Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

♥ Divagações de Léia...♥



Caminhando pelo parque perto de casa, Léia ia, segura e feliz!

Respirava o ar puro, se energizava, renovava emoções.

Passeando ali, lembrava dos passeios que outrora fizera com sua família, os piqueniques ali  desfrutados, com apenas pãezinhos, salsichas, bolachas, frutas e um isopor com bebidas.

Os pães, apenas comprados na padaria, eram levados em vários pacotes.Tantos, pois a fome por lá, parecia ter também, sido convidada.

Todos os filhos brincavam, jogavam bola, corriam, mas todos gostavam de ver o pai preparar o foguinho, mínimo, que servia apenas para esquentar as latinhas de salsichas para os pães.

Não pode deixar de lembrar quantas vezes ela esquecera o abridor de latas,rs... Mas sempre era dado um jeitinho, nem que para isso o pobre marido quase ficasse sem as mãos, de tanto bater com pedras...

Mas, naquele dia , olhou tudo com olhos de muitas saudades...

Agora, por lá, até pedalinhos, com filas imensas, nem bolas eram mais  permitidas, muito menos, piqueniques.

Serve agora para arrecadar, arrecadar muito dinheiro dos turistas em seus bares e restaurantes à orla do lago.

Ela sente pena! Tantas mudanças!

E, no entanto, para ela, tanto também mudou:

Os filhos cresceram, lhe deram netos que, pobrezinhos, já não tem toda liberdade de seus pais para correr e brincar.

De repente, Léia olha num cantinho do caminho.

_AH! A nossa parede de pedras...

Nela, vê uma cestinho de flores lindas, simplezinhas, bem vivas...

Ela olha bem, se aproxima e ouve uma voz.

Chega mais perto e pode ouvir, em cada flor, as vozes  de  cada uma das suas crianças:

_Quero mais!
_Acabei!
_Podemos jogar bola?
_Pai!
_Mãe!

Elas não paravam de falar e lhe olhar.Lindas,  azuis e roxinhas...

_Quem são vocês? Pergunta Léia.  Como falam tanto?

_Somos a simplicidade dos momentos passados.
Ficamos aqui registradinhas e nunca a queremos esquecer...


_ Pode nos levar contigo?
Vamos  te ajudar a nos distribuir sempre, em tua casa, em teus caminhos.

Temos certeza que conosco, terás o doce gostinho do quero mais!

Não nos deixe aqui!

Léia ouviu, pegou a cestinha e pensou:

_Que bom que ela ainda existe e conseguiu provocar em mim essa magia. Com ela, quero e preciso continuar sempre...

Seguiu seu caminho e ria agora até com o coração...

* Imagem daqui

52 comentários:

  1. Linda história e ricas reflexões.
    Que sempre nos lembremos, recordemos, alimentemos as lembranças, com carinho, com ternura. Td está e estará sempre nós e além.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia, Chica
    Lindinha demais sua história, me fez lembrar de piqueniques do meu passado, com meus pais e irmãos, quanta saudade.
    Hoje o local tá completamente abandonado, a lagoa que existia e andávamos de barco a remo, secou, virou um pedregulho; mas com certeza ainda deve existir alguma coisa por lá que lembre nossas idas lá.
    Beijo e bom dia.

    ResponderExcluir
  3. Chicas, Léias e tantas outras crianças viveram e guardaram suas lembranças, que sempre voltam, com força, pra dizer que nada está perdido, pois a magia existe e tem que ser usada.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Sempre é muito bom valorizar "as nossas divagações"! Boas lembranças são importantes , mas o presente e o futuro estão aí para divagarmos e desfrutarmos na dimensão do Admirável Mundo Novo...
    Muito legal, Chica, esta nova reflexão!!
    Com beijos e carinho

    ResponderExcluir
  5. Oi Chica, nem sempre gostamos das mudanças que o tal "progresso" traz. Mas é muito bom reviver lindos momentos que passamos ao lado das pessoas que amamos.
    Bjs e uma linda semana.

    ResponderExcluir
  6. "Simplicidade dos momentos passados"...eu queeeeero! Será pecado esse querer?!
    Beijuuss, Chiquita amada, n.a.

    ResponderExcluir
  7. Chica querida, como foi o dia de ontem???

    Espero que feliz!!!


    Adorei a nova forma do blog. Tá muito bonito, leve e descontraído.

    Texto simples com pessoas, gente como a gente, lembrancas de nosso lugares felizes...

    BJao e uma linda semana

    ResponderExcluir
  8. Chica,coisa boa é te ler todas as manhãs!Que beleza de conto,muito mágico,afetuoso e cheio de saudade!Bjs,

    ResponderExcluir
  9. O que fica para além da saudade é mesmo muito! Adorei! Bjs

    ResponderExcluir
  10. Coisa boa essas lembranças, é certo que com um pouquinho de nostalgia, mas não tem outro jeito né amiga?
    Sempre bom te ler, beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
  11. Que saudade me deu da minha infância! Piquenique, lago, "matula"...
    Simplicidade é tudo!
    Bjos
    Léia

    ResponderExcluir
  12. É... SAUDADE, NÃO TEM IDADE E CONTINUANDO OS DITOS, RECORDAR, É VIVER!
    UM ABRAÇÃO PROCÊ, COLEGA!!

    ResponderExcluir
  13. A infância outrora era tão sadia! Piquenique na fazenda. Rios limpíssimos onde podíamos tomar banho sem medo nem riscos.Não havia poluição. É bom recordar essas saudades.
    O teu conto derrama em nós a magia dos tempos que jamais voltará.É bom te ler, pois sempre fala de algo muito familiar a nós.
    Abração.

    ResponderExcluir
  14. Suas histórias são momentos de puro prazer, Chica. Você tem o belo dom de escrever simples para transmitir mensagens tão importantes. Infelizmente, piquiniques são coisas raras hoje em dia.

    beijos

    ResponderExcluir
  15. voltei também para agradecer e te desejar o mesmo e dizer que já estou tomando um remédio tarja preta que previne o desejo de criar e deletar blogues...heeeeee


    bjuuu

    ResponderExcluir
  16. A simplicidade dos momentos pasados... quem dera, dela nunca nos esquecêssemos! Muito bonito, Chica; boa semana.

    ResponderExcluir
  17. Chica querida
    A simplicidade dos momentos são pura magia.
    amei amiga, nossa quando vai sair teu livro.
    Boa semana amiga.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  18. A simplicidade de "escrever" a alma.
    Viajei no passado. Percorri décadas de anos, todos os locais marcantes, vivências que o tempo não apaga. Nostálgico, mas realizado e feliz, orgulhei-me por tanto cabelo branco.

    Uma semana feliz. Beijinho.

    ResponderExcluir
  19. Chica, nem sei mas dizer da beleza que é te ler.
    Sempre busco algo para completar essa beleza e não consigo encontrar.
    O que posso dizer deste texto? Belo, lindo, bonito....
    Enfim na minha simplicidade digo: a m e i!

    Beijão

    ResponderExcluir
  20. As vezes nós trancamos as nossas boas recordações e damos valor as coisas ruins que nos acontecerem na vida. Marcamo-nos com marcas malignas e não nos desvencilhamos delas. Isso é ruim e seu conto mostra como é bom se a gente agisse da forma contraria... Liberando boas emoções e recordações.

    Valeu Chiquinha, lindo conto!

    ResponderExcluir
  21. Oi
    Querida
    Sempre me delicio com seus contos,adorei
    Tenho esta saudade tmb dos tempos que se foram..........
    Pela expresão TU que vc usa és gaúcha rsrsr
    Tmb sou
    Obrigado por suas vsts carinhosas
    bjs no coração

    ResponderExcluir
  22. Amiga Chica,o chá da tarde comemora 2º aniversário ,trouxe um mimo para você:
    http://i701.photobucket.com/albums/ww15/M-amles/anigifch-5.gif
    beijinhos de luz

    ResponderExcluir
  23. Oi Chica, resgatar momentos felizes, recordar passeios alegres, não existe nada melhor!
    Sou adepta desse esporte, acredito que isso faz um bem danado para a alma.
    Não consegui conter o riso quando voce, toda dengosa, confessa que esquecia o abridor de latas. Pobre Kiko, sempre levando a pior!
    Que delicia, mesmo narrando um momento ternura consegue me fazer rir! só você mesmo! kkkkkk
    Eu estou adorando esse novo visual. Ficou bem bonito mesmo!
    Também preciso mudar o meu, já deu o que tinha que dar.
    Chica, está um frio danado por aqui, eu imagino então como deve estar por aí.
    Beijos querida, boa noite.

    ResponderExcluir
  24. Chica! Linda história. É muito bom encontrar a simplicidade. Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Que lindo, Chica! Fiquei encantada!
    Me alegrei com a simplicidade e magia!
    Obrigada
    Bjos
    Vero

    ResponderExcluir
  26. Oi Chica,

    Boa noite! Linda a estória! Claro que fez lembrar a infância, a família e o melhor da infância. Esse é o melhor do passado, ou seja, aquele que se faz presente no futuro.

    Boa semana!
    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  27. Muito bonita essa história.
    As melhores coisas na vida, são as lembrança simples da vida.
    Desejo que o Dias das Mães tenha sido de muitas alegrias.
    Beijos grande em teu coração!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  28. Oi Chica
    Engraçado que como fiquei afastada alguns dias, expliquei isso no meu penúltimo post, voltei hoje a visitar os amigos, vi vários posts relacionados a isso, a valores antigos, a felicidade. E hoje eu e meu marido estávamos assistindo com meu filho mais novo o vídeo Aquarela do Toquinho, ele fala justamente sobre isso, como a infância passa rápido, a gente tem que aproveitar mesmo esses momentos. Gosto de passar por aqui, seus textos são sempre reflexivos.
    Bjos. e uma ótima semana.

    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. o turismo estraga tudo, amei o teu texto!
    beijos

    ResponderExcluir
  30. Bom dia!! Como foi o dia das mães por aí?

    Tenha uma semana abençoada!

    Beijos

    Dri Viaro
    www.driviaro.com.br
    www.ameliasdesalto.com
    www.ateliefesteiro.com

    ResponderExcluir
  31. Bom dia, Chica!!!

    Que delícia....

    Tão simples, singelo que a gente se alegra de imaginar tudo isso...
    Coisas simples e básicas... que tantas vezes esquecemos....

    Um lindo dia pra vc!
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica,
    Amei a história. O tempo passa e leva tantas coisas boas, mas deixa ótimas lembranças.
    Beijos 1000 e uma 3ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  33. Olá minha amiga.
    Tens o dom de nos fazer lembrar coisas simples que esquecemos ou nem pensamos nelas.
    Grande abração minha querida :))
    alice

    ResponderExcluir
  34. Que delicia de estoria, Chica. Esses momentos bons, simples, verdadeiros, realmente nunca desaparecem pois estao impregnados em nosso ser.

    Uma linda tarde para voce querida amiga.

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Bela história! Todos nós guardamos recordações assim. E nos faz muito bem lembrar desses momentos! Bjsss

    ResponderExcluir
  38. Ei amiga, que lindeza de conto, a Léia tivera momentos felizes, muito simples porém inesquecíveis.
    Que bom que no meio de todas as coisas ruins que estava vendo nos dias de agora encontrou também a simplicidade e a delicadeza num cesto de flores. Levo comigo também um cesto cheio de afeto que encontrei por aqui!
    Beijo afetuoso!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  39. Chiquinha, q delícia de texto, como sempre.Tão bom termos esse tesouro interno q são as nossas lembranças.


    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  40. Anônimo16/5/12

    Lembro bem daqueles piqueniques....e as bolas furadas naqueles espinhos;-) pena que a história não mencionou os girinos do lago ... lembra quando me dei o trabalho de "pescar" vários só para os coitados irem por água abaixo assim que chegamos em casa :-)
    E as coisas mudam mesmo, até aquele chocolate que era tão bom ficou com gosto ruim...
    Beijos
    Gordo

    ResponderExcluir
  41. oi Chica querida,

    quanta coisa boa me trouxe com suas palavras,
    recordar é viver lembranças boas,
    que nos transbordam o coração,
    obrigada por me lembrar da beleza da simplicidade...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  42. A Chica tem uma enorme capacidade para inventar histórias e
    para as escrever maravilhosamente. Isso é um dom.
    É portnto muito bom disponibilizá-las para nós as lermos.
    Obrigada por isso.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  43. Chica, de princípio nem queria ler por causa do nome Léia, porque antes de me namorar Tony, namorou uma Léia, que era a tal,cena típica de filme americano, todos a achavam a maior, a mais bonita, era a líder e todas a obedeciam, menos eu que não era da turma dela; e quando ela viu que ele estava me namorando, caiu em cima de mim com a sua artilharia que a nossa classe, ficou inteirinha contra mim. Passei maus bocados e fiquei com mágoa dela e do nome que ainda mexe comigo. Eu fiquei com Tony. Ela casou, mas há muitos anos, morreu e não permitiu que ninguém a visse morta, disse a mãe dela. Mas a sua Léia é boazinha e gostei. Beijão!

    ResponderExcluir
  44. Eu gosteii.!

    Quero te ver na blogagem coletiva tá??
    http://lidiepaulo.blogspot.com.br/2012/05/blogagem-coletiva-receitinhas.html

    Ótima quarta-feira :D
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  45. Lindo e sonhador, com o poder de nos transportar à nossa própria infância. Beijinhos,

    ResponderExcluir
  46. Olá, Chica!

    Essas doces viagens ao passado, divagações, fazem com que resgatemos muitos sentimentos adormecidos. Nos fazem perceber o quanto foi bom viver, amar, e desfrutar da simplicidade da vida junto aos que amamos.
    E a Léia, ainda teve a sorte de levar consigo algo concreto: uma cestinha com lindas flores, que talvez tenham feito parte do cenário de felicidade vivido por ela.

    Beijos, amiga
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  47. Ai de nossas vida se não existisse um pouco de magia!!!
    A vida vai mudando e deixando a sua simplicidade de lado, mas a verdadeira felicidade está na própria simplicidade!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  48. Passando para desejar uma noite maravilhosa!


    Bjss,


    http://toutlamour.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  49. Um texto fantástico Chica!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  50. The pink geranium is rather pretty.

    ResponderExcluir
  51. que linda história...espero que nós também consigamos identificar todas as cestinhas de flores que guardam as nossas lembranças. :-)

    ResponderExcluir
  52. Oi, mãe !
    Que tempinho bom aquele !
    Era uma "festa" aqueles nossos piquenique lá no lago Negro em Gramado !
    Pena que hoje, eles proíbiram e as crianças não podem sentir o gostinho daquilo que eu e os manos quando éramos crianças adorávamos fazer ...
    Se hoje, alguém por acaso resolvesse fazer, iam ser olhados como uns "
    ETS " , pois não é "chique " fazer piquenique com antes - QUE PENA!!!
    Beijos,
    Tita

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿