♥ 2012 ainda de fraldinhas e... ♥




Edição Conto/história do Bloinques

Tema: Percebi que um carro nos seguia.


(((o)))o(((o)))o(((o)))

 Festa de ano novo!

Família reunida, alegria, confraternização.

Chega a hora da despedida.

Cada um para sua casa iria voltar.

Saem aos poucos e o último carro a sair, leva  um casal, duas crianças e a irmã do que dirigia. Todos filhos de  Dorival e Lola.

Após as despedidas, Lola fica a arrumar a sala., dar apenas uma geral para não iniciar o ano trabalhando, porém não queria acordar  e ter tudo pela frente a lhe esperar.

 Envolvidos nessa tarefa, ouvem o telefone a tocar.
 Lola corre e atende.

_ Mãe, nem imaginas o que nos aconteceu!
Estás sentada? Então senta, dizia , entre choros e quase gritos,Liliam a filha que havia saído ainda há pouco.

- Percebi que um carro nos seguia ,tão logo o portão da garagem do teu prédio se fechou.
Fiquei apenas observando , para não assustar as crianças. Porém, tive certeza e avisei o mano que dirigia.

_ Já percebi, me disse ele e se segurem, pois vou dar uma  volta e entrarei na contramão de uma rua.

_  E, nessa hora,  não acreditas,mãe....
O carro entrou também..
Estamos ainda sendo seguidos.Onde vamos, eles vão!

Faz alguma coisa, chama e avisa a polícia!!!

Enquanto a mãe, já quase caindo  de susto tentava falar com o 190, ligam no celular, avisando que tinham atravessado com o carro, pulando por cima o canteiro de uma avenida e só assim, até surpreenderam os criminosos que, com medo de ficarem sem carro, estragando ali, tomaram outro rumo.


_E vocês estão bem? Ninguém se machucou? perguntam mãe e pai juntos.

Bem , após um tempo de conversas, calmantes para dormir e relaxar, foram deitar...

Ninguém da família , cada um na sua casa, conseguiu dormir...
O susto fora grande demais e na certa, nunca mais querem pensar em passar por isso novamente.

E, todos, fizeram uma oração agradecendo e pedindo que a amostrinha do ano que apenas iniciava, tenha sido o bastante.

Não queriam mais passar nada.

Esperavam e pediam ao Alto que tudo de ruim de 2012  reservado à eles fosse isso...

Afinal, tinham escapado!

Todos podem estar juntos novamente!Ainda bem!

Mas cada vez mais eles ficam indignados com a falta de segurança de sua cidade,Porto Alegre, que alardeia ser tão segura, tanto isso e aquilo e no entanto, não oferece liberdade de ir e vir com tranquilidade, nem de transitar pelas ruas!

Incrível e revoltante, dizem Lola e Dorival a quem pergunta e também a quem não pergunta. Falam, falam mesmo!

 Colocam para fora, para não explodir!

E doa a quem doer!