✿ Ansiedade...✿





 Edição Cartas do BLOINQUÊS

Tema: Distância do Coração

(((o)))o(((o)))o(((o)))


Rio das Saudades, 23 de fevereiro de 2003



Meu querido Heitor.



Após tantos anos de nossa separação, senti vontade de te escrever.

Hoje, me peguei olhando, na nossa velha cômoda, um também velho álbum onde além das fotos, guardei todas as tuas cartas desde o tempo  do início de nosso namorico...

Ri, me encantei de tanta doçura  naquelas nossas trocas de palavras e com elas nas mãos, encostadas em meu peito, primeiro ri, depois chorei ao lembrar as outras tantas que deixaram de ser trocadas , pois as palavras seriam apenas de rispidez, tanto quanto eram nossas conversas naqueles dois últimos anos. Estávamos ali, tão perto um do outro e no entanto, a linha tênue que unia nossos corações havia sido "cortada"...

Resolvemos então , acertadamente, pela separação, pois  apenas morávamos juntos e nada mais. Nenhum de nós sentia realmente vontade de ali estar e muito menos, com o outro.


O que ninguém imaginaria é que após esse tempo todo separados de fato, começaríamos a nos sentir novamente tão perto um do outro. E isso não se dava apenas porque continuamos a trabalhar juntos, era algo bem mais marcante...

Demorei a acreditar que realmente isso estava acontecendo, mas quando no trabalho, ao entregar os relatórios para a audiência, teus dedos tocaram na minha mão, senti o rubor tomar conta de mim, minhas pernas tremeram e fui às nuvens...

Sinceramente, esse para mim ,era um caso encerrado, porém não mais sinto assim...

Temos  conversado, trocando sorrisos, bem mais frequentemente do que no tempo que estivemos juntos. Sinto que estás bem pertinho de mim, ainda que estejas na tua casa, em outra cidade. 

Acredito que ,finalmente, os nossos corações se reencontraram e se sentem bem com os batimentos um do outro. 

Por que estou escrevendo ao invés de falar pessoalmente? Deves estar te perguntando isso.

Te respondo então:

_ Escrevo pois sinto que tudo está recomeçando e assim, espero começar a colecionar, em uma noa gaveta, nossas cartas de amor...

Até daqui a pouco,quando estaremos pela primeira vez após tanto tempo, tendo a nossa linda noite de amor, nosso recomeço e sei, sinto pelo menos, que será maravilhoso...Estou ansiosa, podes bem notar pela minha letra trêmula...!

Um beijo e  tenho certeza que teremos muitas outras destas cartas e...noites para juntos dormirmos abraçadinhos ...



Beijos, Jovita


* Como bem lembras, sou organizadinha e por isso darei numero à essa carta: Nº 1  de ............,tá? Tomara essa lista seja bem grande, infinita enquanto vivermos ...