Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

.✿ Borboletas e filhos....✿






(((o)))o(((o)))O(((o)))

As borboletas são lindas a voar,
ligeirinhas,coloridas
quando pequenos, as queremos pegar!


Depois com a vida aprendemos...
nelas nem devemos tocar!

Elas enfeitam a vida e nosso jardim 
voando de flor em flor
são tão lindas assim!

Filhos ... tanto bem os queremos
os vemos nascer e crescer
vontade sentimos de com eles sempre ficar
porém, por certo, os devemos deixar livres voar!


Como as borboletas
para serem felizes
devem estar soltos...
Não os podemos, aprisionar!

Seus caminhos , por força, 
terão que sozinhos trilhar!

chica

60 comentários:

  1. CHICA QUE DELICIA DE POEMA LINDO EU AMO BORBOLETAS
    ACHO INCRIVEL,NÃO ME CANSO DE ADMIRA-LAS.
    HOJE ESTOU FELIZ PELA PRIMEIRA VEZ CONSEGUI CHEGAR AQUI EM PRIMEIRO,,,HA,HA,HA,QUE MILAGRE,A DORMINHOCA DORME MAIS QUE A CAMA!!!
    UM ABRAÇO MINHA LINDA COM CARINHO MARLENE

    ResponderExcluir
  2. Chica
    Palavras lindas e com sabedoria.
    Filhos,assim como as borboletas voam livres e nós mães ficamos a admirar...
    Beijos e um bom dia

    ResponderExcluir
  3. Senti profundamente o seu texto. Também o meu filhote mais velho, de 15 anos, já quer começar a esvoaçar, mas eu sou um pouco mãe galinha e teimo em manter a borboleta no meu "album de fotografias". Bjs

    ResponderExcluir
  4. Isso mesmo, vamos permitir a liberdade de ser, borboletas e adultos.
    Linda imagem!
    Cheiros

    ResponderExcluir
  5. É mesmo Chica, tem toda razão...não dá pra tê-los pra sempre debaixo das nossas asas de borboletas-mães...rsrs Precisam ser livres para voar em seus próprios jardins...lindo isso, beijos,

    ResponderExcluir
  6. É tão difícil ser borboleta e voar sem olhar para trás. Falo como filha e não como mãe.
    Uma doçura de poema!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  7. Muito linda, a imagem.
    Gosto imenso de borboletas, e de filhos... bem, os meus são a minha maior riqueza.
    Lindíssimo poema.

    Boa semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Chica, tuas palavras de Amor e sabedoria sobre os filhos nos fazem refletir.

    Bjao

    ResponderExcluir
  9. Que linda essa analogia entre os filhos e as borboletas Chica!

    "Vossos filhos não são vossos filhos.
    São filhos e filhas do anelo da Vida por si mesma.
    Eles vêm através de vós, e não de vós,
    E embora estejam junto de vós, não vos pertencem."
    Khalil Gibran

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Chica,quanta sabedoria!!Meus pequenos(uma de 14 e um de 19 anos...) já querem voar...mas dói vê-los crescer!!!Sou uma mãe coruja daquelas!!Bjs minha flor!!

    ResponderExcluir
  11. Concordo plenamente,
    "Dói ver os filhos crescer"
    Maravilhoso poema,Chica
    Uma linda tarde gelada para você...rsrsrs
    Um beijão de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  12. Linda mensagem, como as borboletas.
    Muitas coisas só são belas quando em liberdade. Porém creio que aos filhos se deve dar liberdade com responsabilidade, pois cabe aos pais ensinar a eles certos limites e o respeito.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Chica
    Bem disse Khalil Gibram, há muitos anos, em seu livro "O Profeta"!:vossos filhos são feitos para o mundo!Beijokas com super carinho!
    http://alemdasnuvens2011.blogspot.com
    http://amadeirado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Sábia analogia minha amiga,mesmo sendo dificil,há que se exercitar a liberdade,porque ela é da pessoa,ninguem pode dar.Sabemos quão dificil é este voo,mas que é preciso para fortalecer a propria formação.Lembra da musica de Benito de Paula? " Eu sou como a borboleta,tudo que quero é liberdade...
    Minhas asas, minhas armas,não servem para me defender.As cores da natureza pedem
    ajuda pra eu sobreviver"

    Uma bela tarde amiga.
    Grato pela atenção de sempre.

    ResponderExcluir
  15. Verdade, Chica. Só acrescento uma coisinha aí. Assim como as borboletas, filhos também passam por transformações, metamorfoses. De bebê viram garotinhos, daí viram adolescentes, adultos. Só que para as mamães ,serão sempre os filhinhos. Beijos

    ResponderExcluir
  16. É verdade, só o tempo nos ensina que devemos deixar a vida livre para ir e vir e os filhos não são nossos mas sim do mundo...
    Eles precisam ir,aprender coisas, se enriquecer com outras paisagens para entao voltar ao seio materno.

    Beijo

    Maria

    ResponderExcluir
  17. Chica que poema lindo e instrutivo!Luto pelo desapego ,tenho um já na fase adolescente e menina como é difícil saber o quanto de libertade ele já está pronto para usufruir...Bjo querida e linda quarta!Angela.

    ResponderExcluir
  18. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/500-seguidores-yupiiii.html

    ResponderExcluir
  19. Chica querida
    Que belo!!! eu adoro borboletas e voam imensas aqui na minha quinta. Sabes amiga é comovente, por vezes filhos criados tormentos dobrados, e é um pouco isso, nunca sofri tanto como sofro agora porque vejo minha filhota sofrer, mas ninguém é de ninguém. Amei minha amiga.
    Beijinho no teu coração

    ResponderExcluir
  20. Por certo.
    As borboletas ganham rumos, céus, flores, vão semear.
    Creio que os filhos também de certa forma ganham asas e vão semear.
    Da janela da vida, os pais ficam a observar e torcer, para que voejem com prudência, rumo a felicidade.

    Beijo amada.
    Nanda.

    PS: querida excluí o outro tá?
    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Chica, é verdade mesmo amiga!
    Eu já passei por essa fase.
    Os meus já estão todos adultos, mas no inicio foi muito dificil.
    Tenha um ótimo dia
    bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá Chica
    Ninguém consegue ser feliz estando preso. Os filhos também não.
    Bjux

    ResponderExcluir
  23. E que voem lindos e felizes e venham alegrar e colorir nosso jarim
    beijos, linda

    ResponderExcluir
  24. Chica!venho agradecer teres votado em mim ,muitos ronrons
    Fiquei em 1º lugar
    Kika

    ResponderExcluir
  25. Perfeita e cheio de sabedoria sua poesia...
    Assim como tudo e todos na natureza e na vida temos que a liberdade experienciar...sejam borboletas, pássaros ou filhos, todos tem que seguir sua vida e como voce disse, seus caminhos trilhar.
    Doce tarde Chica...beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  26. Realmente, Chica, a liberdade vale ouro,porém os filhos vão crescendo, crescendo, e a nossa preocupação aumentando. Argumentação linda! Abração.

    ResponderExcluir
  27. Lindo poema Chica!
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  28. É difícil deixar os filhos, mas é necessário...
    Que voem então, bem alto... e confiantes!
    Se precisar pousar estou aqui.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. Oi Chica,
    Adorei o poema. Eu tenho uma borboleta.
    Obrigada pelas palavras carinhosas no blog da Carlinha.
    Bjkas e uma 4ª-feira maravilhosa para vc.

    www.gosto-disto.com

    ResponderExcluir
  30. A nossa vida, deveria ser como as das borboletas. Livre sempre. Sedutora sempre, e embriagada eternamente na Liberdade de voar, e voar e voar e...

    ResponderExcluir
  31. Olá, querida Chica
    Feliz metáfora fez vc hoje de uma forma a mexer comigo, viu???
    Filhos... borboletas coloridas... penso igual... a saudade nos fica como prêmio de tanto amor...
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  32. Que lindo minha amiga!!!!
    Minha mãe sempre diz que criamos os filhos para o mundo. Acho que ela tem toda a razão!
    Basta criá-los fortes para encarar as coisas com sabedoria e doçura, tarefa mais que difícil, né?!
    Mas com certeza muito prazerosa!
    Beijinhos
    Por aqui quase nevando, brrrrrrrr!!!!!

    ResponderExcluir
  33. oi chica
    é verdade devemos deixar los livres....mas só deus sabe o quanto custa ao coração a uma mãe.



    baci

    ResponderExcluir
  34. Ah! Chica que lindo!!

    Fico sempre impressionada com a facilidade que você tem de escrever em versos!!!Fica lindo e é muito charmoso!!Um bela participação!!
    **Quanta inspiração!!!Conseguiu escrever dois textos em um dia!!Adorei o do fogo também!!rsrsr
    Beijos pra ti!!

    ResponderExcluir
  35. Chica ....

    Lindo de ler e real como quando a fióta foi embora pra faculdade... Livre mas presa ao meRmo tempo... rss

    Deussssssssskiajude
    Beijão
    Tatto

    ResponderExcluir
  36. Dói,mas é verdade!Os filhos são feitos para voar!Assim, serão felizes e nós tb!Bjs,

    ResponderExcluir
  37. Que linda comparação borboletas e filhos! ambos são feitos para voar, por muito que nos custe ambos precisam de liberdade. Muito lindo e criativo Chica
    Bjs

    ResponderExcluir
  38. Um amigo meu diz: " A gente não cria filho pra gente, cria pro mundo..."

    ResponderExcluir
  39. A liberdade é um direito, e do qual, nada, nem ninguém, deverá ser privado. Belo poema. Ótima participação.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  40. Adorei o poema e o seu blog!
    Estarei sempre por aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  41. Linda a foto.
    As Borboletas são bichinhos totalmente do BEM.

    Daniel

    ResponderExcluir
  42. Momento ternura, né Chica?
    Interessante como quando somos jovens não temos noção da dor que causamos nos pais, na hora de levantar voo.
    Lembro-me de meu pai muito emocionado no dia de meu casamento, mas eu estava tão feliz e era tão jovem que não dimensionar sua emoção.
    Hoje sei o que ele sentia.
    Filhos devem ser criados para o mundo, é verdade. Mas como é dificil...
    Adorei a maneira como você abordou o assunto, comparando-os com borboletas. Elas são leves e lindas e é assim que devemos ver nossos filhotes.
    Hoje está um pouco menos frio por aqui. E por aí? dá para sobreviver?
    beijos queridona, boa noite.

    ResponderExcluir
  43. É como dizem criamos os filhos pro mundo, filhos bem criados sempre voltam pra visitar nosso jardim, beijão Chica :-)

    ResponderExcluir
  44. Sempre a mesma história
    filhos criamos para o mundo, mas dói...
    mães querem sempre te-los por perto,não importa a idade que tenham.
    abraço!!!

    ResponderExcluir
  45. Que bacana a imagem. Lindo o título... Poeminha gostosinho de ler.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  46. Oi Chica querida, lendo seu lindo poema me alertou para a vida rápida da borboleta, assim como a nossa que passa tão rápido, que lição para deixar a vida seja ela qual for, viver em todo seu explendor. beijos.

    ResponderExcluir
  47. Sim, para serem felizes as borboletas devem estar soltas,,,mas elas sempre voltam aos seus jardins,,,assim como os filhos...grande beijo de linda quinta feira pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  48. Livres é o certo , mas nossos corações bem apertados.
    bom dia linda
    beijo

    ResponderExcluir
  49. Oii, Chiquinha !!!

    É bem isso ,mesmo!!! Mas que dá vontade de não soltar, ah isso dá.hehehe

    Beijinhos

    Ana

    ResponderExcluir
  50. ADOREI... mas tb o que é que escreves que não é lindo e profundo?
    Bjnhos de coração, minha querida amiga Chica.
    alice

    ResponderExcluir
  51. CHICA
    BELAS PALAVRAS SOBRE AS BORBELTAS. Bonito é ser realista sem ser cruel,

    é acreditar na beleza de todas as coisas.

    Bonito é continuar sendo gente

    mesmo nos momentos de dificuldade.


    Bonito é ser você."

    Com carinhos meus

    Tenha um lindo e abençoado dia!

    Beijos no ♥

    BRISA

    ResponderExcluir
  52. Que lindo Chica!!!
    Bahh doí em pensar na minha borboletinha voando...
    Mas faz parte da vida né... hehehe..
    Bjus querida! Parabéns.

    ResponderExcluir
  53. Mae experiente é assim... já as novatas pensam que quanto mais prende, menos eles voam hehe doce ilusao. E eu nao sei de nada, porque nem mae sou...

    Amei a fotinho, mais certa para o post, impossível.

    Acho descobri o por quê você nao toma chimarrao... porque queim a língua hihihi

    ResponderExcluir
  54. Oiee!!
    Minha mãe costuma dizer que se criam os filhos para o mundo...os filhos são nossos mas não nos pertencem de fato.
    Linda comparação com as borboletas.
    Bjss♥e paz!

    ResponderExcluir
  55. Li mais uma vez seu poema tao lindo. Tem a ver com o poema que postei hj sobre minha filha.
    Um beijinho carinhoso,,,Ma

    ResponderExcluir
  56. Lindo demais Chica

    Pais são o arco, filhos a flecha

    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  57. Amiga
    Você é mesmo maravilhosa, sua visita lá no Trésors sempre me acrescenta. Quando tu falaste na TV PB, me lembrei que também demoramos muito para ter uma colorida, lembrei da nossa TV e se quer saber até chorei... Eita menina chorona!!!
    Se bem que estou na TPM e daí já viu né, viro uma manteiga derretida, pobre do maridão!!!!
    Coloquei mais palavras e escritos no post, obrigada!!!!!!
    Beijinhos, menos gelados hoje né?
    Tudo bem por aí?

    ResponderExcluir
  58. Linda a poesia. Emocionante e tanta coisa que vivemos. Adorei amiga sua imaginação saiu do coraçao.

    Beijos

    ResponderExcluir
  59. A partir do momento em que é cortado o cordão umbilical, já os damos à luz...
    Daí em diante, é amar e cuidar, mas sempre sabendo que um dia suas asas vão ficar fortes, e eles vão ganhar o céu azul.
    Amar é deixar livre, e ao mesmo tempo, fazer com que eles tenham a certeza que o ninho estará sempre ali à espera de, pelo menos, uma visita :)

    Apesar de chamarmos de, meu menino, mesmo nossos filhos adultos, a gente sabe (bem lá no fundo), que os filhos são da vida, e, que eles só serão completamente felizes, se tiverem a liberdade de viver do modo que escolherem.

    Com a gente aconteceu o mesmo...não é? :)

    Querida Chica, somente agora consegui colocar em dia minhas leituras por aqui (os 3 últimos textos), gostei de todos, mas deixo meu comentário nesse que mais mexeu comigo.

    Beijão, e te cuida!

    Cid@

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿