Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

* Erros que marcam...

Imagem daqui

Essa é minha participação  na 12ª edição do Projeto IN VERBIS

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Tarefa:
Continue a história, conto, poema, etc a partir da frase "Espero aprender com os meus erros, pois há muito tempo deixei de acertar..."

O que aconteceu? Quais são os erros?Usem a criatividade.
Regras: O texto deve começar com essa frase, ela não pode ser colocada no meio nem no final.
A frase não pode ser alterada.
(((o)))o(((o)))o(((o)))

Espero aprender com os meus erros, pois há muito tempo deixei de acertar, lamentava-se George falando ao Beto,seu melhor amigo.Porém, não tem sido fácil viver assim.Nada dá certo e só arrumo problemas...

- Por que falas assim,o que te deixa pensar dessa forma?

-Sou um fracassado... Tive tudo em minhas mãos, oportunidades, melhores colégios, viagens de estudo e lazer, meus pais fizeram o que podiam e muito mais e eu apenas os decepcionei. Depois , me reergui, mas agooooora...

Tu és o único amigo , de verdade, com quem posso contar.Os outros ,apenas se aproveitaram das minhas condições e situação,sugaram o que podiam e me ajudaram a cair na vida...Estou quase no buraco.

Após tentar acalmaro amigo,Beto saiu dali, cabisbaixo. Precisava fazer algo.

À noite, não conseguia dormir, preocupado.

No dia seguinte, após pensar e repensar, vai até o escritório de pai de George, pede à secretária que lhe encaixe um horário, já que o assunto era importante e lhe dizia respeito.

Em menos de quinze minutos,gaguejava, já diante do Sr. Pierre e tentava lhe colocar  a situação de  seu filho. Sabia que ele estava metido em alguma enroscada e que precisava mais uma vez,de ajuda...

Falou tudo,pediu que aquilo ficasse em segredo entre eles,mas que fosse feito algo, pois sentia que as coisas não estavam andando bem.

Naquela noite, Pierre, ao chegar em casa e após o jantar,pede que Maria,a governanta,se retire e peça ao filho para descer.

-Precisamos conversar,diz, ao ver o filho,abatido...

-Tenho notado teu comportamento, O que tens,estás tão agitado,nervoso, não me olhas  mais nos olhos...O que está acontecendo? Posso te ajudar?

O filho abre o coração e diz que além de estar desempregado e ter omitido tal fato, ainda por cima,será pai de uma menina, fruto de um relacionamento e que está recebendo ameaças de amigos dos quais emprestara dinheiro...

O pai, calma e tranquilamente, com o de costume, ouviu tudo com atenção e disse...

-Fica calmo! Nós vamos dar um jeito!

Assim agindo, nem ao menos se dava conta que estaria resolvendo temporariamente.
AQUELE problema do filho,seria resolvido, porém  muitos outros haveriam de aparecer...

O filho não conseguia aprender, crescer...havia sempre quem o acobertasse...

Beto, o amigo, de longe, observava e pensava que  os erros, ainda que involuntariamente, eram dos dois...

chica

40 comentários:

  1. Nem sempre se aprende verdadeiramente de primeira.No entanto permanecer no erro é insensatez.

    Embora a base venha daquele que caminhou bem primeiro...

    Gostei muito Chica.
    Parabéns, merece uma boa reflexão.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Chica,
    Que belo texto, hiper envolvente e reflexivo!
    Parabéns pela participação!

    bjus e boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. Chica

    Bela participação. Muito humana. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom para reflexão
    Acho que temos sim que ajudar nossos filhos, mas de uma forma que eles possam crescer e não incorrer em mais erros
    Beijos Chica, você escreve muito bem, adorei!

    ResponderExcluir
  5. Ola CHICA,
    teu post e muito bom para pensar, reflexão,meditar e eu gosto muito de isso..

    disculpa meu portugues ruim!

    parabens amiga
    beijos, besos , bisous

    ResponderExcluir
  6. Ah os filhos...As vezes o que me dá mais medo é que eu não os tenha ensinado a crescer. Lindo o texto, Chica. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  7. Correto, muitos pais no desejo a ajudar os filhos, acabam impedindo o seu crescimento, e se tornarão eternamente dependentes dos pais. Para crescerem os filhos precisam aprender a resolverem seus problemas.

    ResponderExcluir
  8. Seus textos/posts sao tao gostosos de ler. Tem de tudo: alegria, tristeza, aprendizado, mensagens importantes... bjos

    ResponderExcluir
  9. As vezes tempos de amadurecer, pois não podemos ser sempre crianças...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Uau! O conteúdo de teu conto é de uma beleza e ao mesmo tempo, de uma tristeza imensa - realmente, nós pais, muitas vezes acobertamos nossos filhos... não damos condições de crescer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. O erro é pedagógico, já diziam alguns pensadores. Entretanto, permanecer no equívoco, é disfunção da inteligência. Há alguns detalhes interessantes no conto: ao menos o diálogo foi principiado; o amor paterno, ainda que equivocadamente aplicado, se fez presente; houve cumplicidade familial; e ambos iniciaram
    um processo de aprendizagem com os próprios desacertos. Serão desencadeados outros episódios, todavia também outros encontros entre pai e filho serão permitidos e isso fortalecerá os laços hoje tão estrangulados.

    Seus contos, Chica, permitem sempre a ampliação das reflexões!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  12. Hola Chica,

    muy bueno tu texto y es verdad, hay muchos padres que proceden así...

    Te dejo saludos,

    Sergio.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom Chica e essa situação é um erro que muitos pais cometem acobertando os filhos e não deixando eles se prepararem para vencer na vida por si só.

    Belíssima participação.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga Chica!

    Olha"! Curiosamente estou aqui após a Irene, que esteve depois de ti lá no Rau :))))

    Este belo texto, dá pano para mangas...
    mas resumindo e concluindo, a verdade é que muitas vezes, quase sempre mesmo, os pais não deixam os seus filhos crescer...
    Ajudar e proteger não implica necessariamente, que os próprios não sejam responsabilizados pelos seus erros.
    A maturidade só se atinge quando vivemos e superamos os nossos próprios problemas...

    Gostei, como sempre, do tema e da forma como foi abordado.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Acho que desde cedo, o pai tem que ir jogando aos poucos, o peso da responsabilidade sobre os ombros do filho, para que ele cresça consciente das suas obrigações, valorizando cada dia da sua existência, seguindo sempre o caminho do bem e selecionando melhor as suas companhias. Belo texto minha amiga. Belíssima participação.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  16. Mas bah, Chica.
    Esse é um dos dilemas de todo pai e toda mãe; a hora de dizer não...
    Pais que não compreendem a necessidade do não acabam por estragar seus filhos.
    Abração e boa sorte.

    ResponderExcluir
  17. Um dos meus lemas de vida é aprender ao máximo com os erros dos outros...
    Quando erro, assumo o erro e não culpo terceiros.
    Mais um excelente conto...muito verdadeiro...até na questão da amizade de interesses, em que na maioria das vezes assim acontece infelizmente.
    Abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  18. Precisamos aprender com os erros!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Chica,
    Lendo esse texto, eu agradeço muito a Deus me ter permitido usar o "não" na hora certa e dar limites ao meu filho. Muitos pais acham que dando tudo aos filhos estão agindo corretamente, mas não é bem assim...podemos ver os erros deles mais tarde e saber que a culpa é nossa... deve ser um castigo imenso. É um sofrimento ver um filho meio sem rumo e sem saber por onde ir... porisso temos que saber bem como criar nossos filhos né Chica?
    Bjs carinhosos
    Márcia

    ResponderExcluir
  20. Chica,

    Gostei muito deste texto profundamente pedagógico! Parabéns.

    ResponderExcluir
  21. Oi Chica,

    É sempre mais fácil enxergarmos os erros dos outros. Eis um motivo que retarda nosso amadurecimento e que, muitas vezes, então, se segue com o sofrimento da incompreensão ou da dificuldade em sair deles, erros.

    Beijos e bom final de semana,

    ResponderExcluir
  22. quando cometemos erros, sempre é bom ter alguém pra nos ajudar a resolver, não que fique no nosso lugar e tome os problemas, mas um umbro pra desabafar, ver as coisas com mais clareza :)

    ResponderExcluir
  23. Bela reflexão... Que os erros nos ensinem cada vez mais.
    Abraços,
    Lu

    ResponderExcluir
  24. Chica
    Ser reponsavel é um dos valores que o pai tem que ensinar pro filho.
    Voce contou uma história séria. O resultado é que devemos aprender e fazer direito vendo estes exemplos.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  25. ... passando rapidinho por aqui e deixando beijo, beijo...
    Excelente fds!
    She

    ResponderExcluir
  26. Chica adorei o texto e o assunto abordado! Devemos criar, sim mas dar condições de nossos filhos voarem sozinhos!
    Beijos menina

    ResponderExcluir
  27. Chica aprender com os nossos erros e dos outros já é um crescimento,e algo positivo.
    As vezes a gente não percebe,ou custa para ver.
    Mas errar é humano...
    Gostei do texto, como sempre mt criativo.
    desejo-te um ótimo fim de semana.
    Fica com Deus.
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Obrigada por passar sempre no meu cantinho!
    Adorei aqui, vou voltar mais vezes!
    Bjsss
    Dani

    ResponderExcluir
  29. Oi Chica!!
    Seja bem vinda ao Mix!!!!
    Nossa, vc tem vários blogs!!!
    Vou tentar conhecer todos!
    bj

    ResponderExcluir
  30. Olá Chica!

    O erro é necessário para o amadurecimento humano.

    Abraçoes e belo texto.

    ResponderExcluir
  31. Ainda não postei o meu. Farei mais tarde. Terminei de colocar em dia os outros textos.
    Ficou muito linda sua participação.
    As músicas nos falam de amor..Poesias. São verdades cantadas em formas de canção.
    Também estou participando com a interação de amigos.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Convido vc para conferi também.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  32. Estamos sempre nesse ir e vir de erros e acertos ao longo da vida. E realmente os pais não sabem o quanto nocivos são pros seus rebendos ao maquiarem seus erros.

    Vemos exemplo disso todos os dias nos noticiários...

    Beijos, Chica.
    Parabéns pelo post inteligente e reflexivo.

    ResponderExcluir
  33. Chica, pela experiência de vida que vc tem, só poderia ter escrito um texto belíssimo como este.

    Bjao

    ResponderExcluir
  34. Oi,Chica!Td bem?Obrigada pela visita ao meu blog.Nunca aprendemos nada se não cometemos erros.Erros e acertos fazem parte da vida, eu adoro uma música do Pato Fu que diz "As brigas que ganhei nenhum trófeu como lembrança para casa eu levei as brigas que perdi estas sim eu nunca esqueci". Acredito que é bem isso são nas brigas que perdemos que crescemos, evoluimos...
    Errar faz parte do aprendizado e se sempre houver alguém apra acobertar nossos erros nunca cresceremos de verdade.
    Um ótimo final de semana!
    Beijosss

    ResponderExcluir
  35. "Fique calmo, nós vamos dar um jeito."
    Marca registrada brasileira que você usou com muita propriedade, Chica!

    Beijos

    ResponderExcluir
  36. Parabéns Chica
    Adorei o texto!
    Só errando se aprende.

    Bjs dos Alpes

    ResponderExcluir
  37. Muito bom o texto, excelente para uma reflexão!

    beijos

    ResponderExcluir
  38. Bom dia Chica!

    ótimo conto e com um final realista. O de que ao "ajudar" o filho toda vez que precisa, não permitiu que o mesmo amadurecesse. Ficará sempre dependente de alguém para ajudar.

    bjs e bom domingo

    ResponderExcluir
  39. Lindo amiga. Cada um de nós tem os seus próprios erros. Não podemos nunca apontar e sim, ajudar. Bla participação. Já postei a minha. Vou te esperar.
    tp://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  40. Lindo amiga. Cada um d enós tem os seus próprios erros. Não podemos nunca apontar e sim, ajudar. Bla participação. Já postei a minha. Vou te esperar.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿