Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

✿ Coragem para mudar...✿



71ª Edição Conto/História do BLOINQUÊS

TemaEle(a) precisava inventar uma desculpa para aquela viagem precipitada.

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Beatrice e Jeff moravam numa apartamento luxuoso  há mais de quinze anos, desde que se casaram.

Beatrice não pode escolher nada de sua casa. Tudo foi herdado da sua sogra, D. Gerda, uma rígida senhora alemã e nem podia pensar em trocar.

Quando falava sobre isso com o marido ele , sem personalidade própria  e para não ferir sentimentos da sua mamãezinha, mudava de assunto dizendo que ela não iria durar muito tempo, que estava doente e que então, só então sim eles poderiam mudar algumas coisinhas por lá.

_Não seio o que te sufoca aqui,Beatrice, dizia ele.É tudo tão lindo!

_ Não suporto esse ar de coisas velhas, inpregnadas de tradições da tua família , arraigadas de sentimentos bem carregados em cada peça.Tudo é pesado aqui!
Se depender de mim, chamo um brique e me desfaço dessas tralhas o mais rápido possível.

E assim, passavam-se os dias.

Tudo estava relativamente bem entre eles, porém esse ponto nem podia ser mencionado.

De repente, Beatrice começou a adoecer, estava triste, depressiva, nada mais a interessava.
Ela sabia o que lhe fazia mal.

 Apenas voltava do trabalho, mesmo estando ótima lá, ao colocar os pés ali, sentia algo sufocante.

Numa manhã , ao chegar ao trabalho, foi informada que teria que viajar à tardinha  para um congresso importante para sua carreira.Seriam apenas três dias.

Agora ela precisava inventar uma desculpa para aquela viagem precipitada, para  comunicar o marido que nunca ficava satisfeito com essas decisões de última hora.Sabia bem o que lhe aguardava.

Chegou a uma conclusão: A viagem lhe faria bem tanto para sua cabeça, por estar longe dali,quanto para seu trabalho.Iria de qualquer forma, gostasse ou não o marido. 

Ele ao saber, esbrabejou, bufou, reclamou como sempre fazia.

Porém, naquele dia ela estava calma e decidida...E assim falou calmamente ...

Conseguiu forças para dizer que queria a separação ,e que  se esse era o único modo de sair dali, ela preservaria sua vida.

Jeff, simplesmente ignorou tudo que ela dizia. Apenas lhe disse que buscasse na Justiça seus direitos pois não lhe daria nada. 
Ela, sem titubear, fez suas malas e saiu, sem ao menos olhar para trás.

Após retornar do congresso,ficou uns dias na casa de Marina, uma amiga e colega ,que a ajudou a  encontrar  uma casa de família que alugava o sótão .

 Foi até lá, achou que precisava de uma boa reforminha.Mas não desistiu.
Alugou a peça.

Cada dia, após o trabalho,jogava-se na reforma: pintou tudo clarinho, comprou algumas coisinhas em feiras de artesanatos e enfim deixou do seu jeitinho... 

Claro, ainda faltavam algumas coisinhas ,mas ali, naquele cubículo,havia reencontrado a vida que dela estava escoando.

Agora, havia luminosidade, cores, seu perfume no ar.

Sentia-se num palácio! Era livre!

Naquele tempo então, percebeu o quanto lhe fizera mal a companhia do marido, pois esse era apenas , como um fantoche, comandado pela mamãe, apesar de sua idade...

Agora o mundo lhe sorria novamente... 

Havia recomeçado a vida e estava feliz! Valera a pena!

O ex-marido e a sogra?
Agora moravam juntos naquela casa  e ela pensava apenas: 
-Do que me livrei!!! 

E foi apenas uma viagem de trabalho que desencadeou tudo.
Estava feliz por ter tido essa coragem!




Vi AQUI a imagem

57 comentários:

  1. Que ele e a mãe fiquem com o mofo e as traças e Beatrice com a liberdade!
    beijo Chica adorei

    ResponderExcluir
  2. Deu vontade de continuar lendo...
    Vai ter 2ª parte?

    Sabe Chica, infelizmente muito gente vive assim, "meio vivo, meio morto", se esquecendo que somos nós responsáveis pela nossa história, pela nossa felicidade.

    Um belo dia p/ vc.

    Beijoooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Bom dia flor do dia!rs...
    E enqundo meu Avesso se recolhe eu tenho novidades para vcs!
    Venha me visitar!
    Beijos

    Maria

    ResponderExcluir
  4. Chica
    Quem casa quer casa, não é assim?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. oi Chica,

    muitas vezes,nos anulamos
    pela acomodação e pelo medo
    das mudanças,
    mas nada como ter coragem para agir
    e nos evolver a vida...

    como sempre uma delicia de ler!
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. As mudanças muitas vezes são decisões difíceis da vida,,,mas muito necessárias pra seguir em frente sem arrependimentos....grande beijo de bom dia pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  7. Durante anos vivi numa casa onde tudo era escolhido pelo meu marido, do quadro ao fogão,ao cortinado...
    Há 5 anos viúva tenho agora cortinados escolhidos por mim...abat jour liiindos, a meu gosto.
    Pois...
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  8. Eu me identifiquei um pouco com essa história. Precisei tbm de muita coragem pra mudar a MINHA história. Consegui, não foi fácil, mas hj eu sou livre e dona do meu espaço.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Chica querida
    Como essa história me faz lembrar minha filha que passou uma vida a acomodar-se a ser um autentico robot telecomandada pelo marido, e muita das coisas ainda estão por vir, mesmo agora no fim de separada.
    Beijinho amiga

    ResponderExcluir
  10. Que coisa... É só uma história de ficção? Pois acho que não é, não... Com exceção de alguns detalhes, conheço alguém que passou por isso bem recentemente... rsrs... E que preferiu uma vida com mais simplicidade a uma vida de "confortos e seguranças" vazios do essencial... E se sente muito mais livre, mais "de bem com a vida" e mais feliz por ter tido "coragem para mudar"...
    Você é especialmente ótima, Chicamada!
    Beijoooo grandão e bommm diaa!

    ResponderExcluir
  11. E dizer que tem tanta gente que ainda segue os dias e toca a vida na mesma condicao da Beatrice, algumas sequer encontram um poraozinho no final da jornada ou tem a coragem de jogar tudo pro ar... Aquele ditado que diz: "Mais vale um pássaro na mao do que dois voando" deveria ser exterminado, haha
    Adorei o conto, Chica!
    Beijo grande e boa semana!!

    ResponderExcluir
  12. Oi Chica!
    Que bom renascer das cinzas, dar uma volta por cima e conquistar seu espaço. Torci por ela!

    Beijo e um bom dia!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,Chica!!

    Que texto maravilhoso!!!Deus nos livre de um homem sem personalidade!!!Eu não aguentaria nem um ano de casada!!!rsrsrsr
    É verdade, tem coisas que possuem uma energia pesada, estagnada, principalmente alguns móveis antigos...
    Adorei a reviravolta!!É preciso coragem para mudar e recomeçar!!
    Adorei!!Beijos pra ti com carinho!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica, adorei esse conto, e a foto...perfeita!
    Essa é a coragem de mudar, de buscar aquilo que realmente nos faz feliz,deixar pra trás o velho e as pessoas que não tem personalidade
    Beijos e um lindo dia pra ti!

    ResponderExcluir
  15. Olá Chica
    Mudar realmente é um ato de coragem. Vamos nos acostumando com a segurança da rotina, e fingimos que somos felizes.
    Bjux

    ResponderExcluir
  16. Mudar é sempre difícil, mas necessário pra quem não se acomoda na mediocridade. Bjo!

    ResponderExcluir
  17. É necessário que haja força para mudar para que a acomodação não nos venha intimidar. Chica, estarei por uns dias fora, em tratamento de saúde. Abração.

    ResponderExcluir
  18. Beatrice realmente exite, assim como tantas outras pessoas com situação parecida com a sua, com a diferença de que ela teve coragem de ser FELIZ.

    Se não fizermos nossa vontade seremos escravos de situações e pessoas. Somos livres por natureza. Não podemos nos sujeitar a tudo sempre.

    Que bom voltar aqui e ver seus comentários em meu blog também. Alguma notícia da Anne?

    Daniel

    ResponderExcluir
  19. Nada como viver a vida que a gente escolheu, e não a vida que escolheram para a gente!

    Para sermos felizes não precisamos de luxos. Precisamos, isso sim, estarmos em paz e em harmonia com a vida.

    Quando vai ser o segundo capítulo?...:)

    Beijão pra você menina,

    Cid@

    ResponderExcluir
  20. Apesar de sempre citar minha mãe no meu blog, graças a Deus ela não manda dessa maneira na minha vida, dona Rosa tem bom senso ainda bem, beijão Chica :-)

    ResponderExcluir
  21. Que legal o texto Chica! Vc imagina essas coisas ou são passagens da sua vida que vc adaota ao texto e dá umas incrementadas?

    Gosto muito...

    Bom dia e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  22. Chica,
    Lindo texto com mais bela lição!Sou daquelas leitoras que também se identificam muito com as coisas que você escreve e quando se trata de mudanças,coragem pra mudar,enfrentar o novo,seus desafios,então...Meus parabéns pelo seu talento e sabedoria de(a) vida!

    ResponderExcluir
  23. Chica,uma grande virada ela conseguiu dar em sua vida!Ficou perfeita sua participação!Sempre muito bom te ler!Bjs,

    ResponderExcluir
  24. Mudar é sempre bom,mas dá medo.
    Medo?Tem mais é que mandar o MEDO pra aquele lugar e inovar sempre!
    Batendo um bolão Chiquinha!
    Bj e um pão de queijo.(Se vc gosta de pão de queijo é claro)

    ResponderExcluir
  25. Viva Beatrice!!!!
    É isso mesmo!
    Ser feliz é que importa!!!
    tenha um ótimo dia!
    Bjks

    ResponderExcluir
  26. Sair da zona de des_conforto né brinquedo nauuummm...Liberdade, Independência ou Morte!
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  27. Beatrice teve a coragem que muitas nao tem, por medo, comodismo, sei lá.
    Gostei desse conto Chica, você fala fininho mas dizendo as verdades :)

    ResponderExcluir
  28. Lindo conto, querida!!

    Uma verdadeira lição de vida...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Chica, adoro esses seus contos com tantos detalhes e problemas que são o cotidiano de muita gente.
    Beatrice e Jeff? Amei esses dois nomes, você é mesmo ótima!
    Cheguei a sentir o cheiro da naftalina quando você descreveu a casa e os móveis.
    Não é fácil abordar um assunto tão pesado de maneira leve e engraçada, e ainda por cima com final feliz.
    As fotos escolhidas estão perfeitas. Oxalá toda mulher oprimida pudesse dormir em paz em um sótão lindinho como esse.
    Beijos querida e parabéns.

    ResponderExcluir
  30. Oi Chica!
    Dê uma passadinha em meu blog, tem um selinho para você lá!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  31. Chica
    Tudo que não tem a nossa cara, que carrega o ranço de alguém, não carrega uma energia positiva. Ela fêz bem: descartou até marido, que não tinha nada a ver dom ela!
    Bjs e uma noite ótima!

    ResponderExcluir
  32. Oi minha querida!
    Que conto é este? Abordaste um tema bem comum de uma forma tão espirituosa. ADOREI! É isso mesmo Chica final feliz para esta mulher já tão reprimida e engessada, já pensou passar uma vida vivendo a vida dos outros, com as coisas dos outros, lembranças que não são suas?! Esta viagem foi libertadora!!!!!
    Adoro te ver lá no Trésors e sinto falta quando não te vejo!!!
    Esta semana (sexta) vou postar as telas para ti e para a Ivani, estou fazendo um post bem lindo!
    Te adoro minha queridona!!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  33. Parabéns para a Beatrice
    Teve coragem para mudar
    Adoramos o conto, Chica
    Um beijinho no seu coração de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  34. Oi Chica as vezes as circurstancias da vida nos sufocam, mas precisamos ter coragem para mudar o que nos incomoda.
    BJS

    ResponderExcluir
  35. Acho que as coisas acontecem quando têm de acontecer, pois para tudo existe o momento certo. Necessário se fez, depois de quinze anos de convivência com o Jeff, aparecer a bendita viagem para que a Beatrice visse o quanto iria lhe fazer bem os dias fora daquela casa, tomasse coragem de pedir a separação e partisse em busca do novo.

    Adorei à estória. Bela participação.

    Abraços e muita paz pra ti.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  36. Olá Chica.
    Felizmente existem criaturas que conseguem se libertar de tais cativeiros.
    Muito bom. Também deu vontade de continuar lendo.
    Beijos
    Maria Luiza (Lulú)

    ResponderExcluir
  37. As vezes nos damos conta, que a felicidade está somente ao nosso individual alcançe,mas mesmo assim a maioria sofre muito tempo até acordar.

    ResponderExcluir
  38. Oiee!!
    Olha num é por nd não, mas que esta foto do quarto está convidativo ahhh tá!!
    Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo(Quintana)
    Bjs e linda semana pra ti!

    ResponderExcluir
  39. TODOS TEMOS LIMITES, É PRECISO TER CORAGEM E ENCARAR.
    SEMPRE VALE A PENA!
    BJS!!!

    ResponderExcluir
  40. Adoro ler os seus contos. Este tocou-me particularmente, adorei a ideia de libertação tão necessária ao ser humano. Parabéns! Bjcas

    ResponderExcluir
  41. bom dia chica
    lindo conto.
    com certeza ter uma casa que nos representa é importante para o nosso bem estar.

    baci

    ResponderExcluir
  42. Chica bom dia.....!1 que conto heim?...verdade verdadeira muitas vezes precisamos mesmo mudar de vida,de atitude,de historia..Ficamos enraizados muitas vezes a um presente que não esta bom e ao passado que já não importa mais..
    vida nova sempre..
    muitos beijos
    titi

    ResponderExcluir
  43. Bom dia,Chica!!

    Apesar do dia cinza...tenha um lindo dia!!
    *Será que vem sol??!!! Está muito gelado!!!
    Beijos com carinho pra ti!!

    ResponderExcluir
  44. O medo de mudar faz a vida murchar. Não é fácil mudar mas as recompensas são enormes. '
    Como sempre, o seu texto é muito lindo.

    ResponderExcluir
  45. Um belo dia pra ti amiga,,,beijos.

    ResponderExcluir
  46. Chica,
    Eu mudei, tive coragem e hoje sei o quanto valeu a pena...deixei o luxo sufocante para viver o simples... foi a melhor coisa que aconteceu e hoje eu escolho as cores, as formas que quero pra minha vida...coragem é necessária e força para assumir as consequencias, que nao sao poucas, mas que podem fazer toda diferença em nossas vidas...
    Ai...amei o texto porque me vi nele...
    Bjs e lindo dia pra voce
    Marcia

    ResponderExcluir
  47. As mudanças muitas vezes são decisões difíceis de tomar mas o importante é mesmo ganhar coragem e seguir em frente.
    Bjs

    ResponderExcluir
  48. Oi, Chica
    Passei pra te deixar um beijinho. Tenha um ótimo dia!

    ResponderExcluir
  49. E assim é, Chica: ninguém pode ser feliz, em um caminho que não escolheu. :) Bela história, bom resto de semana.

    ResponderExcluir
  50. Bom dia Chica!
    Hoje mudei um pouco e gostei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  51. Lindo demais minha amiga e eu que o diga que doce inspiração. Beijos

    ResponderExcluir
  52. Chica, tudo bem?

    Engracado este teu conto porque eu tenho uma amiga brasileira, casada com um alemao e que mora aqui pertinho de mim, somos muito amigas e ela herdou todos os moveis da sogra, os moveis da irma da sogra, abajour de tias do marido que por sinal todos já sao mortos, mas ela é super feliz com todos esses moveis lá dentro que por sinal eu tb acho lindos, nao sao do meu gosto, eu gosto de outro tipo de moveis, mas ela gosta de tudo e nao quer se ver livre deles de jeito nenhum. Nao seria o Amor com A maiúsculo que fala mais alto? Sei lá, viu. Mas qdo li o teu texto e pensei nessa minha amiga, vi o rostinho dela tao feliz com tudo o que ela tem.

    Bjao

    ResponderExcluir
  53. Chica, já morei numa casa enorme que tinha trÊs pisos, mas que eu não chamava de "meu lar"
    Deixei tudo agarrei nas filhas e vim para um ap. de três quartos, onde estou no "meu lar".

    Mas cada um é como cada qual e se nos semtimos bem morando com os "cacarecos" que nem fomos nós que escolhemos, se somos felizes, tudo bem... Cada ser é um ser e é livre de ter as suas escolhas..

    Beijossss grandes

    ResponderExcluir
  54. Anônimo15/6/11

    oi, minha querida Chica, otimo! mais que tudo sentir-se livre!!!
    as sogras quasi sempre, sao terriveis:))) mas a culpa é mesmo do marido, bobao....
    beijos

    ResponderExcluir
  55. Anônimo15/6/11

    fui eu Myra, que te pus o comentario acima, é que somente consigo comentar como ANONIMO!

    ResponderExcluir
  56. Por aqui não há sogras, mas deixa o endereço do sótão, vai. Quem sabe há um igual, só pros fins de semana??

    ResponderExcluir
  57. Essa é uma história que muitos ainda vivem , e outros ja deixaram de viver, mas não adianta reclamar. Um dia todos vai ter que passar por isso. Pode ser sogra, nora, genro etc. Basta saber dividir as duas coisa. Cada um um seu quadrado.
    Querida, recebi um selinho, e queria partilhar com você um pedaço rs. Espero que aceite! dá uma passadinha la no blog pra você pegar. Um beijo e continuação de ótima semana. Bjs!

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿