Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

* Notas tristes...

32° Edição VISUAL do Projeto BLOINQUÊS

Tarefa:
Conte-me quem é a pessoa que está segurando o violão, o que ela está tocando. Diga-me se ela está feliz ou triste... Narre através de um conto a história da imagem.

(((o)))o(((o)))o(((o)))

Fim de férias...
A tristeza entre a turma já era sentida.

Deveriam retornar às suas casas e retomar seus trabalhos

Uma turma animada que passara vinte dias juntos,hoje tinha outra preocupação: deixar a casa alugada em ordem, limpa, para que passasse pela vistoria da imobiliária de onde a tinham alugado.

Todos trabalhavam, exceto Ana, que implorara a uma das moças para ir junto na viagem.
Ela, que passara seus dias ali sem nada fazer,nem sequer aproveitar, não se preocupava com nada...

Tudo pronto, chega a hora da partida. Todos os carros iam , pouco a pouco para a estrada.Se encontrariam no trabalho, no dia seguinte...

Todos, menos Ana, que para surpresa geral, comunicou que não regressaria junto.Precisava mais alguns dias para dar um jeito em sua vida...Ela sabia que ali seria bom para isso.

Havia, naqueles dias, repensado sua vida.

Viu que não tinha a alegria dos outros.Não tinha nenhuma alegria de viver.Não mais voltaria, faria qualquer coisa, menos voltar...

Sem casa, apenas com uma mochila nas costas e o violão sai em busca de outra vida... Qualquer coisa seria melhor do  que vivia.E ninguém se havia dado conta...

Com esse sentimento, caminha muito até chegar na casa de D.Clotilde.
Esta a recebeu muito bem, gostou da sua aparência e lhe deu oportunidade de ganhar dinheiro ali...

Porém o que D.Clotilde não imaginava era que ela ali, também não pretendia fazer nada, como em toda sua vida...

Apenas disfarçava, saindo de casa com o violão, dizendo tocar me bares à noite e assim sobreviver.

Usava as pessoas que apareciam na sua vida, que lhe davam oportunidades as quais desprezara todas...

Ficava apenas deitada em sua cama,com seu único bem:o violão...
Comida,já não lhe apetecia...Seu quarto cheirava mal...

Mas agora, desta vez, havia se dado mal... D.Clotilde não era boba e lhe deu um ultimato...

Naquela noite, deveria trabalhar ou sair dali, após o show da casa...

Três horas da madrugada,fecha-se a casa, Ana sobe...

Dlem,dlem dleeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeen...foram as últimas notas que aquele violão tocou na sua vida...

Ana, com suas cordas, se enforcara...

Tudo acabou...
Apenas passou pela vida!
Nada fez,nem as notas alegres soube aprender a tocar!

36 comentários:

  1. Trágico, mas bonito e retrata a realidade de muitos, infelizmente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá,Chica!Td bem?Passando para conhecer seu blog.
    Vou topar a tarefa de falar sobre a imagem do início do post.A pessoa que está segurando o violão é Marina, minha espécie de auterego,hihih.Ela está feliz, apaixonada pela vida, pelas pessoas, pelo mundo...Ela está tocando love is in the air...
    Beijosss

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Chica, uma história de cortar a respiração. Ana nunca fez nada, para além de enganar os outros, talvez ela precisasse de um ombro amigo que a ouvisse e ensinasse o caminho.
    Ás vezes um olhar amigo e sem desdém faz a diferença, a Ana não teve essa sorte!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderExcluir
  4. Nossa que fim trágico e triste da Ana né Chica!!!
    Infelizmente existem muitas Anas pelo mundo afora...que pena ...que pena...
    Bjs e tenha uma noite abençoada
    Márcia

    ResponderExcluir
  5. Triste, mas infelizmente acredito que isso acontece na vida de certas pessoas. Nao sei porque nem como, nao conseguem enxergar que somente elas tem absoluto controle sob suas vidas.

    O caminho que escolhem ou nao, as decisoes que tomam ou nao, as acoes que decidem tomar ou nao... tudo eh consequencia das nossas diarias escolhas.

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Muito triste essa história, mas retrata bem a situação de muitos hoje em dia. Vc continua escrevendo muito bem, Chica! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. Chica
    Triste mas muito bem escrito. Excelente participação.
    Boa sorte!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Pois é Chica, embora tamanha tristeza retratada nos remeta à solidão social, a que muitos se submetem, eu ainda continuo sem entender porque também alguns ceifam a própria vida! Juro! Não dou conta de aceitar! Por maiores que sejam os distúrbios, os desencontros, os desacertos... Não concebo a idéia de que essa dádiva, que é viver, possa ser violentamente arrancada, negando assim a todos e a tudo o que foi vivido.
    O que é significativo, quando se escreve para um público tão plural, é justamente a possibilidade de despertamentos: de discussão, de reflexões, de ponderações, de valores, enfim, do leitor e seus pensamentos! E você, no seu jeito de grafar a vida, consegue tais provocações. Mérito da competência que aí reside!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Muito boa tua historia...
    amo teus textos

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Que triste essa história, embora saibamos que aconteça muito.

    Mais um belo texto, Chica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Chica, embora escrito cheio de sentimentos foi triste ler o final da história da Ana. E pensar que tantas pessoas apenas passam pela vida, sem se darem conta do tanto que podem oferecer. Ana poderia alegrar muitas pessoas com as notas dedilhads em seu violão.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Hum pouco triste, pois se ela tinha o violão como paixão, por que não virar uma artista da música?

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Infelizmente quando não se consegue dar sentido algum a vida o final não costuma ser bom. Uma pena.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Chica!

    Adoro seus textos, mesmo os mais tristes como esse. Infelizmente, o suícidio é algo que está tão corriqueiro, né?! Só esse ano perdi um amigo e 5 conhecidos que se enforcaram. Não dá pra entender...É mto triste.

    Um beijo, querida!

    ResponderExcluir
  15. Coitada da Ana, é tão triste não ter esperança.
    bjs querida

    ResponderExcluir
  16. Chica, realmente é muito triste a falta de objetivos, a falta de esperança
    Penso que tem muitas pessoas assim, que precisam de um tratamento, de uma ajuda, porque sozinhas não conseguem
    Beijos e um ótimo dia pra você!

    ResponderExcluir
  17. qdo vi a foto, pensei que era uma menina com saudade do amado, que deixou seu violao e partiu, e nas horas de saudade ela dedilhava as cordas para sentir o toque dele...
    beijo!

    ResponderExcluir
  18. Oi querida, que interessante está seu blog, parabéns pelas iniciativas!
    Um grande bjo procê minha amiga!
    Gena

    ResponderExcluir
  19. Que história mais triste,Chica
    Infelizmente a vida é assim, alguns perdem o encanto pela vida, não lutam... é uma pena!
    Estamos com saudades de suas visitinhas...
    Tenha uma linda tarde
    Beijinhos mil
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  20. Esse foi bem tristinho Chica
    Infelismente acontece , nao é só ficção e voce sabe explorar esse lado mais dramático também.
    Escritores são assim , nao tem pena dos leitores, quando tem que dramatizar , ele faz assim rsrs
    florzinha deixo um grande abraço
    parabéns

    ResponderExcluir
  21. Olá Chica,

    Excelente participação! Teu conto foi triste mas nossa realidade é assim também. Tem o lado alegre e de esperança e o outro vazio e sem expectativas.

    bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá Chica.

    Muito trágico, ela poderia usar as cordas para tocar uma nova música para sua vida.

    Abraços

    ResponderExcluir
  23. Muito triste, mas é um fato que, infelizmente, acontece muito mais do que a gente possa imaginar!...:(

    Beijos prá você querida.

    Cid@

    ResponderExcluir
  24. Chica, um final muito triste!!!!!!!! Vc escreve muito bem!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Tudo acabou...
    Apenas passou pela vida!
    Nada fez,nem as notas alegres soube aprender a tocar!
    Chica
    Nada me tira da cabeça que voce já é uma grande escritora
    Só falta eu ler seus livros.
    Sabia que já li desde que aposentei 124 livros de 2009 pra cá?
    Me tocou mas não saberia criar uma história baseada no violão.
    vom carinho MOnica
    Me deu medo de acabar assim!

    ResponderExcluir
  26. Esses exercícios literários são mesmo um desafio. E você os cumpre sempre com maestria. Beijos

    ResponderExcluir
  27. Realmente todos os obstáculos presentes foram vencidos..abrçs

    ResponderExcluir
  28. belo tema. Logo postarei o meu. dessa vez, não perderei.

    Agradeço pela visita, pela estima. Amigos são nossos verdadeiros Presentes. Principalmente o OURO que brilha. És um pedacinho desse Ouro, que brilha em meu blog todos os dias. Muito obrigada pela grandeza da nossa AMIZADE!.
    Interação de Amigos comemora. Venha e participe. Pegue seu selinho que é dado com muito carinho. http://sandrarandrade7.blogspot.com
    Essa Interação, é um grande bate papo de AMIGOS que se encontram para compartilhar momentos muito ESPECIAIS.
    E você é o meu maior Presente. 100 mil visitas já passou.. 102 mil já chegou é muito mais virão. E logo comemoramos outras 100 mil. Valeu pelo seu carinho, amizade e interação. Aprendemos a nos respeitar, nos compreender e tocar momentos super carinhosos. Compartilhamos ideias, emoções e aprendizagens, além das experiências. Agradeço pela sua amizade, carinho e afeto. Longa caminhada se deu.Sei que outras continuarão. E com a sua companhia conquistarei muito mais.

    Embora sem tempo, sei que não és esquecido dentro do meu coração e pensamento. Somos AMIGOS DISTANTES, MAS UNIDOS PELO GRANDE CARINHO QUE NOS UNEM.
    Por isso vou te esperar por lá. Interação Agrade a sua visita, assim como a Curiosa.
    Muito obrigada por existir na minha vida Virtual.
    Carinhosamente eu te agradeço, do fundo do meu coração.
    Deixo um forte abraço. A minha vida está bem corrida. Mas assim que puder voltarei te visitar..
    TE ADORO MEU ETERNO AMIGA(A) VIRTUAL...
    CARINHOSAMENTE,
    SANDRA

    ResponderExcluir
  29. É a realidade da vida ...
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Muito lagal seu blog! voltarei outras vezes...
    te descobri através do blog da doutora Regina.

    Abraço Chica.

    ResponderExcluir
  31. Esse conto tem um certo Q de realidade, tem gente que nao sabe o que fazer com a própria vida, as horas as consomem e embora haja amigos, estao sempre sozinhas, condenadas a solidao da cela que constroem ao torno de si mesmas... Mal de artista e de infelizes, hoje em dia, terapia resolve, ou pelo menos, ajuda, rsrsrs Por isso, nao toco instrumentos, hehehe
    Magnífico texto, parabéns!!!!
    Aquele beijo!!!!!

    ResponderExcluir
  32. Mas bah, Chica.
    Pesado mas real...
    Tenho que o suicída é um doente, posto que atentar contra a própria vida contraria tanto o instinto quanto a razão.
    Infelismente as pessoas que o rodeam, como no seu conto, não percebem a situação.
    Belo e contundente texto, parabéns e boa sorte.
    abração.

    ResponderExcluir
  33. Uma história incrivél! corta a respiração de tão realista, um alerta para todos nós, quantas vezes não entendemos o que se passa á nossa volta, cada um com seu problema.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Nossa q triste....mas impactante!!gostei=D
    Envolvente do começo ao fim.
    Bjss♥

    ResponderExcluir
  35. Um triste fim, para uma bela história. Gostei do texto, mesmo que estejamos "concorrendo".

    Beijos e boa sorte!

    Sucesso

    ResponderExcluir
  36. Nossa que triste esta história Chica. ainda bem que fiz diferente. Quem sabe vem cantar comigo.

    As músicas nos falam de amor..Poesias. São verdades cantadas em formas de canção.
    Também estou participando com a interação de amigos.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com/
    Convido vc para conferi também.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿