderExcluir
  31. Aqueles fios eram mais românticos e inocentes, pois era possível saber quem estava do outro lado, mas hoje em dia... bjus querida.

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica,
    Tenha um ótimo final de semana!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  33. Os fios são tão bem enroscados que a gente se vê presos a eles! Temos de ficar sempre de olhos abertos para enxergamos o perigo.
    Excelente texto, minha amiga!
    Abração.

    ResponderExcluir
  34. Oi,Chica!Em tempos de comunicação digital todo cuidado é pouco ainda mias com os adolescentes um clique e eles abrem uma janela par o mundo e para todos os riscos, tem que existir muita conversa e atenção por parte dos pais dessa molecada que vive na frente dessa telinha mágica.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  35. Chica
    Eu ando percebendo que me vejo torcendo por seus personagens.Jéssica é um deles.
    com amizade Monica

    ResponderExcluir
  36. Prezada amiga Chica, por motivos de saúde ando ausente...
    No entanto sinto muitas saudades do contacto com muitos dos amigos através dos blogs. Aproveito esta tranquila tarde de sabado, onde (sentindo-me banhada de fé que em muito breve estarei totalmente recuperada pela luz Divina), voou por alguns dos blogs amigos para matar a saudade. Obriga por sua carinhosa presença la no meu cantinho.Desculpe minha ausência.
    Um lindo e abençoado domingo para você.
    Ange.

    ResponderExcluir
  37. Chica sua linda!

    Muito bem colocao e poetizado um problema que se tivermos cuidado nem é problema, esses fios...
    Minha mãe (viuva já há tempos) anda com uns fios desses rs E Eu penso que não podemos prender ninguém dentro de barras de ferro.
    Gente também é passarinho, é só tomar cuidado e ver onde pousar.

    Milhões de beijos

    ResponderExcluir
  38. É preciso ter cuidado com o uso dos fios da vida!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  39. Olá Chica!
    É verdade,temos que ter muito cuidado nos nossos relacionamentos.
    Muito boa reflexão.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  40. Mas bah, Chica, em meio a tantos fios que a vida nos apresenta o importante e seguir o fio certo ssempre com cuidado de não "perder o fio da meada".
    AAbração.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿