* Tatuagens e...tatuagens!



(((o)))o(((o)))o(((o)))



Na família de Zeca, todos eram muito unidos.
O problema de um, era o de todos!

Ele era o caçula e não gostava de nada de formalidades.Sua vida, era levada  na maior leveza e queria aproveitar tudo.

 Assim, apenas saía  do trabalho numa agência de propagandas ,aproveitava o resto do tempo curtindo seu skate, futebolzinho com amigos e tudo mais que aparecesse.

Em casa, era quase visita.

Uma de suas irmãs,Marília havia ganho bebê  e como devia trabalhar, este ficava sob os cuidados da avó, sua mãe.

Tininha, como era chamada a bebezinha, era linda e a todos conquistava. Apenas Zeca não queria lhe dedicar seu tempo.

Dizia:
_ Não posso ser babá, tenho que viver a minha vida.
E assim,raramente entrava em contato com ela.

Um dia, porém, chegou em casa e tudo estava em silêncio. Passou pelo quarto de Tininha e a viu dormindo como um anjinho. Ali mesmo se aninhou, pois foi  acometido de uma enorme onda de ternura.

Ficou ali, aconchegado com ela e adormeceu abraçado à pequeninha.

Quando acordou, na manhã seguinte, aparece Marilia  e lhe mostra algumas fotos que fez daquele momento.

Ele nunca imaginaria isso!

 Mas ao olhar uma delas, teve a idéia que faltava para a campanha do Dia dos Pais que se aproximava e para a qual haveria de apresentar um trabalho.
 De imediato tratou de  ajeitar a foto e  a deixou assim...



Com ela saiu feliz para o trabalho e, mas sentia algo diferente em seu coração. Estava definitivamente tatuado pelo amor daquela pequeninha, que alheia à tudo, ainda apenas sabia sorrir e dormir...

Mas, com certeza, muito iriam aprontar juntos!

Chegando no trabalho, manda um email à sua irmã, Marília:

"Obrigado pela força, mana! Estamos junto nessa"!!!