♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥

♥ Brincar,imaginar e responder 3... ♥
Cliquem pra ver, no chica escreve por aí!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

* Um adubo especial...


Foto retirada do Flickr

Essa é minha participação na 29ª edição do Mil Palavras.

(((o)))o(((o)))o(((o)))
Hilda trabalhava à noite ,vendendo rosas em restaurantes.

Esperava apenas Ronaldo,seu marido retornar do serviço e se despedia das crianças com um beijo, dava as recomendações necessárias à ele  e saía. Assim passavam os dias.

Para ela não havia feriados,pois nos finais de semana, suas vendas eram sempre melhores.

Naquela noite, sentia-se mais cansada do que o normal. Cuidar da sua turminha em casa o dia todo e ainda aquele trabalho, lhe desgastavam. Sentia também uma pontinha de tristeza...

Eram 21.30hs, ela vendeu algumas rosas numa festa à entrada do restaurante e de repente, viu alguém chegando com um pacote de presente enorme, pronto para ser entregue à aniversariante.

Ficou espiando imaginando o que seria. Olhou tudo e viu que a  mesma,nem sequer o abrira.Colocara ao lado ,num espaço reservado.Era tudo tão natural aquilo para ela...

Olhou  e pensou:

_Puxa,e nem sequer um beijo  ganhei de Ronaldo , nem mesmo hoje.. E ela também aniversariava.

Ouviu os cumprimentos todos lá da festa, os parabéns e de repente, com os olhos em lágrimas, resolveu regressar à casa.

 Levou pela primeira vez para ela as rosas que do dia sobraram.Eram cinco...Se deu de presente!

 Chegou em casa,colocou-as num vasinho,sentiu seu perfume, admirou-as mais ainda...Essas pareciam diferentes: eram suas!

Saiu dali, foi no quarto dos filhos, beijou a todos  que dormiam, cobriu  o pequeno, que estava descoberto...
Sai dali, dá mais uma olhada nas suas rosas e vai dormir...

Amanhã seria um novo dia!

No seu quarto, olha para  Ronaldo que roncava, como se fosse aquele apenas mais um dia...

Mas valia a pena, pensava.

Tudo mais era pequeno diante da alegria que ela tinha deixado naquele quartinho dos filhos   que, como as rosas para crescer, precisavam ser bem adubados...E o seu adubo era o amor.

Esse fazia milagres e por esse ela esperava sempre! chica

36 comentários:

  1. E quem não espera por um carinho, por uma atenção? Isso não custa nada. A moça magoada sentiu isso porque ela tem muito amor, e o amor faz a diferença!
    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Existem milhares de Hildas por aí, sem afeto, sem carinho, mas de certa forma felizes, esperando por dias melhores para os seus filhos.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. De fato, Chica, o amor é um adubo poderoso e necessário!! Lindo este seu blog. Já o estou seguindo. Grande beijo, bom dia :)

    ResponderExcluir
  4. Uma realidade triste, mas, temos que lutar por dias melhores, vale a pena.
    Beijossss pessoa especial que eu adoro ler.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia amiga, como é difícil quando não se recebe um carinho, um reconhecimento não é?
    Ainda ontem conversei com alguém que passa por uma situação dessas, mas como já temos conversado tanto sobre isso, disse que não devemos dar tanta importância ao que as pessoas não tem e não conseguem dar.
    O importante é fazermos a nossa parte com amor, usando ele com adubo como você citou no texto,um dia ele fará com que os frutos apareçam.
    Beijos e um lindo dia pra você!

    ResponderExcluir
  6. Oi Chica!

    Vc sempre arrasando nos seus contos...
    Parabéns!
    Ótimo dia!!!

    Bjooookas!

    ResponderExcluir
  7. Poxa, que conto lindo!!
    Muitas mulheres se sentem ou já se sentiram uma Hilda na vida, pode ter certeza!!
    Acho que a mulher nasceu para isso e temos que ser forte p/conseguirmos superar tudo isso. Com certeza, olhando aqueles rostinhos tão lindos, pensamos que nem tudo está perdido e que ainda vale a pena!!
    Adorei!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Belo e real conto. Fico pesarosa por que não tem o reconhecimento do amor, pois sou rodeado de afeto por minha família e amigos e ontem, meu niver, passei, como em todos nos demais anos, o dia recebendo esta atenção tão necessária em nossas vidas.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Mas bem que o Ronaldo poderia acordar e dizer que a ama, pois os melhores presentes não são exatamente o mais caros, mas sim o que nos fazem sentir tão bem...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Uma vida triste essa da Hilda,mas bem real como em tudo que você coloca nos seus contos.
    Abraço grande,Bergilde

    ResponderExcluir
  11. E como é necessário esse adubo para que a vida tenha viço!!!

    Jinhos prá você menina Chica

    ResponderExcluir
  12. Um coração grande faz milagres.
    Belo conto.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. O amor é mesmo o adubo que todos precisamos para viver. às vezes basta uma palavra para mudar o nosso dia. Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. precisamos de amor e carinho para fazer valer a pena a vida, estar neste mundo e não ter e sentir amor, não vivemos...
    amor dá o sentindo valor da vida.
    Tenhas uma tarde produtiva.

    ResponderExcluir
  15. Generalizar é sempre ruim, mas os homens realmente tem esse dom da insensibilidade muitas vezes. Eles acabam achando desnecessários certos gestos, cheios de encanto e simplicidade. Que pena!

    Amei o texto, Chica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Obrigado por me aceitar em suas páginas! Obrigado também pelo comentário em meu blog.
    Abraços Fraternos!

    ResponderExcluir
  17. Olá Chica.

    Temos sempre que adubar o amor com carinho, se não ele morre.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Ah Chica, que emocionante e delicada esse conto.
    Que pessoa linda a moça das rosas.
    Na verdade agraciada também haviam seus tesouros( filhotes) dormindo no outro cantinho.
    E o presente dela era especial tinha uma familía todos os dias e por eles com certeza ia trabalhar feliz.
    Na verdade somos agraciados cada um de um jeintinho especial.
    Parabéns amiga, teus textos sempre me fazem lembrar uma lágrima de felicidade.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  19. Ora, ora... ela també merecia um pouco de amor...
    linda história e ao mesmo tempo triste!

    ResponderExcluir
  20. Lindo conto,Chica ... até me emocionei
    Parabéns pelos seus maravilhosos textos
    Um beijão
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  21. Tem selinho para você no blog
    http://cantinhodoescritoreleitor.blogspot.com/2010/09/este-selinho-e-um-charme-mesmo-e-eu.html

    ResponderExcluir
  22. Chica querida

    Amar-se tb é uma forma de amor!
    Lindo texto, faz pensar!


    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Mas que marido insensível né? Ainda bem que ela tem um coração cheio de amor pelos filhos e palas flores.

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Chica

    Amor!!!! O melhor entre todos os adubos!

    Belissimo texto, belissima história, cativante e encantadora!

    Estou extasiado e feliz por te-la lido, grato minha amiga!

    ResponderExcluir
  25. Querida Chica sempre impressiona com suas palavras!
    bjs
    Lulu & Sol

    ResponderExcluir
  26. É Chica, o mundo ainda é bom somente por causa dos bem intencionados, que pensam em si somente por último!! :) Beijus,

    ResponderExcluir
  27. É amiga, o amanhã será sempre um novo dia. Quem sabe, menos cinzento e mais colorido.
    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  28. Chica,

    Que percepção... que delicadeza!
    Falta-nos (aos humanos de maneira geral) algumas delicadezas, ou "adubos" como esse...

    Linda participação!
    Beijos

    Ps: respondi seu comentário no próprio blog, tá?

    mais beijos

    ResponderExcluir
  29. Oiee!!
    Nd como um pouco de carinho pra adoçar a vida, não é o presente em si muitas das vzs, mas a atenção, o cuidado, o querer bem, estes são super fundamentais pra se bem viver, mas é feito plantinha que precisa adubar a terra e regar de vez em qdo.
    Bjss no ♥ e lindos sonhos!!

    ResponderExcluir
  30. Chica

    Quero acreditar que os sentimentos se cruzam.

    Abraço

    António

    ResponderExcluir
  31. Chica, bom dia!
    Aqui estou para te deixar um beijo e meu carinho.
    Tenha um dia lindo.
    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  32. O verdadeiro amor é desinteressado e incondicional!...tudo ficção...na prática, gostamos de sentirmos esse amor.
    Forte abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  33. Mas bah, Chica.
    Sua Hilda tá muito Amélia, era bom de dar um pé nesse Ronaldo...Arrumar alguém que goste de flores. Afinal a vida passa,os filhos crescem...E dai? Vai ficar com as rosas murchas?
    Muito bom seu texto, veja a reação que me provocou...
    Abração e boa sorte no concurso.

    ResponderExcluir
  34. Chica, querida
    Meu Deus, que encanto você traz nas palavras, até naquelas que nos fazem refletir.
    Será por que o Ronaldo dormia tanto assim?
    Condicionado pelo meio cultural onde afeto não é coisa de homem?
    E ela, será que teria coragem de dizer para ele que sua atitude indiferente lhe causava tristeza?
    O que a rotina, o cansaço provoca em nós?
    Amei Chica, de paixão.
    Ainda bem, que ela tomou a decisão certa, valorizou o que ela tinha de melhor.
    beijos.

    ResponderExcluir
  35. PARABÉNS PELO BELO E LINDO TEXTO.
    SUPER LINDO.
    ESTOU TAMBÉM
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/2010/09/coletiva-palavras-millevo-rosas_24.html
    OBRIGADA AMIGA POR TER VINDO NA FESTA.
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderExcluir
  36. Que delícia de crônica, adorei!!!!! O adubo é realmente a força motriz de nossa vida. beijos

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿