Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

.✿ Para tudo, um lugar....✿



Todo dia, fazia um tempinho, aquela cena se repetia...

O homem passava, olhava para todos os lados e...sumia.


Passou a ser notada e percebida pelos moradores daquela rua! Porém, seguiam suas vidas normalmente.

Apenas quando a tardinha chegava, se davam conta daquilo, ao vê-lo por lá, novamente...

Era um senhor , por volta de seus cinquenta e poucos anos, já grisalho, pele ressentida dos ventos e sol por ele enfrentado ao ar livre, com sua bicicleta.

Um dia, porém, Vilma vê a cena, o vê passar e percebe que, ao invés de simplesmente olhar, resolveu descer, sentou-se debaixo de uma árvore, num banco de madeira velho, e ajeitou sua "capanga", uma bolsa onde carregava suas coisinhas e ali ficou olhando para um papel.

Pelo menos isso era o que Vilma podia ver da sua janela.

Antes de dormir, falou com suas filhas sobre aquela presença, pensou em falar com vizinhos, mas as filhas a desaconselharam. Foi então dormir.

Era ainda noite quando o homem da bicicleta bateu à porta.

Vilma ouviu o toque e um frio lhe congelou a espinha...

Mesmo assim, foi atender e sem abrir, perguntou o que queria e quem era.


_Preciso falar com a Sra.Vilma de Queiroz! É urgente!Com muito temor, abre a porta e por uma frestinha, lhe atende...

Qual não foi sua surpresa! Estava ali, diante de seus olhos!Como podia ter acontecido isso?

Os dois se olharam , no fundo dos olhos, estavam se reconhecendo aos poucos.

Ela o manda entrar, vai até a cozinha e lhe oferece um café quentinho...
_Como isso foi acontecer?

_ Por onde andaste todos esses anos, pergunta Vilma.
O que fizeste da nossa vida?

_Como estão nossas filhas?pergunta ele.

_Não tinha nada a oferecer pra vocês naquela fase de nossa vida. Errei muito ao abandonar nossa casa e vocês, durante todo esse tempo.

_E o amor que sentíamos, não falava ? Nada te importava? E nossas filhas?

_ Me perdoa,Vilma!

Não te peço que me aceites de volta, sei que será difícil conviver aqui. Sou quase um estranho às meninas, hoje adolescentes...Mas, me dá uma chance...

_ Nessa hora, sem pensar em mais nada, Vilma olha direto nos seus olhos. Olhares fortes e nele houve o encontro não dos olhos, mas dos corações...

Vilma pediu que ele fosse embora naquela hora e voltasse à noite para um jantar com as filhas.

Durante o dia, ela haveria de bolar uma conversa ...

As filhas tinham cada qual suas vidas já mais ou menos delineadas e logo, ela estaria sozinha. Então, pensou, pensou e resolveu pensar mais em si própria, se dar uma chance!

Havia, após tanto tempo dedicado apenas ao trabalho, correrias e filhas, escutado o sininho do amor batendo.

Ele chegara de bicicleta após tantos anos e por certo, ela seria hábil o suficiente e arrumaria uma lugarzinho em sua garagem para ela...e dentro de casa, para ele, que já passava a estar, novamente, em seu coração...

32 comentários:

  1. Chuca....

    Que bela estoria... Um amor com abandono e retorno feliz... gostei

    Qdo vi o véi de bike, pensei que era eu decrâmando a poesia... rss
    Deusssssssssskiajude
    Beijin
    Tatto

    ResponderExcluir
  2. Chica
    A Vilma teve nobreza de alma, coisa que é rara hoje em dia.
    Não sei se eu o aceitaria depois de tanto tempo afastado.
    São histórias, mas muito disso acontece por aí.

    Um final de semana repleto de paz pra vc.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já li essa estória antes, com a mesma foto... Deve ter sido por aqui mesmo...

    Beijos,

    ResponderExcluir
  4. Oi!!!
    Lindo fim de semana pra vc!!!
    Beijokas!!!!

    ResponderExcluir
  5. Anônimo23/9/11

    Chica
    Estive ausente porque estava no interior de Minas Gerais
    Meu computador continua não querendo entrar na conta do googlo em alguns blogs
    Gostei desta sua história. Eu gosto quando existe perdão
    Com carinho Monica

    ResponderExcluir
  6. Oi Chica!!!
    ... que bela história de amor e perdão.Nobre o coração de quem perdoa por amor.E eles,com certeza,viverão felizes para sempre.
    Bjsssssssssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  7. Assim eu fico cada vez mais crendo que com amor, tudo é possível.
    Lindo demais Chica querida.
    E que bom que a Vilma percebeu nos olhos dele, que ainda seria justo dar mais uma chance aos dois.

    Ameiiiiiiiiiii

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  8. Como sempre lindo teu texto.
    Você é maravilhosa amada.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. muito lindo Chica!!!
    bom final de semana.
    abraços!!!

    ResponderExcluir
  10. Chica
    Que linda estória de amor com direito a perdão e final feliz, adorei!
    Beijos e um bom final de semana

    ResponderExcluir
  11. Oi Chica, nada como uma estória com final feliz para fechar a semana.
    Eu não sei se perdoaria. O que será que esse "véio" ficou aprontando por esses anos todos?
    Nem um carro conseguiu comprar! nessa idade e andando de bicicleta, isso é coisa de moleque!
    Brincadeirinha, apenas para fazer você rir um pouco.
    O amor é lindo, e o perdão mais ainda.
    Beijos querida, que seu fim de semana seja de paz e alegrias.

    ResponderExcluir
  12. Oi Chica! Em certas ocasiões o amor sempre fala mais alto, principalmente quando já gerou frutos.

    Obrigado pela visita e pelo amável comentário.

    Abraços e fique na paz de DEUS.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  13. Vamos acompanhando o romance:)) Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito da Vilma, mulher cheia de atitude. Bjo amiga querida!

    ResponderExcluir
  15. Chica,

    Esperta essa Vilma, não perdeu a oportunidade quando a chance bateu a sua porta, assim é que tem que ser.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Chica,

    Tudo bem perdoar, mas pelo menos ele poderia ter voltado de carro..kkkk a garagem vai ficar grande só pra uma bicicleta. Rs
    Muito legal esse texto. Olha, eu perdoaria sim, mas não voltaria. Bem, não sei se você entende isso, mas aconteceu comigo.
    O meu ex pediu perdão. Eu perdoei..kkk Mas disse; você está perdoado, mas voltar, jamais! Risos Estou rindo, mas aconteceu mesmo.
    Mas existem muitas pessoas como a Vilma que, apesar de tudo, perdoam e dão uma nova chance. Isso é lindo! Afinal, o amor renasceu no coração dela.
    Um lindo final de semana pra você. Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi Chica,
    Sua Vilma é muito boazinha! Eu bateria nele e pediria para as meninas ajudarem! Me deixar sozinha com 2 filhas para criar!
    :)))
    Beijos 1000 e um final de semana maravilhoso para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  18. Hahahahh! Não sei o que gosto mais, Chica. Ler teus textos ou os comentários depois deles...são ótimos!

    Perdoar é uma atitude difícil, e tem que ter nobreza de alma mesmo. Perdoar com o coração, sem afundar no rancor e sentimentos ruins é difícil, mas pode ser libertador, não é? Não sei se conseguiria... Lindo fim de semana por aí...bjo:)

    ResponderExcluir
  19. Ola Chica!!!
    Adorei a história, na vida é importante nos dar e também dar outra oportunidade as pessoas.
    Ótimo fim de semana primaveril pra ti!

    Bjos da Elza

    ResponderExcluir
  20. Tão triste e tão lindo ao mesmo tempo!!!!
    Beijos querida Chica!!!

    ResponderExcluir
  21. Que lindo conto, Chica, amei demais, a imagem é perfeita para a história, linda, bjinhos.

    ResponderExcluir
  22. adorei seu blog, segue la o meu?
    beijooooooos

    @_JayOliveira

    ResponderExcluir
  23. Chica,um conto de vida,que ocorre muito em nossos dias!Bonita história e com final feliz!Bjs,

    ResponderExcluir
  24. Chica, o perdão é um sentimento muito nobre e elevado. Mas neste caso a Vilma além de perdoar foi muito corajosa em assumir de novo este amor. Abraços, Sueli.

    ResponderExcluir
  25. Essa tinha o coracao muito grande! Eu nao o perdoaria, por mais que o amasse... mas, cada um é cada um!

    Na real, conheco gente (homens) que fez isso - porque se engracou de outra mulher - e, quando o relacionamento nao deu certo, voltou pra esposa...

    ResponderExcluir
  26. Uma história bem escrita mas tenho de dizer que eu não quereria o homem de volta, era o que mais faltava! Depois de gastar a juventude com quem quis vinha para eu cuidar dele depois de velho!?
    Era bom, era!

    Você escreve coisas bem lindas, amiga,
    Bj

    ResponderExcluir
  27. OIEEE TUDO BEM
    ESTOU PASSANDO EM SEU CANTINHO PARA MATAR UM POUQUINHO A SAUDADES E QUANTAS SAUDADE E TBEM PARA DEIXAR O MEU MUITO OBRIGADO PELO CARINHO DE VCS. ESTOU SEM TEMPO ANDO TRABALHANDO MUITO MAS ASSIM QUE POSSO ENTRO PARA DEIXAR UMA REFLEXAO E ME DEPARO COM SEUS RECADINHOS FICO MUITO FELIZ EM LER AMIGA SINTO MUITA SAUDADES DE VISITAR SEU CANTINHO MAS ESPERO EM BREVE TER MAIS UM POUQUINHO DE TEMPO PARA FAZER ISTO BJOS E FIQUE COM DEUS .

    ResponderExcluir
  28. ainda bem que o que lhe restou foi o amor que está acima de tudo e a esta altura da vida que mais se quer a não ser um sentimento do querer bem, de estar junto?! da vida nada se leva e os bons momentos é o que conta! bj!

    ResponderExcluir
  29. Falando em visitas e blogs novos, estou com um de crônicas e gostaria de te ver por lá.

    bjs

    ResponderExcluir
  30. Oi Chica,

    Que delícia de crônica!

    O amor só acontece se o deixarmos "entrar" em nossas vidas!

    Lindo!

    Beijos

    Leila Rodrigues

    ResponderExcluir
  31. Chica, tudo bem?

    Obrigada por teu carinho lá na Saia.

    Que lindo conto, esse o da Vilma, ainda nao conhecia este. Quanta sensibilidade e a Vilma foi sábia em retomar a felicidade.

    Um grande beijo e uma linda semana

    ResponderExcluir
  32. Chica, que conto emocionante1 Lindo! Fui às lágrimas. Bom dia.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿