Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

✿Uma velha cristaleira...✿




Numa casa das memórias de Rosa, há uma cristaleira de vidro, cheia de coisas e coisinhas...

NUNCA conseguiu encostar  ali. Nem ela ,nem seus irmãos...
Tudo era comprado, guardado e eram coisas maravilhosas, estrangeiras  e que dava vontade de brincar ou pelo menos tocar.

Caixinhas de músicas que nunca tocaram a não ser na primeira vez, bonecos, bonequinhas, bichinhos, miniaturas, tudo ali...

Os netos chegaram, nasceram, cresceram e nem mesmo na casa podiam entrar e, lógico,  a dita cristaleira ninguém pode abrir e mexer...

Nas raras vezes que por ela passaram, seus olhinhos chegavam a brilhar, quase saltando de vontade de ver de pertinho aqueles objetos...

Objetos?
Sim, falei certo...Objetos! Mas o apego da dona os faziam parecer tesouros. E para quem os deixaria???

Hoje, ela se encontra numa clínica ,doente....

Sua casa vazia, as vontades de mexer passaram...

Tudo para nada, trancado na cristaleira...
Pena!!!

43 comentários:

  1. Quanto apego. As coisas são feitas pra serem usadas.
    Bom final de semana. Bjs. Edna.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com Edna...o apego a coisa materiais que de nada valem senão o seu uso e abuso.Certamente delas só levaremos as lembranças dos momentos em que utilizamos, uma música da caixinha que escutamos e deixamos o outro escutar, o vaso que colocamos flores a perfumar...Nada mais...
    Bjão

    ResponderExcluir
  3. POIS É SEMPRE ACHEI ISSO APEGO É COISA RUIM..
    EM CASA AS COISAS SÃO PRA PEGAR...COSTUMO BRINCAR QUE TENHO AMIGAS QUE BRINCAM DE CASINHA NINGUEM PODE ENTRAR NA CASA DELAS E ELAS ARRUMAM TANTO PRA QUE?
    OS MENINOS NA PISCINA NÃO PODIAM CORRER PELA CASA MOLHADOS SRSR AHHH ISSO NÃO TEM GRAÇA..CASA E COISAS É PARA SEREM USADAS ..ADORO ...SABE QUE JA FUI DE TER LOUÇAS GUARDADAS PARA PESSOAS DE FORA ,OCASIÕES E TEM OCASIÃO MELHOR QUE UM JANTAR COM MARIDO ,COM FILHOS EM CASA ..QUEBROU COMPRA OUTRA UAI..
    SABE TEM PESSOAS QUE VIVEM GUARDANDO, NO FIM DA VIDA AS COISAS GUARDADAS ONDE ESTÃO? JOGADAS POIS NÃO TEM O MESMO VALOR QUE TINHAM PARA ELAS..
    TENHO NA VERDADE PENA DESSAS PESSOAS JA PENSOU A FESTA COM OS NETOS? DEIXANDO ELES PEGAREM ESSAS COISAS TODAS E ELA CONTANDO ONDE, COMO, QUANDO COMPROU ..ISSO QUE TEMOS QUE GUARDAR MOMENTOS ,MOMENTOS DE AMOR..COM OS NOSSOS ..AS COISAS?ELAS PASSAM, QUEBRAM, ENFERRUJAM, E O AMOR NÃO, CADA VEZ QUE USA ELE BRILHA MAIS ..
    ADORO SUAS REFLEXÕES E ADORO SEUS COMENTARIOS POR LÁ E SABE?? CHOREI AQUI AGORA LENDO SEU TEXTO E COMENTANDO, ESSE CANTINHO ME DA PAZ...
    BEIJOS

    OTILIA

    ResponderExcluir
  4. Uma pena achar que esses tesouros substituem alguma parte por aí perdida, uma pena pensar que preenche e no final perceber que não, tarde demais? Espero que não...bjinho, Chica...bom feriado!!

    ResponderExcluir
  5. Já vi coisas que nunca foram usadas serem simplesmente deitadas ao lixo pelas pessoas que as herdaram, e isso é mesmo uma pena. Recentemente sei de um caso de uma senhora que guardou cobertores por estrear, novos, para quando precisasse e agora que precisa eles estão rasgados pois sem ela saber pegaram humidade na arca e apodreceram... e agora ela usa os usados que lhe deram...
    Enfim, coisas da vida.

    Tenha um bom fim de semana, beijinho

    ResponderExcluir
  6. Ei Chica
    Pena, mesmo, quem vai desfrutar todas estas coisas, estas lembranças.
    Com certeza, alguém que não dará o devido valor.
    Bjo e boa noite.

    ResponderExcluir
  7. Passando para desejar um fnal de semana iluminado!!!


    http://toutlamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Rejane, e é assim a vida de muitas pessoas, que idolatram o material, endeusam as coisas supérfluas e, quando menos se esperam, aquilo não lhe serve pra nada. O que são as coisas materiais? Viemos nus pra esse mundo, e nus sairemos dele.

    ABRAÇÃO PRA TI.

    ResponderExcluir
  9. Tristei... Puxa Chiquinha...

    ResponderExcluir
  10. É!... e a gente vive vendo esse tipo de coisa por aí...
    :(

    Graças a Deus, jamais tive apego a coisa material.
    Aqui em casa, tenho duas taças de cristal (maravilhosas, e super antigas), que foram do batizado da minha avó. Outro dia, a minha nora estava falando que, já que elas duraram até hoje, tomara que não sejam quebradas por algum dos filhos dela. Na mesma hora eu falei, que, se quebrar quebrou (é porque chegou a hora), e que o importante é que a família esteja com saúde. Coisas, não são insubistituiveis.
    Pessoas, sim!

    Beijos pra você, menina.
    Tenha um lindo e abençoado feriadão.

    Cid@

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica!
    Que pena menina! Um desperdício!
    Agora dificilmente existe quem vá dá o devido valor ao pequeno tesouro.rss
    É, apego é coisa complicada!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  12. É preciso manter o coração, a cabeça, janelas e cristaleiras sempre abertas... Bjo!

    ResponderExcluir
  13. Pena mesmo Chica.
    Triste isso.

    Beijinho querida, bom final de semana.

    ResponderExcluir
  14. É porisso que eu nunca quis uma cristaleira, minha nona tinha uma, me lembro muito bem
    era linda de encher os olhos, ninguem tocava... e só foi aberta depois da sua morte
    coisas lindas trazidas da Itália, nunca foram usadas... pra que?
    nem sei o destino que tiveram
    boa história!
    abraços!!!

    ResponderExcluir
  15. Chica,

    O apego às coisas materiais é um sentimento muito estranho. Digo à esse ponto, pois acho que devemos gostar e valorizar nossas coisas, mas não ao extremo de agir dessa forma.
    Graças a Deus que minha história foi bem diferente. Minha avó tinha uma cristaleira, mas ela partilhava tudo que tinha dentro. Ela comprava as coisinhas e colocava lá. Quando íamos de férias, na volta, na hora da despedida, ela colocava um daqueles mimos em nossas mãos. E ela sempre acertava qual eu nós haviamos gostado mais. Ela nos observava enquanto admirávamos.

    Tenha um lindo final de semana. Beijos

    ResponderExcluir
  16. Chica
    Apego é egoismo. Não permitir que pelo menos os da família toquem os objetos é o cúmulo do egoismo. São pessoas que não querem o toque de ninguém em sua vida, no seu corpo, na sua pele. Se, por um acaso esta história for verdadeira, a vida agora colocou a pessoa numa posição onde ela está exposta aos que forem visitá-la (assim como seus objetos na cristaleira) e talvez ela queira um carinho, mas só terá o toque de médicos e enfermeiros, a lhe lavar, trocar e medicar.
    Que vida!!!!

    beijinhos minha querida e bom feriadão

    ResponderExcluir
  17. Depois olha lá no Bloguinho.
    Achei aquela figura e logo lembrei de vc. E senti uma força na poesia. Um carinho meu pra ti.

    ResponderExcluir
  18. Bom dia,Chica!!!!

    É uma pena quando não se sabe dividir, compartilhar...é a unica maneira de dar vida as coisas,elas ficam impregnadas de boas histórias de cada um que passou por elas...
    Mas sem compartilhas...ficam vazias, inúteis...é muito triste!!
    Minha linda Chica, ADORO suas histórias!!!Obrigada por partilhar em cada um delas pedacinhos de sabedoria!!!!
    **Bah!Ontem meu dia foi tri corrido!!!rsrsr
    Estou atrasada com muitas visitas e vou ver se consigo por em dia, mas não consigo acessar a net e não vir aqui...rsrsr
    Beijos com muito carinho pra vocês!!!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  19. CHica ,
    linda como você esta ??? Vim matar a saudades , sabe minha querida vc me fez lembrar de minha mãe , infelismente a vida toda ela teve uma mania excessiva de limpeza exigia que as visitas tirassem os sapatos , a casa sempre cheia de carpetes , almofadas , os netos nçao podiam sonhar em correr pela casa , comer só com um prato colado em baixo do queixo , e volta emeia ela vinha com o paninho cheio de acool , nós aceitavamos mas , as pessoas aos poucos foram deixando de ir na casa dlea , hoje , raramente recebe visitas , com o tempo o probelma foi até amenizando mas , as pessoas já haviam se afastado , duro né??? bjimmmm minha querida que o céu da sua vida seja sempre azul

    ResponderExcluir
  20. Lembrei de ti contando da cristaleira lá no nosso encontro... gente, ela é cheia demais de coisinhas, mesmo! quem sabe, ainda, dia desses poderão ser a alegria de alguéns... - a cristaleira e as coisinhas! Espero que ela esteja bem lá no Moriá... Abs. Marion

    ResponderExcluir
  21. Oi querida
    Há seres humanos que pensam que vão se eternalizar através dos objetos e estes objetos são histórias e uma estas aqui a nos contar.
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Chega um tempo que a vida ensina, forçosamente, o que se deveria ter aprendido ao longo dela: simplesmente vivendo-a!
    Beijuuss, Chiquita amada, n.a.

    ResponderExcluir
  23. Por isso que tudo que ganho já ponho pra usar!E se amanhã não estiver aqui? A gente não sabe e acaba nem aproveitando!Temos que ir nos desapegando dessas coisas com certeza!Bjs,

    ResponderExcluir
  24. Materialismo é um defeito mto triste! Obrigada por ter ido me visitar, rsrsr bjs

    ResponderExcluir
  25. Não devemos adiar a vida, tá certíssima!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  26. Chica,abraços e bom fim de semana pra você e seus caros aí!
    É duro como são muitas as pessoas que se apegam tanto ao material nesse mundo!É por isso que se diz:"Desiste quem quer,desapega-se quem pode."

    ResponderExcluir
  27. Oi Chica, acredito que sei de quem é essa cristaleira.
    Não se iluda, pessoas com esse perfil não mudam nunca. Morrem assim.
    E você tem toda razão ao afirmar que hoje as pessoas já nem querem mais saber o que tem lá dentro. Uma pena mesmo.
    Quantos momentos deliciosos ela deixou de viver com as crianças, a familia.
    Pela foto nota-se que é lindo o móvel e que existe mesmo um grande tesouro lá dentro.
    Nem ela curte mais...
    Beijo querida, tenha um bom feriadão. Por aqui na luta, rezando para não chover rsrsrs

    ResponderExcluir
  28. Chica
    Tenho uma cristaleira que a minha sogra mãe do meu falecido marido nos deu quando casamos, ainda a tenho é linda adoro-a tal como adoro a minha sogra, uma grande mulher que tem 95 anos, tem sofrido demais com a perca do filho de uma neta e tem uma filha com o mesmo mal que levou meu marido.
    Refiz minha vida mas continuo a pertencer aquela familia que tanto amo, a família do meu falecido marido. Nós sempre partilhamos nossas coisas tais como nossas tristezas e alegrias.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  29. Eu já fui um pouco assim, colecionava coisas que ficavam guardadas. Agora uso tudo! Bjs

    ResponderExcluir
  30. O bom é usar e aproveitar o que temos, pois a vida passa muito rápida e, de certo, outros, não irão dar o devido valor aquilo que tanto guardamos. Excelente texto. Abração.

    ResponderExcluir
  31. Chica são recordações que ficam de alguem que as utilisou...
    Bom fim de semana e beijinhos da mami e turrinhas minhas
    Como está teu pai?
    Graça e kika

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica!!!BOa tarde!
    Tanto a Rosa adiou o uso das coisas,que acabou adiando a própria vida...e agora,alguém usará?Com certeza sim e aquele apego todo foi infundado.
    Bjsssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  33. Chica. Mania feia esta não? E tem mãe que faz isso também com brinquedo de criança. Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Chica querida, acho que todos temos lembranças de cristaleiras,só que a minha eu podia abrir e me encantar com as taças que foram da vovó,(sem quebrar é claro).Agora esse apego todo por coisas materiais,só nos fazem mal.
    Beijo e bom final de semana

    ResponderExcluir
  35. Olá querida
    Vim agradecer seu comentário super delicado deixado na postagem das fotos da nossa casa nova.
    Muito obrigada, beijo e boa noite.

    ResponderExcluir
  36. É, Chica
    Eu não me apego a nada.
    Tento viver o hoje, pois o amanhã a Deus pertence.
    Um beijinho carinhoso de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  37. Querida Chica,
    Aqui na casa da minha sogra (pois sim... vivo com a sogra) tem uma cristaleira destas, cheia de recordações que servem apensas para isso, recordar, pois não se pode mexer, abrir, usar o que ali se encontra...
    Eu, particularmente, não vejo muito sentido nas coisas guardadas assim, sem utilidade real e concreta... para mim as coisas devem estar em movimento constante, em utilidade constante, senão que sentido terão?

    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  38. Anônimo12/11/11

    Chica, tudo passa, até a gente, aprender a desapegar deixa a nossa alma leve.

    Beijos
    Cris meuolharsobre

    ResponderExcluir
  39. Que triste Chica
    Porisso nao guardo nada e sempre esninei aos filhos a usar sempre o que tem de melhor , nada de guardar objetos . As coisas são feitas pra nos servir e nao nós a elas.
    boa noite kirida

    ResponderExcluir
  40. Chica,
    Acho lindo cristaleira e gostaria muito de ter uma. Eu tenho um armário na minha sala, tipo aquele guarda-comida antigo. Nele estão guardadas muitas lembranças que eu ganhei e herdei, como o aparelho de jantar que meus pais ganharam de casamento, taças de cristal de minha avó, uma sopeira da minha bisavó e outras tantas coisas. Um filho já se casou e já levou algumas peças pra ele. À medida que forem saindo vão levando... Tudo é usado em épocas especiais, como o Natal. É como se estivéssemos com toda a família reunida, inclusive com os que já se foram. Guardo tudo com carinho porque não foram peças adquiridas. São peças passadas por gerações.
    muitos beijos, querida

    ResponderExcluir
  41. Bom dia amiga Chica.

    Guardar só o que necessitamos, todo o resto é supérfluo.

    Bom Domingo
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  42. Um desperdício sem dúvida!
    Bjs

    ResponderExcluir
  43. Tenho uma cristaleira, cheia de 'objetos', que contam, praticamente, a história da minha vida. Me identifiquei um pouco com o texto. Mas só um pouco...
    Se vc quiser ver, aqui, ó:
    http://silvia-flordemaio.blogspot.com/search/label/Cristaleira

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿