Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

♥ Santa doença...Ou imaginação?rs ♥




Participando da Edição Conto/história do Bloinques

Tema: Era apenas mais um pretexto para não estar lá.

(((o)))o(((o)))o(((o)))


Rosa era uma mulher de bem com a vida, animada, gostava de caminhar, agitar...

Fazia seus trabalhos, cuidava dos filhos, mas precisava de  tempo só para ela.

Morava perto de um grande parque, o que facilitava suas caminhadas e encontros com amigas que, naquela horinha , para elas SAGRADA, falavam tanto que mais parecia uma terapia...

Rosa não abria mão disso em seu dia. Se isso não  acontecia, virava FERA!

Porém, (sempre há um desses na vida...) recebeu a notícia que sua cunhada viria da Itália para  rever seus sobrinhos e irmãos.Ficaria  dois meses.E pior: em SUA casa!

Agora, tudo girava em torno dos preparativos para receber Gemella, que , diga-se de passagem, não sabia ficar cinco minutos sozinha ou QUIETA.

Assim que chegou, Rosa sentiu o que lhe aguardava...

Gemella falava como uma maritaca e Rosa em poucos dias já estava explodindo com a sua "querida cunhadinha",uma senhora bem rechonchuda e cheia de cremes e mequetrefes...

Para ter sua horinha garantida, a hora da paz, como chamava, inscreveu  Gemella numa clínica de rejuvenescimento, onde lhe ocupavam três horas da manhã, período em que podia pelo menos respirar sem alguém chiando em seus ouvidos.

Mas, passado um tempo, as tardes ficavam cada vez mais longas e a santa paciência já  estourava.

Lhe veio então a idéia luminosa...

Assim ficava na cama e  quando a cunhada se aproximava da porta do quarto, Rosa lhe lembrava:

_Gemella, queres  ficar doente?
Não entra aqui!  Estou com mononucleose e é horivelmente contagioso.

Se eu fosse tu, arrumava uma viagem.
Vai visitar tua outra irmã, lá em Belo Horizonte.

E Gemmella, medrosa, cheia de pânicos das doenças brasileiras,assim o fez.

Milagrosamente, após a partida da cunhada, Rosa "melhorou" ...

 A doença era apenas mais um pretexto para não estar lá, aturando a chatice da italiana.

O marido de Rosa, só soube da verdadeira história depois que Gemella partira.

E, viva!!!Deu certo!

E, sabem de uma coisa?

 Ele disse que a idéia tinha sido uma ótima saída. Sentia  novamente vontade agora de retornar mais cedo para casa como fazia sempre e lá a paz o estava a esperar...

Falou ainda que, muitas vezes, inventara reuniões para ficar menos tempo em casa ,pois assim que chegava, Rosa lhe entregava o "troféu" e cabia a ele ficar fazendo as honras da casa e

                                                                                          " parlar, parlar e ainda parlar".



* Imagem daqui

45 comentários:

  1. Bom dia,Chica!!!

    Ah!!!rsrsr
    Que situação né?!!É tão complicado quando a pessoa não presta atenção na "invasão"que comete da vida dos outros...Visitas são ótimas,mas temos que cuidar dos excessos...
    Mas nem todo mundo percebe,ou pensa nisso...
    Mesmo minha irmã morando na praia, nunca fui um mês para ficar!!!rsrsrsr Penso ser uma invasão, mesmo sem querer acaba por tirar toda a privacidade da pessoa!Prefiro ser uma visita bem aguardada, do que aquela que dão graças à Deus porque foi embora!!!!rsrsrsr
    Meu cunhado diz que faço visitas de médico!!rsrs
    A mana diz que exagero na rapidez,mas é meu jeito.
    beijos minha querida amiga!!!

    **Eu tinha estas idéias brilhantes na adolescência...rsrsr Quando minha mãe nos obrigava a sair com eles em lugares que não gostávamos(uma chatice...rsrsr).depois que ela descobriu, perdi meu trunfo!!!rsrs
    Mas aí já tinha conquistado a independência!!!rsrsr **Que meus filhos não me ouçam...

    ResponderExcluir
  2. Eita, quero uma Gemella dessa na minha casa não!!
    rsrs
    Coitadinha da Rosa, por pouco ficaria doente de verdade.
    Ninguém merece isso, dois meses com uma maritaca dentro de casa....kkkkkk
    Adorei Chica querida.
    Maravilha de conto.
    Parabéns por mais essa sua participação, como sempre ímpar.

    Beijos de um delicioso dia.

    ResponderExcluir
  3. Chica me vi tanto nessa história...Ano passado recebi uma tia e seu esposo e como foi complicado, eles odiavam animais,tive que deixar meu cachorro trancado na área de serviço e mudar toda a rotina alimentar, já que eles não comiam nada que não fosse a base da dieta deles,mesmo eu trabalhando ela insistia para conhecer São Paulo e os pontos turísticos, te juro se tivesse lido esse texto teria arrumado uma doença(rsrsrs).Bj

    ResponderExcluir
  4. Má quê Dio Santo.... rss

    Também! Com um nome desse... É de tirar a gente do sério.... kkkkk
    "Gê Mela" a vida da gente!!!!

    Deusssssssssssssssssssskiajude
    Bão CARNÁ
    Tatto/Xipan

    ResponderExcluir
  5. Oi Chica,
    Gente muito faladeira é fogo! Estou com uma empregada nova em casa e ela é boa, dá conta do serviço, mas é uma maritaca! Meu marido está ficando louco!
    Beijos 1000 e uma 3ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Chica
    Deus me livre de uma Gemella destas na minha casa, eu ia enlouquecer.
    A Rosa foi super esperta e sábia, ninguém merece uma visita destas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. O pior é que esse tipo de situação não é difícil de acontecer.
    Quem não tem um parente pentelho pra receber em sua casa?
    Boa ideia a Rosa me deu! kkkk
    Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  8. UMA BELA HISTÓRIA AMIGA QUE SERVE DE DESCONFIOMETRO PARA QUEM GOSTA
    DE ACAMPAR NAS CASAS ALHEIAS AS VEZES ATÉ SEM SER CONVIDADO
    EU QUE JA SOU MUITO DESCONFIADA COM PASSEIOS LONGOS COM ESTÁ ENTÃO
    VOU SEMPRE TOMAR MAIS CUIDADO PARA NÃO SER INVASORA DA PRIVACIDADE ALHEIA
    Á QUE HORROR,,BRSS,DEUS NOS LIVRE DESTA CUNHADA KA,KA,KA,SOU MUITO
    BOAZINHA MAS APRECIO MUITO MINHA HORA DO SOSSEGO BJA QUERIDA MARLENE

    ResponderExcluir
  9. Oi, Chica!

    Taí, gostei... Da idéia de Rosa, rsrs
    Amiga, eu me delicio com suas histórias. Têm sempre um desfecho interessante, inteligente...
    Visitas demoradas e inconvenientes, acabam sempre prejudicando a harmonia, e a rotina de um lar: fujamos delas, rsrs

    Um grande beijo
    Paz e Bem!
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  10. oi Chica,

    nossa fiquei cansada só de ler,
    imagino uma pessoa dessas todos os dias,
    dentro do seu mundinho,
    dividindo o seu espaço,
    e invadindo o seu silêncio...
    meu Deus...
    é de arrepiar os cabelos!!!


    beijinhos

    ResponderExcluir
  11. KKK...Ai Chica,vc sempre me faz morrer de rir!Muito divertido seu conto!Essa italianinha tirou a pobre Rosa do sério!...rss...bjs,

    ResponderExcluir
  12. Ai Ai ... dois meses???
    eu enlouqueceria de vez com uma Gemela dessas.
    ninguem merece! kkkk
    Falando sério, visitas nos tiram totalmente da nossa rotina.

    abraço!

    ResponderExcluir
  13. Chica
    Eu conheci uma moça que ficou dois meses de visita na casa de uma senhora. No fim ate a carne ela pedia qual que queria comer.
    Não adiantaram as vassouras atras da porta.
    Fiquei com saudades de todos os meus amigos e amigas, mas estava no interior sem internet.
    com amizade e carinho d e Monica

    ResponderExcluir
  14. Chica, muito boa essa história, divertida e bem real... tá cheio de "tagarelas" por aí que não respeitam o mínimo silêncio alheio...

    Que Gemella é essa?!!! Tô fora!!!

    Beijos.
    Su.

    ResponderExcluir
  15. Às vezes é preciso arranjar artimanhas para nos livrarmos assim destas chatas :)
    Contigo Chica, a imaginação nunca te deixa.
    Parabéns

    ResponderExcluir
  16. Muito engraçado o seu conto, Chica! Você tem muita criatividade e imaginação... É gostoso ler coisas assim, trazem risos e alegrias... E claro, aprendizado!

    Valeu! Beijos

    ResponderExcluir
  17. Ótimo conto Chica
    Estás inspiradíssíma! tem pessoas assim mesmo totalmente sem noção..rs
    sou boa ouvinte mas haja paciencia !rs
    abraços florzinha

    ResponderExcluir
  18. Esse cantinho sempre foi bom e com esse novo visual ficou melhor ainda!

    ResponderExcluir
  19. PODEMOS DIZER MENTIRINHA INOFENSIVA SRSRSR QUANTAS VEZES NÃO FAZEMOS ISSO NÉ CHICA? KKK
    QUANDO ESTAMOS NO TELEFONE COM ALGUMA PESSA QUE NÃO QUER DESLIGAR E VC DIZ A CAMPANHIA ESTA TOCANDO OU O MARIDO CHEGOU SRSRSR NADA SÓ PRA DESLIGAR SRSRS SRSRSR ..E OLHA TEM PARENTE QUE TEMOS QUE DESPACHAR MESMO SENÃO QUER MORAR SRSRRS SRSRS
    ADORO RECEBER VISITAS MAS ADORO MAIS AINDA MINHA PRIVACIDADE SRSRSRSRS
    BEIJOS QUERIDA
    TADINHA DA ITALIANA ...

    SRSRSRS SRSR
    BEIJOS


    OTILIA

    ResponderExcluir
  20. Eu sou a Gemella em pessoa. Sem creminhos e mequetrefes, mas falando pelos cotoveeelos...

    ResponderExcluir
  21. Hahahahahhahahhahahaha como tem gente boba né Chiquinha, hahahahhahahahhaha ainda bem que tem gente assim como você pra alertar o povo!


    Minha amiga, obrigado pelo presente que chegou hoje pro Samuelzinho, puxa vida! Nós adoramos! Você é muito carinhosa comigo e eu só tenho a agradecer! Muito obrigado e um beijão a todos aí!

    ResponderExcluir
  22. Oi.. nossa que historia hein! gostei! passa lá no meu blog http://pensamentosdovacuo.blogspot.com/ gostaria de opiniões.. brigado

    ResponderExcluir
  23. Oii, Chiquinha !!!

    hehehe mas que bela desculpa.Fiquei aqui imaginando a cena da italiana que muda a rotina da familia, como sempre ...ameiii,vc arrasa!!!

    Fiquem bem,viu.:)

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  24. ADOOREI, CHICA!!! MUITO ENGRAÇADO!!!!!

    BEIJOSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  25. Pô, a Gemmela era uma mala sem alça, heim!? A Rosa danada conseguiu se livrar(não tão facilmente) da siá! Eita!!! hahhahhhahah

    Até o marido estava querendo se livrar da visita.

    Visita é bom, mas tem umas que são durezas, né!?

    bjkssss JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  26. Não sei não...mas acho que tem alguma coisa de verdadeiro nessa historia malandra!
    Eu conheço essa Rosa!
    E a cunhada veio da Itália? sei não...
    Não tinha um nome mais bonito para batizar a cunhada? Gemmela pareçe meleca de ovo...rsrsrs
    Ai amiga, quando voce quer ser divertida sai de baixo em? Adorei essa postagem.
    Mas penso que a Rosa fez a coisa certa. A italiana que fosse dar umas voltas lá pelas Minas Gerais, que saco, vai comer angú...
    Beijos Chica, por aí tudo bem?
    Espero que sim, por aqui um calor de deserto. As vezes tenho a impressão de ver um camelo passando lá embaixo.

    ResponderExcluir
  27. Feliz dia dos amigos
    Ronrons da
    Kika♥♥♥

    ResponderExcluir
  28. Hahaha! Que cunhadinha mais sem noção, heim? De fato estar com visitas inconvenientes assim é muito chato. As horas não passam e a gente é que acaba se sentindo estranha no próprio ninho.

    Beijo, Chica!

    ResponderExcluir
  29. Oiee!!
    kkkkkk.....sim quando a tática de colocar a vassoura trás da porta não funciona, o melhor é dar uma apelada ,kkkkkkk
    Beijos♥Paz!!

    ResponderExcluir
  30. kkkkkkkk que horror pessoas assim! Adorei o conto! bjos

    ResponderExcluir
  31. Sei como é isso....como sei...rsrs
    abraços
    Mariana

    ResponderExcluir
  32. Pra ficar livre de uma cunhada dessa a gente tem que inventar doenças mesmo. Dois meses de visita é de amargar. Um fim de semana seria o suficiente, rs.


    Bjos Luzia

    ResponderExcluir
  33. Deus do céu, Chica, eu tinha sossego e paz... de repente 5 pessoas a mais morando aqui! Que saudades da minha quietude! Fez bem fingir-se doente. Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Muito bom Chica!!!!
    Adorei.
    Pra minha sorte a "minha Gemella" brasileira, não virá no feriadão de carnaval nos visitar. hehehehehe...
    Porque se a Gemella viesse ( Deus me perdoe por isso )meu marido e eu estáriamos na porta com as malas na mão pra sair e deixar ela bem a vontade na nossa casa. hahahahaha.
    Ahh, tenho a impressão que a Gemella italiana é mais bem humorada que a minha.
    Bjus, querida!

    ResponderExcluir
  35. Olá amiga Chica, bela e reflexiva história, parabéns e agradeço sempre as suas gentis visitas e comentários.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  36. Bela estratégia! rsrsrs...muito bom!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  37. Mais uma excelente história. Quem não gosta de ter um bocadinho só para ela? Eu adoro. Beijinhos

    ResponderExcluir
  38. Sei o que isso é, adoro ter um tempinho só para mim, a estratégia parece-e boa, quem sabe um dia vou precisar com sogra rsrsrsr.
    Bjs

    ResponderExcluir
  39. Chica, boa noite!
    Muito interessante o seu texto e, como é óbvio, todos sabemos que existem muitas Gemellas por este mundo fora.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  40. Uma forma inteligente e democrática de se livrar de um incômodo. Aqui pra nós Chica, e o peso na consciência, como é que fica? Rsrs.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  41. Olá amiga!
    Eu confesso que já coloquei a vassoura atrás da porta para me livrar de visitas indesejáveis rsssssssss
    Adorei o texto.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  42. Chica querida, passei para matar saudades e lhe desejar um FELIZ CARNAVAL, com muitas alegrias. Eu vou descansar tds os dias! Beijo imenso!

    ResponderExcluir
  43. Adorei a criatividade de Rosa! Acho que vou copiar, agora no carnaval, quando vou receber parentes do marido! Óh tentação
    Como ela, gosta dos momentos "comigo".
    bjo

    ResponderExcluir
  44. Impossível não rir ao ler o conto...
    As vezes a vida nos coloca em cada enrascada que fica difícil sair dela e acaba envolvendo a todos...rsrs

    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  45. kkkkk a Rosa foi muito esperta!
    Bom final de semana.
    Bjs

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿