Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

✿ Saudades ✿

Cuca

61ª edição conto/história  do Bloinquês-

Tema : Como seria se, na hora do adeus, ela(e) chorasse?


(((o)))o(((o)))o(((o)))

Na nossa vida tivemos vários animaizinhos.

Entre eles, a D.Cuca, uma linda, serelepe e loirinha coocker spaniel.Um doce de "pessoinha"...

Ficou junto a nós sempre em todas as ocasiões. No parque, viagens, tudo  ela participava, pois era tremendamente educada.(como a dona?rsrs)

Quando  pensava que ela um dia pudesse morrer, ficava a me perguntar como seria se, na hora do adeus, ela chorasse?

Ninguém aqui em casa podia ao menos pensar nisso, ela era parceirona mesmo!

Porém esquecemos que ela foi ficando velhinha e nem queríamos perceber...

Tinha seus movimentos diminuiídos, caminhava mal, apenas o olhar dócil e sincero continuava o mesmo...

Dois dias após completar quinze anos, começou a sofrer e uivava de dores.Não podia mais respirar,estava muito mal.

 A veterinária foi chamada e pediu que a acompanhasse e foi decidido que ela sofria muito e o melhor seria acabar com o sofrimento pelo bem dela.

Assim foi e com muita dor no coração, acompanhei aquele triste momento.

Fiquei firme, ao seu lado, fazendo cafuné  , acariciando e na hora da aplicação da injeção, pude ver lágrima saindo de seu olhinho lindo ( como as minhas que só de lembrar insistem em cair agora)...

Asim, com aquela lágrima, olhinhos brilhando, mas cheios de amor ,me fitando nos olhos, diretamente como sempre fazia, ela se foi.

Na época jurei nunca mais querer outra cachorrinha por não imaginava mais passar por isso.

Meu juramento? Durou apenas três meses. Desde então, estamos com a CUCA II, uma linda, simpática e loirinha  ,igualzinha à primeira.

Mas não a substituiu.

Veio apenas tomar seu lugar na casa, mas em nosso coração e lembranças existem as duas.

Cuca II  está quase com nove anos.Espero não ver lágrimas em seus olhos nunca!  chica
Essa é a Cuca II

49 comentários:

  1. A emotiva aqui, ficou com os olhos marejados ao te ler.
    Sei bem o que é perder, como você mesma disse, uma "pessoinha" especial assim.
    Tive um lindo cãozinho, preto, chamado de Pelé.
    Amigo de todas as horas, que corria livre pelo quintal de nossa chácara.
    Lembro-me que quando eu chegava da escola, ele estava a me esperar, e pulava nos meus braços.
    Quando foi brutalmente atropelado e ficou todo machucado, eu quem cuidei dele, mesmo tendo apenas 14 anos...bateu uma saudade agora.
    Que a CucaII fique muito tempo com vocês.
    Beijos querida Chica.
    Tenha um bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Chica querida

    Tenho uma história igualzinha a tua só que a minha cocker (tb da mesma cor) chamava-se Kitty. Só de ler o teu relato encho meus olhos de lágrimas tb, porque sei o quanto é dolorido pra gente fazer isso: presenciar a morte não é uma tarefa fácil, muito pelo contrário, mexe com profundidade em todos os sentimentos que temos.

    Olha, o meu juramento tb durou pouquíssimo, peguei um vira-latas muito amadico que eu mimo até não poder mais...rsrsrs, chama-se Frodo!


    Um bj pra ti e lambjks pra Cuca do Frodo! ;)

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,Chica!!

    O amor é sempre o mesmo, não importa se por pessoas , animais...Queremos cuidar, proteger...
    Tiveste que fazer uma escolha bem difícil...nem posso imaginar a dor na hora,mas ficou firme, fez companhia, e com este gesto demonstrou todo o amor que sentia.
    Beijos com muito carinho pra ti!
    Te admiro como escritora e como a pessoa incrível que és!!

    ResponderExcluir
  4. Uma fofura!!!

    Animais de estimação são tudo em nossas vidas, né?

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  5. Olá Chica
    Sei o que vocês passaram. Quando o "Junior" morreu, eu quase morri junto. Jurei nunca mais ter animal e estou cumprindo o juramento, já fazem 8 anos e até hoje nada.
    Bjux

    ResponderExcluir
  6. Chica
    Nós também tivemos muitas cachorrinhas e todas as que se foram nos deixaram com um sentindo de perda muito grande.
    A ultima era igualzinha a sua. Temos duas lá em casa.
    Duas lindas.
    comc arinho Monica

    ResponderExcluir
  7. Bom dia CHICA !!

    Lembrei-me do meu MORENO , um gato lindo .Ficou conosco por 19 anos . Estavamos de mudança para casa nova , quando começou a ficar doente . Estava com ele no seu ultimo suspiro . Ficamos quae oito anos sem ter bichos . Agora quem manda na casa são GAGA e Bionce . Fazem o que querem . Relaxei ! Moreno sempre foi educado .Muito gostoso parar tudo e ficar vendo graçnhas delas.

    Um lindo dia !! Beijos !!

    ResponderExcluir
  8. AMIGA QUERIDA LINDO TEXTO LINDA HOMENAGEM AO TEU BIXINHO,QUE DESCANSOU DO SOFRIMENTO A´PÓS UMA VIDINHA,TÃO FELIZ AO TEU LADO,A GENTE SOFRE SEMPRE
    NÃO TEM GEITO NÃO É AMIGA,EU JA ME RECUSO A TE-LOS
    JA SOFRI DEMAIS,POR PERDER,UM BJ MARLENE
    cHICA ESTOU COM UM PROBLEMA NA INTERNET,POR ISTO QUASE NÃO TENHO FEITO VISITAS,MAS EM UMA SEMANA
    TUDO NORMALISA,ME AGUARDE,EU VOLTO BJS

    ResponderExcluir
  9. chica, tenho uma que é a cara dela...é sempre triste o momento em que um bichinho nosso tem que se despedir.

    abraços

    ResponderExcluir
  10. O animal de estimação passa a fazer parte da família e quando desaparece deixa muitas lembranças. Abração, Chica!

    ResponderExcluir
  11. Ai Chica, não gosto nem de pensar é muito triste.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Chica,muito linda a Cuquinha!Triste demais ter perdido a Cuca I...eu choro como criança,dói demais!Texto muito comovente!Bjs,

    ResponderExcluir
  13. Amiga peguei seu recadinho dependurado na parede, saí correndo que nem me arrumei direito ...mas vim ! Amiga chorei ao te ler, por já ter passado por iso, tem 3 anos que me despedi de minha york. Também tive que sacrificar, pois ja tinha 17 aninhos! Nao tive sua coragem de ter outro ainda ....Estou aqui e por muito tempo estarei por aqui contigo!Que seu dia seja iluminado!
    Obrigada por tanto carinho !
    bj
    V

    ResponderExcluir
  14. Fizeste-me vir lágrimas aos ollhos (e olha que não sou de lágrima fácil).
    Também tive um coocker spaniel que aos 12 anos teve que tomar a injeção pois estava cego e constantemente com otites que lhe provocavam grandes dores. O veterinário aconselhou... e assim se fez.
    Jurei não querer mais nenhum, mas... passado algum tempo não consegui resistir ao doce olhar do caniche que agora está cá em casa e fez 12 anos no dia 31 de Março. De vez em quando assalta-me a ideia de que em breve ele poderá partir... e fico doente.
    Se este se for antes de mim é que não quero MESMO mais nenhum! É muito sofrimento quando eles nos deixam.

    Uma boa semana. Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Imagino o que tu passaste.
    nosso cão tem 10 anos, e a veterinária disse q ele já está dando sinais de 'velhinho" e dia destes qd ficou doente , sai da clinica bem triste.
    A gente gosta muito destes seres amados.

    ResponderExcluir
  16. Anônimo6/4/11

    Oi, mãe !
    Que texto bonito e triste ao mesmo tempo !
    Estou aqui, "esbugalhada " de chorar ...
    Foi muito triste para todos nós , amorte da Cuquinha 1 , mas principalmente pra ti, que estavas ao lado dela , olhando aquela carinha linda se ir ...
    Vou parar por aqui, pois preciso sair daqui um pouco e não posso estar com a cara toda "amassada" ...
    Beijos,
    Tita

    ResponderExcluir
  17. Nem me fale...não quero pensar no dia que a lelé se for!
    Só de ler o teu texto comecei a chorar...imagine!
    Pra mim ela é minha filhinha!
    Bjos Chica

    ResponderExcluir
  18. Como esses bichinhos lindos conseguem mesmo nos encantar né? Eu tive um cachorro que durou 15 anos tb, é muito difícil a separação!

    Super beijos querida!

    ResponderExcluir
  19. Muito triste. Abraço.

    ResponderExcluir
  20. Chica
    Eu já tive cachorro, hoje não tenho mais. Imagino o quanto vc sentiu a falta dela, animal é como uma pessoa da nossa família, apegamos muito e é difícil dizer adeus. Me emocionei com sua história! Bjssssssss

    ResponderExcluir
  21. Muito fofas as duas! A gente sofre demais mesmo quando esse bichinhos se vão! São como parte da família! E não adianta, quando você se acostuma a ter um animalzinho por perto, não sabe mais viver sem nenhum!

    Um beijo, querida!
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
  22. Querida Chica,
    Lí o seu texto e não pude conter as lágrimas...
    Com o Pepi foi igual.
    Ele ficou diabético e cheio de problemas e tivemos também que acabar com o sofrimento dele
    Foi muito duro...
    Sei bem o que você passou,amiga
    Um beijo no seu coração e fique bem
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  23. Os meus ex-amigos animais estão todos no meu coração. :)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  24. Chica, vou te contar um segredo que descobri:
    Essas pessoas peludas de quatro patas que horas latem e horas miam e só trazem alegrias na vida da gente são anjos disfarçados...

    ResponderExcluir
  25. Chica, tenho 4 cachorrinhas, são a alegria da casa, todas 3 peguei na rua abandonadas, filhotes ainda, ano passado perdi a minha Yasmim, muita dor, é a vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Querida Chica!

    Acabaste de me fazer chorar...
    Lembraste-me de todos os animais, sobretudo gatos que já tive, desde criança e que partiram... uns atrás dos outros.

    Os meus últimos foram o Kilas e a Nina, ambos abatidos. Ambos com 18 anos de idade; a Nina vítima de cancer e o Kilas meramente de falência dos orgãos vitais.
    O Kilas foi de longe, o meu gato mais amado de sempre.
    Também eu o acompanhei até ao fim e só deixei de o olhar nos olhos quando o seu ficou completamente baço e lacrimejou.
    A médica pediu-me que não chorasse na hora e eu juro que tentei muito, mas não consegui deixar de falar com ele todo o tempo. Engoli os soluços e depois chorei todo o caminho até casa e ainda hoje choro só de pensar nele.

    Tenho agora dois gatos, o Malato e o Fred. Ambos jovens, o mais novo com menos de 1 ano e três meses de casa.
    Espero partir antes deles.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  27. Oi Chica, sumi pq estava sem computador, agora estou de volta. Que bom que gostou das fotos, o lugar é realmente encantador,
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. E por falar de Perdas, ficou otima lá no Pensando em Familia.Passei por lá amiga para ler sua bela e emotiva estreia do tema.Um abração.

    ResponderExcluir
  29. Imagino aqui a cena Chica.
    É comovente.
    O valor de um ser que nos é querido é muito grande e dói mesmo, quando algo assim acontece.
    Linda narração... Gosto de vir te ler e refletir em cima do texto, do amor que jorra dele.
    Já falei disso aqui outras vezes.
    Um beijo querida.

    Fernanda

    ResponderExcluir
  30. Minha querida
    senti a sua dor , pois passei por isso , e muito triste mesmo , só de ler seu texto lembrei da minha cachorra e chorei
    ufa ...
    bjs

    ResponderExcluir
  31. Parabéns por ter a sensibilidade e a razão de saber que vc tem que cuidar de seu animal estimado até o fim.

    Tenho experiências assim, mas com gatos, que são meus preferidos.

    Xêro!!

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica
    Imagino o sofrimento que deve ser perder um animalzinho nessas condições.A gente se afeiçoa com a qualquer outor membro de família.
    Espero nuna passar por tão triste experiencia.

    Que bom ter gostado da postagem do seu conto no meu blog.
    Todos gostaram! claro.

    abrços e obrigada

    ResponderExcluir
  33. Oiê..
    Bem?
    Cheirinho no seu coração floR!!

    ResponderExcluir
  34. EU PODIA DORMIR SEM ESSA!
    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    TU NÃO EXISTE!

    PODE PREPARAR O VELÓRIO!!!!!!!!


    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


    BRINCADEIRA!

    BOA NOITE AMADA!

    ResponderExcluir
  35. Ih, Chica... Eu passei por isso duas vezes em curto espaço. Amiga, é um sofrimento pra nunca esquecer; e peguei o terceiro... Não quero pensar! São tão nossos amigos, é um sentimento tão sincero, tão puro, tão grande que posso lhe dizer que raramente se vê nos humanos. Quem é ligada em bichos, por certo sabe e concorda com que eu falo.

    Beijos, não pense nada antes da hora. É sofrer por antecipação.

    Tais Luso

    ResponderExcluir
  36. Ai, que tristinho. Perdi meu gato André, meu siamês amado e desde então não quis mais bicho algum. A sensação de perda é ruim demais.

    Tem cara de moleca a Cuca II.
    Beijo, Chica.

    ResponderExcluir
  37. Ai Chica, gostei de ler não! snif, snif...eu tenho um poodle(dez anos)meu fofo companheiro e já me preocupa o final-ai dói!! eu com certeza, jamais vou querer outro .Já passei por essa dor três vêzes-chega!! ai, xau!!

    ResponderExcluir
  38. Ai Chica, vc me fez chorar com este teu texto agora. Tive uma cadela chamada Gabriela, foi dura a separacao. Desde entao nao consegui ter outra cadela. Já tivemos papagaio, passarinho, porquinho da índa, mas outro cao ainda nao estou preparada.

    Um lindo dia pra você.

    Bjao

    ResponderExcluir
  39. Triste, mas é o ciclo da vida. Nós é que não nos acostumamos a este ciclo, não é?

    Tenho uma cocker preta, beirando os 12 anos. Logo se vai, mas espero que ainda demore um pouco. Mas será dolorosa a partida.

    Chica, minha amiga. Nos conhecemos desde meus tempos de RL. E fico imensamente grato por sua presença em meus blogs, tanto no Abismo quanto em meu novo projeto, o Arena das Crônicas.

    Agradeço também seu comentário na entrevista com a Fernanda. Essa nova coluna era algo que estava me deixando ansioso, mas, por sorte, foi bem aceita. E quero deixar aqui um convite futuro, para que você seja uma das entrevistadas. Seria muito ter a sua visão sobre a blogosfera.

    Abraços, Chica.

    Marcio

    ResponderExcluir
  40. Oi Querida!
    Me emocionei muito com sua postagem.
    Tenho cachorros e uma delas já está com 12 anos, não posso pensar na minha vida sem ela. Esses bichinhos nos amam incondicionalmente!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  41. Já passei por isso! E a gnt jura nunca mais ter outro bichinho, mas não tem jeito! Estou aqui com minha segunda cadela também, com 8 anos! :) Eles são nossos amigos verdadeiros! Bjs e boa quinta!

    ResponderExcluir
  42. Oi chica,eu tenho uma pagina no meu blog que se chama saudade,e relato nela a falta da minha companheira loura eve, hoje sou feliz com a chiquita,mas a saudade permanece e o trauma de uma operação mal feita.

    ResponderExcluir
  43. Ai a nova Cuca é tao linda e cabeluda!
    Nos apegamos nesses bichinhos, muitas vezes mais do que em pessoas...

    Beijos Chiquinha!

    ResponderExcluir
  44. Ai Chica, tô eu aqui me desmanchando e Max lambendo minhas lágrimas. É meu "neto" poodle de 05 anos...só de imaginar...ai quero nauuummm.
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  45. Eles nos prendem mesmo o coração!Algumas vezes a sua companhia vale mais do que de muitos humanos.Grande abraço Chica!

    ResponderExcluir
  46. Não preciso dizer que chorei ao ler esta postagem. Tenho sérios problemas com bichinhos e velhinhos de tanto amor que sinto por eles. Não me imagino vivendo o que você viveu! Também não preciso dizer que foi a Soninha que me levou a você e tudo que vem dela é ótimo! Amei seu blog e estou seguindo! Um beijo bem forte e parabens pela cadelinha!

    ResponderExcluir
  47. Chica

    Essa história me fez reviver os momentos da partida do meu Dinker ( um Cocker Spainel) o noss peio que estará guardado sempre no nosso coração.

    Como dissestes o tempo passa e não sentimos eles envelhecerem. Um amor muito grande e que só quem vive ou viveu sabe entender.

    Lindo demais, me fez chorar!!! Quanta saudades!!!

    Parabéns amiga e um grande beijo no seu coração

    ResponderExcluir
  48. Ai Chica que estória, eu também já tive uma cadelinha a Estrelinha que precisou passar por isso, ela deu câncer de útero.. Viveu comigo por nove anos, agora tenho outra cadelinha a Chansey, so de pensar em passar por isso novamente me da uma horrível sensação, mais todos nos mesmo sem querer temos que ir um dia, isso me causa náuseas as vezes ... bjs!

    ResponderExcluir
  49. eu lembro de você falar sobre a Cuca, dela te acompanhar ao trabalho no escritório de advogacia...

    Senão me engano, este era o relato sobre ela (o descrito acima).

    Eu nem quero penso nisto, da morte de Botafogo, pois ela vai fazer bastante falta para aqui em casa.

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿