Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

♥ Uma amiga verde...♥

 Imagem daqui



Logo que desconfiou do atraso de sua menstruação, Sara, para ajudar a passar a expectativa do exame, plantou umas sementes de uma plantinha e ao colocar a última colher de terra sobre elas na latinha, fez um desejo...

- Quando eu sentir o primeiro movimento desse bebê que  tanto desejo, esse pé, que chamarei de plantinha do amor, há de ter crescido, brotado bastante...
E  me fará companhia nesses meses...


 Ao receber o positivo exame, exultante de alegria, passou por ele e lhe falou:

_ Vê lá,heim?
A minha sementinha aqui vai crescer.. Você tem que me acompanhar, disse sorrindo para a latinha...


O tempo passa e  Sara tricotava um  casaquinho para seu bebê.

Não sabia ainda  se seria menino ou menina, mas já conversava muito com ele.


De repente,sente algo estranho. Parou o trabalho e ficou bem quietinha.

_ Será?

Sentiu outro, parecendo ser  confirmação.

Ela havia sentido seu bebê!Que maravilha!


Largou tudo e foi direto lá na latinha e a colocou junto de sua barriga, ainda pequena.

Teria bastante a preparar até o nascimento.

Sabia que o trabalho seria grande . Teria ainda alguns meses pela frente,mas  tinha certeza, os seus dois filhos haveriam de crescer muito e ela faria tudo para isso, com o maior carinho...

Aquele pé do amor, estaria grande e já plantado no pátio e certamente, seria no futuro sombra para o seu bebê.

Tinha a consciência que tinha deveres com ambos...

E tudo daria certo!

Seu bebê encontraria  muito amor à sua volta e distribuiria suas sementinhas para muitos e muitos mais.

Esse pensamento lhe fez companhia durante a gravidez e lhe fez muito bem acompanhar sua barriguinha aumentando e a plantinha se encher de folhinhas e raminhos.

40 comentários:

  1. Legal Chiquinha, e eu acho que esse conto merece continuações hein!

    Um beijão e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Andre..
    A prântinha cresce em frô e dispois da seus frutos pro/pra quilâncinha que cresce junto a todo vapor... rss

    Beijo
    Bão findi
    Tatto/Xipan

    ResponderExcluir
  3. Que lindeza!
    Amei ler você assim ao acordar Chica.
    Tão rico de amor e carinho o texto.
    Amei.

    Beijinho querida.

    ResponderExcluir
  4. Ai, que lindo isso!!! Venturosa e abençoada mãe. também vc que escreveu! Teremos fotos? Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Muita ternura nesse texto doce. A gravidez é algo divino e deve sim ser tratada como uma plantinha./// Ah consegui recuperar, hotmail,blog e arquivos. Obrigado por se preocupar. beijos

    ResponderExcluir
  6. Duas crianças de tamanha importância crescendo juntas nesse mundão...
    Daniel

    ResponderExcluir
  7. Muito lindo e amoroso, também acho que merece continuação. Beijos querida!

    ResponderExcluir
  8. bom dia chica
    que lindo texto.
    a vida nos surpreende sempre.
    bacione

    ResponderExcluir
  9. oi Chica,

    como é bom saber que
    existem pessoas como você,
    cuja preocupação é espalhar sementes de amor...
    lindo conto...
    amor incondicional...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  10. NOSSA MINHA AMIGA QUE LINDA SUA HISTÓRIA ADOREI E COMO SEMPRE JA FUI LENDO E ME DERRETENDO CREDO QUE COISA QUE MANTEIGA DERRETIDA
    COMO CHORA ATÉ LENDO OS CONTOS DAS AMIGAS MAS É DE COMOVER GARANTO QUE NÃO FOI SÓ EU QUE CHOREI HEM,,UM ABRAÇO BOM FDS BJS MARLENE

    ResponderExcluir
  11. Oii, Chiquinha !!!

    Teus escritos deixam muito claro uma coisa: vc é liiiinda !!!:)

    Fiquem bem!!!

    Lindo findi

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  12. Chica, quanda docura nesse pequeno conto!
    Mas eu fiquei curiosa pra saber se foi menino ou menina, e tambem gostaria de saber se a plantinha virou árvore.
    Quero acreditar que voce não vai fazer isso com a gente! Pura sacanagem esse carinho todo e não falar mais nada!
    Sabe que eu gostei muito dessa sua idéia de plantar sementinhas ao se saber grávida?
    Se toda mulher tivesse essa visão, nem precisava campanha para reflorestar o mundo kkkkkk!
    Haveria de ter quintais com 8 árvores, 6 árvores, que beleza!
    Que tal tornar isso obrigatório? virar lei? vou mandar uns e-mails para o pessoal do PV (partido verde).
    Brincadeiras á parte eu adorei seu imenso carinho ao relatar a historia da Sara.
    Beijos, lindo fim de semana por aí.

    ResponderExcluir
  13. Semeadura feita, tantos os vegetais como os animais só espera o bem para os seus frutos. Bjos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica,

    Quando comecei a ler, lembrei que quando estava grávida, ganhei um orquídea que me acompanhou durante um longo período. Ainda sinto porque por um descuido, ela se foi, mas adorei ter relembrado.

    Beijos e um bom final de semana!

    Lu

    ResponderExcluir
  15. A semente do amor é sempre frutífera! Lindo conto! Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Chica.

    Que texto mais poético e cheio de ternura!!

    Que as sementes que plantamos deem boas árvores.

    beijo e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  17. Chica, que linda história!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Chica,
    Adorei a história e a ideia. se eu estivesse grávida, ia querer ter uma plantinha para me acompanhar.
    Beijos 1000 e um ótimo final de semana para vc.

    SORTEIO!
    http://www.gosto-disto.com/2012/02/sorteio-2-anos-do-blog-giveway-2-years.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica.
      Vim cá, para aplaudí a sua postagem e desejar-te, um final de semana Agradavel

      Excluir
  19. chica, que ideia mais original para acompanhar a gestação. Uma graça esse conto.
    Um maravilhoso final de semana e um grande abraço.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  20. Chica..que fofa ..

    Amo seu jeitinho delicado de escrever.

    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Uma doçura de texto, amiga Chica.

    Bom fim de semana
    Beijinho

    ResponderExcluir
  22. Adorei, Chica! Tem continuação??

    bjs

    ResponderExcluir
  23. Chica
    Sempre uma beleza teus textos! Excelente esta ideia da plantinha.

    Beijunho e uma flor

    ResponderExcluir
  24. Chica,que historia mais linda!A maternidade é mesmo uma grande benção!Bjs,

    ResponderExcluir
  25. Oi Chica
    Muito lindinha sua história, só que estava esperando o final com o nascimento do bebê, o crescimento da plantinha.
    Continuação??!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  26. Uma delicinha de blog, Chica!!!!! Muito alegre e gostoso de ler. To seguindo, bjs

    ResponderExcluir
  27. Gostei muito desse conto, pela simplicidade e pela ternura.

    ResponderExcluir
  28. Jeito terno de escrever... Eu costumo sempre comparar crianças com tenras plantinhas e seu texto mostra claramente essa minha comparação. Assim como as plantinhas , crianças devem ser regadas com muito amor e carinho. Um pequeno descuido e fica difícil recuperar o pequeno ser. Quando não se perde totalmente...Abraços

    ResponderExcluir
  29. Olá!
    Quem já passou por isso sabe a sensação linda que é.A semente cresce cheia de amor e carinho.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  30. Que história poética, Chica!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  31. Que fofura Chica!
    Muito doce.
    Te desejo um linda semana.
    Bjim
    Léia

    ResponderExcluir
  32. Vim te dizer que o comentário no mural entrou sim.
    Obrigada!
    Quando eu morava nas irmãs eu tinha uma plantinha que acompanhei desde que plantei...bem pequena.
    Qdo saí era grande... belíssima.
    Nem sei se ainda está lá.
    Nome dela? não sei
    è uma planta de folha roxa.
    bjos

    ResponderExcluir
  33. Chica muito terno e doce! Só quem passou por essa maravilhosa experiência pode confirmar suas belas palavras. Bjaum!

    ResponderExcluir
  34. Querida ja estou seguindo você
    me segue tbm
    bjus e otima semana

    ResponderExcluir
  35. Oi Chica! Essa analogia ao deixar as sementes foi linda demais. Mais um post inesquecível..! Parabéns por esse cantinho que nos deixa mais vivas! Beijinhos ;-)

    ResponderExcluir
  36. O que existe de mais lindo numa mulher, é o amor que ela passa a sentir pelo filho, logo ao saber que está grávida, passa a viver única e exclusivamente para ele. Belo conto Chica.

    Abraços e muita paz pra ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  37. Ah Chica esse pé de amor, nós mães sabemos muito bem... uma sensação única e o teu texto trouxe-me esta sensação indescritível e indecifrável.
    Lindo!!
    Boa semana!!!

    ResponderExcluir
  38. DUAS VIDAS IMPORTANTES NÃO É CHICA ?
    VIDA VERDE E VIDA HUMANA DUAS FONTES DE ENERGIA QUE DEVEM SER REGADAS AFAGADAS AMADAS E CUIDADAS E MUITO BEM CUIDADAS PARA QUE MAIS TARDE A AMIGUINHA VERDE VIRE UMA ARVORE E DE FRUTOS E FLORES LINDOS E QUE A VIDA HUMANA JA DE DENTRO DO UTERO ENTENDA O VALOR DE SE CUIDAR DO VERDE ..E DO MUNDO PARA VER UM MUNDO MELHOR ...DUAS VIDAS ..DOIS CUIDADOS AMORES IGUAIS ..AO PRÓXIMO SEMPRE
    BEIJOS QUERIDA

    OTILIA

    ResponderExcluir
  39. Bom dia,Chica!!!!

    Emocionante minha querida!!!Quanta ternura!!!
    Lembro da primeira vez que senti, meu filho mexer...nossa é enorme a emoção!!!Tão boa de sentir!!!E na segunda gestação foi igual!Já sabemos o que esperar,mas continua sendo um momento único, muito especial!!E sentimos um amor tão grande!!!Que só cresce com a barriga...rsrsr
    Beijos!!!Tudo de bom!!!!**TRI ansiosa!!!rsrsr Mas controlada...rsrsrsr

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿