♥ Era preciso voltar... ♥

 Vi aqui


Vânia estava particularmente cansada naquele dia.

Sentia, além de cansaço, um dor no peito...Saudades de sua infância e de sua casa no interior, uma velha fazenda de seu avô.

Pensava  nela como há muito não o fazia.


Hélio, seu marido, vendo-a assim, convidou para uma surpresa:a levaria à sua antiga cidadezinha e lá poderiam ver novamente a casa...Ficariam numa pensão bem pertinho dela.

Assim, na sexta-feira, após o o trabalho,viajaram.

No dia seguinte, bem cedinho foram até a  velha fazenda...

Poderiam nela entrar? Se perguntavam.

Ao chegar perto, já um susto!

A velha porteira de madeira feita pelo seu avô, havia sido substituída. Não mais existia!  Em seu lugar, um  muro imponente e um portão.

Toda fazenda, cercada por aqueles alvos  e frios muros...

Lá ao fundo, bem longe, a casa da fazenda que agora era uma grande mansão.

Parte do jardim ainda conservava as velhas e lindas acácias  também plantadas por seu avô .

Na garagem, carrões.
Pessoas de uniformes, mostravam ser os serviçais.

Ela não pode deixar de voltar no tempo e lembrar das carroças e carroções que por lá sempre estava, e onde, tantas vezes pegou caronas para passear por lá e ver a criação...

- E o paiol?
Bem, no lugar onde ele ficava, uma enorme piscina, com cascata...Cadeiras espreguiçadeiras a ladeavam.

Meu Deus! Pensava Vânia!  Tudo estava completamente mudado.

Nada mais tinha dela por ali,

Fechou os olhos, procurou o marido para um abraço, chorou...
Olhou para o portão

                                 [sua antiga e linda porteira]

e não viu  mais tudo aquilo...

                                 [Preferiu ver os gansos que outrora a recebiam]


Trocaram um beijo, voltaram à pensão, fizeram as malas...

Vânia naquele momento, havia se despedido da   casa  , da qual que tantas saudade sentira...
Mas nela, nada mais dela estava ali agora...

Porém, compreendeu que precisava passar por aquela experiência.

Retornaram para casa, dormiram felizes!