Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

♥Confissão necessária... ♥



Edição Conto/Histórias do Bloinquês:

Tema: Eu matei o Bernardo.

(((o)))o(((o)))o(((o)))

D.Zeuzinha, uma jovem senhora, trabalhava muito. Perdera o marido logo após o parto do último filho.  

O marido? Não era grande coisa...
Até  doente ficou na hora que iria sobrar mais trabalho para ele, pois voltando do hospital com a sétima filha em dez anos, ele viu que não iria aguentar e, realmente, sem dormir à noite, devido aos choros da Geni, a bebezinha,  saiu para ir ao armazém comprar leite para a filharada e...bateu a cabeça numa árvore, ficando ali mesmo estatelado...

Enterro feito às pressas, com a bebê pendurada na teta, rodeada dos demais,que corriam por lá, acabou e tudo seguiu e segue até hoje...

Dona Zeuzinha hoje  pagava os pecados com aqueles "maledetos" genros que por lá apareciam.

Parecia que as sete filhas só arrumavam bombas.
Ela dizia:
_Apareceu alguma porcaria nova na cidade?
Tô sabendo! Lá vem mais uma bomba aqui para casa. 
E não dava outra.

Tinha uma das filhas, que era então a campeã.Ninguém se igualava à Geni, a caçula,  nesse quesito: arrumar bombas para se relacionar.

Assim, aos trancos e barrancos a família ía adiante.

Geni, um dia, chega em casa com um moço .
_Mãe, esse é o Leocádio, vai passar uns meses por aqui comigo! Não tem onde morar .. Pode chamar de Léo,tá?

_Como assim?
E o papo vira em discussão, mas Geni sai ganhando e o moço bom passa a fazer parte da grande família.

 D.Zeuzinha saía para trabalhar e por lá, alguns ficavam dormindo, outros apenas preocupados no dia de receber a pensão do pai ...

Léo trouxera pouca bagagem.Apenas  três sacolas de mercado.Uma com cuecas, meias, outra com algumas roupas sujas e surradas e a terceira, com uma caixa.

Foi dito à mãe que ele tinha uma relíquia nela e ninguém deveria mexer...Apenas ele...Lá estava Bernardo., segundo ele...
_ Deixa eu ver o bichinho!  pediam todos e ele irredutível...Bernardo era um mistério...Só ele o via e tratava...

O tempo passa, a rotina lá sempre igual. Brigas, confusões, alternadas com risadas, trabalhos de alguns, vagabundagem de outros.

Uma manhã, milagrosamente, a casa estava vazia. Todos tinham ido à cidade  juntos.

_É hoje!-  Pensa D.Zeuzinha. Vou ver o que tem naquela misteriosa caixinha!

A abre, vê algo impactante...
Um rato,que a olhava vesgo...O focinho, franzido...

Ela de susto, larga longe a caixa.E grita!

Mas, lembrando do cuidado que o genro tinha com aquilo,o procura. Encontra sobre o roupeiro.Havia voado alto.

Mas vê que não se move. 
_Pronto! E agora?

Fica inventando mil desculpas para evitar confusões, mas sabia que teria que enfrentar...

À tarde, assim que Léo e Gina voltam, ela avisa que tinha algo a dizer:

_Senta,Léo!
Não vais gostar nada da notícia:

_Eu matei o  Bernardo! Foi sem querer! E passa a contar o acontecido...

Léo sai correndo, bufando, transtornado...Vai até lá e não vê nem o rato nem nada na  caixa...Tudo vazio.

_Onde está o Bernardo?

_Estava morto, foi pro lixo!

__NÃO estou falando do RATO e sim das cinzas do  meu pai, Bernardo!! 

Nessa hora, D.Zeuzinha cai dura! 

Ao acordar, vê a filha chorando! Léo havia ido embora.
Não aguentara saber que tinha dividido o pai com estranhos.

Meses depois, Léo foi internado e ficaram sabendo que ele fugira do manicômio há algum tempo! Tinha fixação com o pai, que, aliás, o abandonara ainda criança...E até hoje, morava  em uma cidade bem longe dali vivo, vivinho da silva...

D.Zeuzinha, respira aliviada e aquele fato, apenas confirmara a sua tese sobre as filhas e seus "achados"...Era, mais uma bomba, apenas questão de tempo, estouraria! 

E dessa haviam se livrado!!!

Qual seria a próxima?

44 comentários:

  1. E que situação! Gostei imenso! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Vixe!!! Nem Léo, nem Bernardo e nem rato, na minha casa não entravam! Como eu sempre digo, ser mãe é a arte de se tornar desnecessária e a D. Zeuzinha está se tornado necessária d+!
    :)))
    Beijos 1000 e uma 4ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  3. Chica querida
    Por vezes os traumas desstróem vidas! quem sabe o problema do Bernardo não seria esse mesmo por ter sido abandonado pelo pai.

    Beijinho e uma flor

    ResponderExcluir
  4. Hihihihih!Muito bom seu causo dona Chica!Até lembrei da minha vó me dizendo "guria,guria não me pega porcaria.Mas essas ai vou te contar eram campeãs.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. Gostei do texto Chica e isso acontece sempre pelos caminhos da vida, pessoas que só atraem coisas ruins e traumas que não foram curados, é a vida...beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Vixe, cada coisa...!! Coitada dessa mulher..., rsrsss
    Beijos,

    ResponderExcluir
  7. Rsss eita família hein? adorei o conto Chica, beijos e linda tarde!

    ResponderExcluir
  8. QUANTA CRIATIVIDADE, CHICA!! KKK ADOREI O TEXTO. MORRER COM UMA CABEÇADA NUMA ÁRVORE, QUE DOIDEIRA!!! QUAL SERÁ A PRÓXIMA BOMBA???
    POSTEI ALGO BEM INTERESSANTE NO BLOG DOS MEUS GATOS. PASSE LÁ PRA ESPIAR!!
    EXCELENTE QUARTA, COLEGA!

    ResponderExcluir
  9. Chica do céu, hoje voce se superou!
    Morrer com uma cabeçada na árvore? Meu Deus, que maneira mais louca de se matar!
    Fiquei imaginando o pobre batendo e batendo com a cabeça na árvore até morrer...cruel! kkkkkkk
    Quanto ao louco, filho do Bernardo, até acredito que tem gente assim mesmo.
    Nesse mundo tem tanta gente que bate fora do bumbo"
    Pobre dona Zeuzinha, não merecia ter tantas biscatinhas dentro de casa, né?
    Se pelo umas três fosse gente boa rsrsrs
    Ah! Chica a gente ri mas o assunto é pra chorar. Perto da casa da sogra de meu filho, aqui em Valinhos mesmo, tem uma familia que tem, pai e mãe, mais 4 filhos homens e três mulheres. Os homens são todos bandidos. Sempre tem um preso (ou dois) por roubo ou tráfico de drogas.
    As meninas, são todas da pá virada, biscatinhas mesmo, sendo que uma delas tem um defeito nas pernas, nasceu assim, mas nada impede aquela menina de sair dando mais que xuxu na cerca! kkkkkkkk
    Pode? E os pais se matam de trabalhar! as meninas todas têm filhos, e os avós criam.
    Pobres pais. Esses deviam encontrar uma árvore bem grossa e ficar dando cabeçadas até morrer!
    Beijos querida já falei muita bobagem (tudo verdade!).

    ResponderExcluir
  10. Oi Chica!
    rsssss
    Menina que é isso, um carma!rsss
    Ainda bem que tudo terminou bem, por enquanto.rsss
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica!
    Minha nossa, desgraça pouca é bobagem!
    Coitada da D.Zeuzinha...mas são coisas que acontece
    na vida.
    Adorei o conto!
    Beijo!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  12. Só mesmo um sujeito bomba pra trazer as cinzas do pai com um rato. MISERICÓRDIA!
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  13. Há fatos que acontecem na infância e se tornam ruínas por toda a vida.Acho que foi o caso do Léo.
    Por outro lado, essa família tinha a capacidade de atrair o indesejado, acho, também, pela falta da figura masculina paterna.Coitada da D. Zeuzinha! Que castigo teve que passar!
    Excelente conto que imita a vida.
    Abração.

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica,

    Tem gente que é asssim mesmo,só consegue arrumar encrencas...e esta Geni,hein?Até maluco levou prá casa!
    Ainda bem que a mãe era curiosa...
    Gostei e ri muito,amiga.

    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  15. Oi
    Chica
    Bem ja li me diverti,bommmmmmmmm
    consegui distrair-me um pouco
    Deixo um carinhoso abraço a vc
    Obrigado por seu humor,delícia............
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Gostaria muito de saber qual a cidade da D. Zeuzinha. Quem sabe, não aparece uma nova bomba por lá? Rsrs. Gostei Chica. Ótima participação.

    Abraços, bom fim de tarde e uma ótima noite pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  17. Nossa Chica estava ficando com pena do Léo ,perder as cinzas do pai assim nao é brancadeira!mas que bom que ele nao "batia" bem né? pelos menos salvou a D.Zeuzinha da culpa rsrsrs
    Ótimo Chica, estava com saudades de vir aqui ler suas historinhas que amo.
    Tem dias que nao dá pra ir a todos o blogs, sou lenta - gosto de ler devagar, entender, sentir rsrs
    e a hora passa , o dia acaba , tanta coisa por fazer, mas já nao estresso mais, um dia sempre volto onde nao fui rsrs
    beijinhos miga

    ResponderExcluir
  18. KKK...Esse é bem maluquinho!...rss...muito divertida sua história e sempre criativa!Bjs,

    ResponderExcluir
  19. Que grande bomba, realmente!
    Há casos de gente assim, vivendo todos às custas de uma pessoa.
    E há cada um que só tem lugar no manicómio, mesmo!

    ResponderExcluir
  20. Oi Chica
    Dei muita risada, vc é muito boa nos contos como nossa amiga Cissa, ele prende do começo ao fim, existem muitos Léos por aí, e muitas mães preocupadas, ainda bem que meus filhos ainda são pequenos, mas sei que ainda vou passar preocupações.
    Bjos. e um ótimo resto de semana.
    http://ashistoriasdeumabipolar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Chica, adorei seu conto! A medida que lemos, a curiosidade aumenta!
    e sao sempre divertidos , os finais.
    eu gosto!
    bjos
    Zizi

    ResponderExcluir
  22. Chica fico impressionada com sua criatividade. Muito legal esse conto que você escreveu. Fiquei no suspense aqui também, que teria na caixa? rs... Desejo amiga que aí esteja tudo em paz! Um abraço!

    ResponderExcluir
  23. Oi Chica, tudo bem? Muito obrigada pelas suas visitas lá no blog. Sempre fico muito contente! Esse conto é muito bom. Não devemos nos meter na vida e nas coisas dos outros. E tbém, devemos superar coisas ruins que ns acontecem no assado e seguir com a nossa vida em paz. Bjo

    ResponderExcluir
  24. Oi Chica, tudo bem? Muito obrigada pelas suas visitas lá no blog. Sempre fico muito contente! Esse conto é muito bom. Não devemos nos meter na vida e nas coisas dos outros. E tbém, devemos superar coisas ruins que ns acontecem no assado e seguir com a nossa vida em paz. Bjo

    ResponderExcluir
  25. Oi Chica
    Como você é engraçada, ri até da história.
    Eta mulherada com dedo podre pra homens, hein?
    Coitada da D. Zeuzinha.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. Oi amiga!!!!!! As histórias aqui sempre me fazem abrir um largo sorriso; deve ser por isso que sempre volto mais feliz aqui!!!!!! Beijinhos e uma boa noite, querida ;-)

    ResponderExcluir
  27. KKK... QUAL É A PRÓXIMA BOMBA??? POBRE ZEUZINHA!!!

    BEIJOSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  28. Chica

    Que conto mais engraçado e quanta criatividade heim!!

    Parece até conto de vida real rsrsrsr

    bjs

    ResponderExcluir
  29. Oi querida Chica ,adoro ler os textos que escreve,este foi bem engraçado ,beijos e até mais

    ResponderExcluir
  30. Hehehehehhehehehhe Chiquinha vc é demais! Beleza de texto e de humor. Parabens minha amiga!

    ResponderExcluir
  31. rsrsrs, ô, Chica, um maluco a menos!!! Confesso que fiquei curiosa, mas no final deu certo, o cara se mandou. Aí a gente fica pensando nas famílias e chega à conclusão que família só é saudável em porta-retrato! rsrss.
    beijos.

    ResponderExcluir
  32. Grande Chica: cheia de criatividade e bom humor!!!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  33. Caramba, Chica, isso aí até parece a grande família, só que maior e mais bagunçada...rssss

    beijos

    ResponderExcluir
  34. Aí Chica nem me fale....
    Faltam 2 encontros...
    O niver é dia 20 de junho!!
    já fiz vários esbossos e não consigo me decidir.... aiaiaiaiai
    Quero faler uma coisa muito legal e diferente. Isso que estou pensando desde o dia que fiz os convites.
    kkkkkkkk
    Agora vou ler o teu Bernardo.... até

    ResponderExcluir
  35. KKKKKKKKKKKKKK
    só tu mesmo matar o coitado com uma cabeçada...kkkkkkk
    E essa mãe? Coitada! Além de ter criado sozinha as belezinhas, rsrsrs
    Elas aprontam uma depois da outra.... pobrezinha!
    Uma familia buscapé de verdade, srsrs
    Criatividade sempre nesta cabecinha.
    bjos

    ResponderExcluir
  36. kkkkkkkkkkkk...manchete do dia:homem de miolo mole na terra dos pé junto!
    Azarada c/marido,filhas e agregados...danousse!
    ótimo conto!
    bjsss e paz!

    ResponderExcluir
  37. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  38. KKKKKKKKKKKK... Eeeita Chica ri demais, adorei seu conto! Coitada da D.Zeuzinha, passou por cada uma. Que bom que ela se livrou da culpa de ter matado o Bernardo.

    Palavras, pensamentos e sentimentos

    ResponderExcluir
  39. Chica, boa noite!
    Grande imaginação a sua, um texto muito original com uma história que jamais me passaria pela cabeça, parabéns!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  40. Ameii o texto..
    Maravilhoso!!

    Beijocas :*
    Amanhã é sexta-feira \º/

    ResponderExcluir
  41. oi Chica,

    que família complicada,
    parece a família Barnabé...
    você sempre surpreendente,
    que delicia de ler...

    beijinhos
    e amanhã você estará comigo
    no meu cantinho

    ResponderExcluir
  42. Bom dia,Chica!!!!

    Mas Bah!!!rsrsrsr
    Você é demais!!!Estou aqui rindo sozinha!rsrs
    Mas pior que tem louco para tudo!!!rsrs
    Que coisa!
    **Me atrasei!É terrível...rsrs Todos correndo como loucos...rs
    Levei o Ni para a escola e só agora consegui começar a organizar tudo!
    Para quem gosta de tudo organizadinho como eu...rsrsr
    Mas tudo bem!Hoje é SEXTA!!!!rsr
    Beijos minha amiga tão querida!!!!Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  43. Chica querida, adorei a história. Muito boa mesmo! rsrsrs
    Tem muitas meninas sem noção por ai, só arrumando bombas como essa né?
    Ai ai...
    Obrigada pela vistinha e pelo carinho de sempre viu? Espero que esteja tudo bem por ai, com o maridão.
    Meu tá acabando a quimio, vai fazer mais uma e exames pra saber como está. Mas tá valente, graças a Deus.
    Beijos e bom final de semana pra vc!

    ResponderExcluir
  44. Que família!!! Sabe, até eu estava louquinha prá saber o que tinha na caixa. kkkk Sensacional.
    Bjs

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿