Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥O amor e o jardim... ♥




Edição Conto/Histórias do Bloinquês

Tema: "Mas, querida, se tu fores me abraçar, aquele derradeiro abraço, faça-o lentamente para que eu tenha tempo de enxugar as minhas lágrimas antes que vejas os meus olhos."

(((o)))o(((o)))o(((o)))

A vida , em sua rotina louca, estava corrida para Mirtes e José. Pela manhã, cada um saia de casa com um carro, para lados opostos da cidade, rumo aos seus trabalhos.

Trânsito , buzinas, tranqueiras tudo isso os esperava, apenas colocavam os pés para fora da porta.

E, dentro da sua casa, as coisas não andavam muito bem.

Havia se instalado um silêncio forte.  Palavras sem respostas, olhares sem retornos.

Passavam um pelo outro sem , pelo menos, roçar seus corpos. Eram encontros no corredor e à mesa, onde engoliam alimentos,em silêncio.  Ele, grudado no seu telefone,aproveitava as refeições para responder emails, mandar mensagens.

Ela, triste, o olhava e pensava , onde fora parar todo o amor que os unira um dia.

O tempo passou e as coisas entre eles, só pioraram. Porém Mirtes estava decidida, dentro de si. Não ficaria mais num relacionamento assim. Não precisava daquilo, pensava.

Assim, organizou sua vida, tomou coragem e falou ao marido de sua decisão de dele se separar e morar sozinha e, para isso, aceitara a promoção para trabalhar em outra cidade, longe dali.

_ Mas como,Mirtes? O que deu em tua cabeça? Disse José, espantado.

O que será feito de mim, como farei sozinho aqui? Sabes que te adoro!

_ Me adoras? Realmente, não é isso que deixas ver e, sobretudo, pensar...

Assim,continuaram a discutir ... Mas Mirtes estava completamente segura de sua decisão.

_ Não vou repensar e, tenho certeza, não me arrependerei.  Dei tempo ao nosso amor, mas não o soubeste bem tratar.

Agora, não tenho mais tempo, José.  Dentro de uma semana, saio de casa , rumo à Teresópolis, onde assumo a gerência do novo  hotel da rede  em que trabalho há anos.

Aqueles últimos dias passaram depressa e ele mostrava-se triste, tentava aproximar-se. Mas ela, irredutível...

Na última noite ele perguntou:

_Então, estás segura do passo que vais dar? Será bom para tua carreira?

_ Tenho certeza que sim! Porém , nunca teria aceitado sair daqui se entre nós as coisas não estivessem nesse ponto.

_Mas querida! Não me compreendes. Te amo, apenas esqueci como demonstrar isso! A rotina nos fez mal.

_Pois, por isso mesmo, minha rotina será diferente...Amanhã cedinho viajo.

Ele triste , mas conformado,pede:

- Mas, querida, se tu fores me abraçar, aquele derradeiro abraço, faça-o lentamente para que eu tenha tempo de enxugar as minhas lágrimas antes que vejas os meus olhos.

Ela  fica um tanto desconcertada, mexida... mas segue...

Manhã seguinte, cedinho, a despedida...

Ambos choravam, abraçados, até a hora de ouvirem a buzina do táxi, que a levaria ao aeroporto de Guarulhos para chegar até o Rio de Janeiro.

A despedida, triste, chorosa, pesada...
E, com essa sensação ela sai, sem olhar para trás.

Chegando no hotel, a implantação de tantas coisas era uma tarefa complicada, um novo desafio para ela, que ficava completamente envolvida pelo trabalho, sem muito tempo para pensar.

Estava adorando o novo trabalho por lá e a nova cidade. Lá respirava ar puro, à noite, o ar fresquinho convidava a um bom sono...

Passavam os dias, os primeiros meses...

Enquanto isso, no antigo endereço,as coisas corriam  normalmente. José trabalhava, levava a vida, mas triste, muito triste.

Num fim de semana  antes da  primeira audiência  do processo de separação, ela bem envolvida em seu trabalho, quando um funcionário lhe avisa que havia alguém na sala de café a sua espera.

Era José!

Quando se viram, lágimas dos olhos dos dois rolaram. O abraço foi forte, unia os corações. Pareciam não mais se largar. Veio o beijo e esse falou alto...Outro, outro e ela o convidou para ir até o seu apartamento no hotel.

Lá, após a alegria, abraços, beijos, rolou o amor de antes, aquele lá dos primeiros tempos.  Foi lindo para os dois.

Ambos sabiam agora que teriam muito a conversar até que voltassem a viver juntos, mas estavam certos de que era isso que queriam e, como primeiro passo, sabiam que na audiência, aceitariam a conciliação.

Mirtes continuou no seu trabalho em Teresópolis, ele em S.Paulo.

A ponte aérea funcionava entre eles. Agora, sempre que podiam, estavam juntos, a rotina não mais se instalou...
E não haveria de se instalar , já que  Mirtes, naquele fim de semana, lhe mostraria um envelope,onde se lia :POSITIVO...

Mirtes , continuou naquele trabalho por mais dois meses até deixar tudo bem operante e então, pediu para voltar à Sampa .

Iriam viver um amor renovado. Valia o recomeço!
Tinham aprendido que precisavam cultivar.

Estavam felizes e agora, iniciaria além de tudo, a doce espera...
Certamente, nunca mais a rotina seria a mesma...

E agora, num lugar de destaque em sua casa, um quadrinho feito pela sua avó que dizia:

" Cultive a plantinha do amor! Seu jardim será lindo sempre!"

Ela lia e sabia que aquilo valia para os dois! Era assim mesmo que fariam!

Dentro deles, as coisas haviam mudado! Se dependesse das suas  vontades , daria certo!


42 comentários:

  1. Ai, ai! O amor é lindo! Conto que faz a gente suspirar! A maior verdade é que quando o amor é verdadeiro pode haver mil interrupções, mas nunca o fim! ;)
    Beijo, beijo minha querida!
    She

    ResponderExcluir
  2. Quem ama cuida...quem ama zela
    beijos
    um domingo lindo

    ResponderExcluir
  3. Em certos casos, é mais prático a separação, mas acredito que sempre deve-se tentar, depois de um tempo a mente clareia,abração e bom domingão!!

    ResponderExcluir
  4. É... COMO DIZ A MÚSICA DE RAUL SEIXAS "TENTE OUTRA VEZ" E SE NÃO DER CERTO, PARTA PRA OUTRA...
    MUITO LEGAL TEU NOVO TEXTO, CHICA!!
    VEJA A MINHA NOVA HISTORINHA NO BLOG DOS MEUS GATOS.
    TAMBÉM TEM NOVIDADE EM "GAM DOLLS" E ESSA IDÉIA BACANA EM "GAM NA COZINHA".
    ESPIE...
    http://gamnacozinha.blogspot.com.br/2012/08/1-concurso-cultural-gam-na-cozinha.html
    TENHA UM LINDO DOMINGO! :)

    ResponderExcluir
  5. a avó tinha razão pois o amor é uma sementinha que tem de ser sempre regada
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi,Chica!Tudo na vida precisa ser cultivado,cuidado com amor,carinho e atenção se não morre.
    Uma ótima semana!Beijossss

    ResponderExcluir
  7. Oi Chica aproveito o tema para dizer que não tenho cuidado dos nossos encontros virtuais, ausência pela dificuldade que estou tendo de acessar a NET (provedor).
    Adorei seu conto, ele é muito real na forma como a rotina de instala e o amor se esconde.
    Bom domingo.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Chica minha querida
    Sabes que não suporto a rotina em nada da vida; sou uma pessoa muito instavel quando existe rotina. Quanto ao amor minha amiga se não existe não vale a pena tentar, e tentar, ele tem que acontecer e não terminar, porque quando termina, ternina mesmo.
    Resto de um bom domingo.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  9. Oi Chica,

    Tudo bem? O texto é lindo e destaca a vitória do amor, principalmente em um tempo que é exigido da mulher a função de profissional, ela consegue vencer, sem rejeitar a felicidade da relação.

    Beijos e boa semana!

    Lu

    ResponderExcluir
  10. OI Chica,
    Tenho passado pouco por aqui, mas estou vendo o quanto que perdi, de posts bacanas e realmente inspiradores.
    Beijão amiga.

    Paula Kasas

    ResponderExcluir
  11. Olá Chica!
    Linda história, o amor deve ser cultivado sempre em nossas vidas!
    Beijos e tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  12. Olá, Chica. Que bom que vc voltou feliz das férias. Belo conto! A semente do amor precisa sempre ser cultivada e assim permanece feliz. Bjo grande no seu coração! Obrigada pela partilha. Uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  13. Chica, que linda história de amor! Quem tem amor que cuide muito bem!!
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  14. Oi
    Querida amiga
    Senti saudade,vim vstr vc
    Amei isto,regarei meu jardim muito mais rsrsr
    Deixo um abraço carinhoso
    Bjsss

    Obs; não precisa retornar,não sei desse virus se ainda perciste..............

    ResponderExcluir
  15. Ei Chica
    É isto aí, o amor entre casais precisa ser regado sempre, são palavras do meu marido.
    Acabamos de confirmar isto com sua bela história, que ainda bem teve um final feliz.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  16. Chica! Me vi do lugar de Mirtes. Reconciliar é muito bom e é para dar certo. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. o AMOR é sempre maravilhoso!!!!!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Chiquinha minha amiga!

    Puxa... Muito lindo e verdadeiro esse texto! Serviu pra mim hoje!

    Um beijão e tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir
  19. Bom dia Chica!

    É isso mesmo, se não cuidamos de nossas relações com carinho, e paciência, o mais belo dos jardins se transforma em um lugar desolador e triste.

    Uma linda semana para você querida Chica.

    ResponderExcluir
  20. Que lindo... e com final feliz!

    Acho que é assim mesmo... precisamos dar uma sacudida, e dar a volta por cima, e se for junto com o amado, melhor ainda...
    Amei, Chica!!!

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  21. Um lindo e verdadeiro texto . Beijos !

    ResponderExcluir
  22. É verdade, Chica! O amor, que a tantas coisas resiste, muita vezes de deixa encobrir pela rotina! Belo conto, boa semana.

    ResponderExcluir
  23. Que beleza de conto,Chica!Quantos casais não passam pelo mesmo problema?Uma receita de amor e felicidade!bjs,

    ResponderExcluir
  24. Demonstrar nossos sentimentos é o primeiro passo...
    Que lindo Chica! Amei!!

    Beijos e uma ótima semana para vc!!

    nandapezzi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Chica!
    Quee maravilha de conto!
    O amor precisa mesmo ser bem cuidado para não morrer.
    Ela soube se valorizar e com bom senso perceber o que seria melhor saindo e voltando depois.
    Beijinhos e uma super semana!

    ResponderExcluir
  26. Que lindo, Chica!!! Uma lição de vida!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  27. Chica
    Que coisa mais linda. Vou escrever a frase do abraço aqui em casa!
    Com carinho sua amiga Monica

    ResponderExcluir
  28. Chica,
    quando leio os seus contos, me parece ouvir de você. É tão íntimo e familiar que parece ser tão verídico!. Será?
    Nesse, saber que a rotina abafou a plantinha do jardim, faz-nos refletir sobre nosso dia a dia e que devemos cuidar do jardim sempre.
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  29. Oi Chica, bom dia! Que história linda pra começar o dia!
    Eu acabei de passar no blog do André Mansin, e citei uma música, "Flores em vida" (Paulo César Baruk), cuja letra diz assim (e que também se encaixa em sua história:
    "...Eu já não alcanço o passado
    Meus limites reconheci
    O hoje é tudo o que tenho, isso entendi
    Preciso trazer a memória histórias que desprezei
    Não posso me esquecer, venho te oferecer
    Flores em Vida
    Enquanto é dia!
    Já não me esqueço, hoje ofereço
    Flores em Vida
    Enquanto..."

    E como eu mesma disse em um post que escrevi:
    É preciso que não sejamos econômicos em amar, em beijar, em abraçar. Em dar afeto a aqueles que amamos. Pois o hoje, é realmente tudo que temos!

    Um grande beijo, com carinho.
    Fique com Deus!
    Adelisa.

    Link do post:
    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/2012/05/e-por-falar-em-saudades-lembrancas-e.html

    ResponderExcluir
  30. É por estes textos que eu amo vor aqui...
    Lindo lindo..
    Beijos Pinta

    ResponderExcluir
  31. Ai Chica não aguentei, chorei.
    Que lindo!
    Estou emocionada e chorosa, sou uma manteiga. rsrrs
    Adorei, parabéns...beijinhos
    (((Posso pegar o quadrinho?)))

    ResponderExcluir
  32. Que conto doce e emocionante!
    O amor é como a plantinha precisa ser regada todos os santos dias, senão ela morre.
    A sabedoria do amor dela,e a fidelidade do amor dele, fizeram com que aquele amor que parecia não ter mais volta, ressurgisse.É o milagre do amor!
    Lindo, lindo texto, minha amiga!
    Abração.

    ResponderExcluir
  33. Oi Chica,
    Amei o conto. Eu vive a metade dele no meu ex-casamento, mas acabei indo para o meu canto, pois a vida continua. Graças a Deus sou muito feliz hj.
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  34. adoro finais felizes

    ResponderExcluir
  35. Chica estou de férias na quinta e por isso ando desaparecida, mais que o normal. Há sempre vários pontos nos teus contos de suma importância e que relatam a realidade com muita precisão. Os relacionamentos, sejam ou não amorosos precisam de uma paragem, a proximidade deteriora-os e se as pessoas não souberem manter a chama acesa acaba o amor ou a amizade. A distância pode fazer milagres. Acabar com a rotina ajuda bastante a renovação de uma relação. Beijinhos

    ResponderExcluir
  36. Oi, Chica!
    Realmente, o amor, a comunicação e as atitudes firmes precisam ser cativados... Que belo final!
    Beijos e Boa Noite!

    ResponderExcluir
  37. Que lindo... e muito verdadeiro..... agente as vezes esquece de cultivar o jardim né?

    Foi muito bom pra mim ler esse texto.

    beijos

    ResponderExcluir
  38. Chica, vim te desejar uma ótima tarde!

    Beijos

    nandapezzi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. OI Chica,
    Ler de novo a frase do abraço , é realmente um prazer...passei de novo!

    Beijokas
    Paula Kasas

    ResponderExcluir
  40. Mais uma bela inspiração com sua marca de final feliz.Como se voce sempre desse uma chance aos seus personagens de se recuperarem.Esta situação é rotineira na vida das pesssoas.O tempo as enferruja e a relação emperrra pela falta do azeite nas engrenagens.Não raro muitos casais experimentam esta relação de casas separadas, para acordarem para o amor real.
    Haja reflexão Chica.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  41. Hum.. que historia linda.. deu até saudade.. :)

    Bjos, Chica ♥

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿