* Chica recebe a visita de uma "crítica"...


Certo dia tive um sonho e nele, surge a Chica Crítica que me perguntava qual é a minha relação com a poesia.
Respondi:

_ Não sei, sei apenas que não tenho nada de poeta e apenas gosto de escrever o que sinto...

Ela silenciou mas eu continuei, pensativa, então desta vez, me questionei:

_ O que é realmente a poesia pra mim?

Vi que a vejo num cantar de galo,inesperado, em meio à cidade,num domingo pela manhã...

Num sino da igreja, avisando aos fiéis que é dia de missa...

Num passarinho que visita a janela cantando ou simplesmente pulando de um lugar a outro; numa flor fechada ao me deitar na noite anterior,que se abriu e desabrochou pra me alegrar...

E em tantas pequenas coisas que me cercam e fazem parte do meu dia-a-dia...

Passa um tempinho, volta a Chica Crítica afirmando:

_ Mas, te dás conta que não és capaz de fazer poesias e muito menos nelas colocar palavras apaixonadas, daquelas que só de ler, ficamos enlevadas?
Por que isso?

Pensei, e veio a resposta:

_ O amor está dentro do meu coração e é ele que me faz ver poesia nessas pequenas coisas.

- Pronto! Deu pra entender,agora sua Chica chata e perguntadora?

Virei para o lado e tentei dormir novamente...

Nessa hora,fui acordada por um ronco, rrronccccccccccckkkkrrrrrr e...acabou toda a poesia!!! rsssssssssss...