Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

Lá no chica escreve tem...

Lá no chica escreve tem...
Cliquem pra ver!

* O Reencontro...

Foto retirada do FLICKR


Essa é minha participação da 8ª edição do Projeto MIL PALAVRAS

(((O)))(((O)))(((O)))

Quinze anos haviam se passado que Marcos e sua vó, D. Benta, haviam se separado.

Marcos que fora  estudar na Inglaterra, acabou por lá ficando e trabalhando.Casou,descasou e nunca mais para o Brasil havia regressado.

Marcaram um encontro numa praça, que era onde moravam as lembranças de Marcos com sua avó. Ela o levava sempre para pegar sol e brincar por lá. Hoje, ela é que deve ir até lá para tomar o seu solzinho.

Ao chegar, de longe, avista, emocionado sua avozinha, agora, bem envelhecida.

As saudades, por certo, haviam deixado marcas em seu rosto e até no coração.

Foi se aproximando e de surpresa, senta no banco.

Ela o vê e olha bem..
Um novo olhar,outro e outro e um sorriso de felicidade se esboça em seus lábios.
Pergunta apenas, olhando com a face de quem está indignada:

_ Levaste um choque, meu querido...Foi a emoção de me rever que te arrepiou o cabelo?

E deixa escapar o que realmente lhe preocupava:

__Ma come? Se piove cannolicchi,che farai???*
 Estamos quites,Marquinho... tu arrepiaste os cabelos e eu encolhi e me enruguei toda...Mas somos os mesmos,não é?



Marcos com essa frase ouvida, sabia que reencontrara, após tanto tempo, sua mesma querida avó, e que ela permanecia igualzinha, até mesmo misturando os idiomas, apesar da aparência.

Sabia que iriam se dar muito bem novamente e que suas conversas seriam retomadas do mesmo fio da meada onde haviam sido deixadas.

Ela era uma avó diferente,sabia tudo encarar com naturalidade e seu senso de humor fazia toda a diferença.
Depois daqueles início de conversa,tinham muito pela frente e sabiam, boas risadas viriam.
Muitos abraços e beijos também!

Não haviam diferenças entre eles...chica

(((o)))o(((o)))o(((o)))
*expressão italiana que significa: Mas como? Se chove as massinhas furadinhas, o que farás?... preocupada que elas ficariam todas presas nos cabelos arrepiados,rsrs

35 comentários:

  1. Uma ternurenta história, o amor vence por muito diferente que esteja o aspecto...LINDO!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Linda posagem Chica, tendo humor e amor não ha diferença que resista.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Lindo minha querida!!! Senti saudades da minha avó!!
    Beijinhos
    Regina

    ResponderExcluir
  4. Que bom saber olhar para lá das aparências!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Chica, voce mudou tudo por aqui, demorei pra me encontrar rsrsrs
    O amor sempre vence ! parabéns , ficou tudo muito bom., ainda estou a bisbilhotar rs
    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá amiga! Mais um conto, bela participação. Espero que tenhas muito sucesso.

    Beijos e que fiques com DEUS.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  7. Mas bah, Chica.
    Tua vovó é punk! Parabéns, ficou muito legal.
    Desejo sucesso.

    ResponderExcluir
  8. É MARAVILHOS ,BOM COMEÇO DE SEMANA CHICA!

    ResponderExcluir
  9. Menina, quem ama não vê a suspostas diferenças...

    Fique com Deus, menina Chica.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Oie Chiquita Bacana :)!

    acho algo muito interessante nas avós: elas realmente se despem de todo preconceito, embora achem que a nossa juventude está muito precoce...queria não ter que esperar estar com 50-60 pra aprender a soltar certas coisas que insisto em martelar!

    Bjos querida :)!

    ResponderExcluir
  11. Este amor incondicional me encantou.
    Palavras lindas estas que acabei de ler...de um conteúdo imenso!
    Parabéns.
    Bjs.sinceros
    Mer

    ResponderExcluir
  12. Chica, uma graça a estória. Adorei o senso de humor da vovó (geralmente elas são assim!).
    O seu blog está lindo. O layout ficou maravilhoso. Parabéns pelo bom gosto.
    Um abração com carinho e amizade.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  13. Oi Chica,

    Adorei esse encontro... A idade só vem a acrescentar..., sempre...

    Beijos,

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post.
    A fotinha lá em cima tah show.
    *.*

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Chica,lindo encontro e seu texto traz um ótimo exemplo para muitos jovens de amor e respeito para com as avós.
    Abraços,Bergilde

    ResponderExcluir
  16. Linda esta história,tãoo bela que poderia ser real.
    Meus vôs eu não conheci e era pequena qd minhas avós faleceram.
    Meu filho tem um bisavô e uma bisavó (q fará 90 anos) e isto eu acho tão lindo.
    Chica , um lindo dia para ti.

    ResponderExcluir
  17. Encontros e despedidas!
    Assim é a vida, não Chica? E fica melhor ainda quando temos um toque de humor nisso tudo!
    Jr.

    ResponderExcluir
  18. Assim é a vida...Encontros e desencontros...Idas e voltas.

    Adorei.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Que delícia passar por aqui e ler essa beleza de texto, Chica. beijão

    ResponderExcluir
  20. Chica,quanta ternura nesse lindo reencontro!Parabéns pela participação!Bjs,

    ResponderExcluir
  21. Voltei para te parabenizar pelos 200 posts!Esse seu blog é maravilhoso!Bjs,

    ResponderExcluir
  22. Oi, Chica!

    Um lindo reencontro! E parabens pelo número de postagens - 200!!

    abçs
    Adriana

    ResponderExcluir
  23. Parabéns pelos 200, delícia !
    Essa mistura é das boas : sabedotia+ amor + humor .

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  24. Olá, boa semana!
    Gostei como ficaram o neto e a vovó... muito real a emoção sentida!
    Belo post, minha vó (e minha madrinha) era uma ternura só, quero tentar ser um pouquinho pros netinhos no presente... Deus me ajude!
    Bjs

    ResponderExcluir
  25. Esse post me deixou com o coracao doendo... Sai do Brasil com 17 anos e depois de uma breve visita logo em seguida, nunca mais vi minha avo materna desde 1995, ate ela falecer mais ou menos em 2003 ou 04. O unico lado ruim de morar fora do pais eh estar longe daqueles que amo. Mas ainda me considero sortuda de ter meu pai e minhas irmas aqui do meu ladinho (minha mae faleceu ha 4 anos atras). Estou adorando seus textos. bjos

    ResponderExcluir
  26. Adorei, Chica! E acontece tanto na vida esses reencontros, não é mesmo?
    Bjkas, muitas!

    ResponderExcluir
  27. Lindo encontro, quem tem avó aproveite o máximo os momentos que junto dela passar, perdi a minha qdo ainda era um bebe, cresci sem avó, mas cresci sonhando em ter uma ao meu lado.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  28. Querida Chica, quantas histórias assim se confundem com o cotidiano. Acontecem mesmo.
    É bom ter família e uma avó nem se fala.
    Eu sou avó e sei o quanto é maravilhoso.
    Adorei amiga!!!

    Beijos

    Lucimar

    ResponderExcluir
  29. Olá Chica,
    Muito lindo!!
    Tem selinhos no nosso Blog!
    Um beijinho carinhoso

    ResponderExcluir
  30. Amiga Chica,

    Texto mais incrível! Você até me fez rir....
    Adorei.

    Claro que quem tem sentido de humor tem tudo para ser feliz.
    Depois o aspecto físico não deve ser impedimento para nada.
    Há pessoas estigmatizadas por nada.
    Beijos

    Na casa do Rau

    ResponderExcluir
  31. Por dentro as pessoas são sempre as mesmas, nao há ruga ou corte de cabelo que mude isso!
    Mto fofo, Chica!
    Desculpa a demora em retribuir suas visitas constantes,, alias, obrigado por elas! Qdo o meu periodo de provas acabar volta ao normal.

    bjo!

    ResponderExcluir
  32. Oi Chica, passei aqui para uma visita.
    Deixo um grande abraço e o desejo que tenhas bons sonhos.

    ResponderExcluir
  33. No afeto o crescimento é uma constante.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  34. Chica
    miga esta semana não participei , mas valeu só de ler a sua história... dei umas boas gargalhadas. Maravilhosa.
    Espero que consigar o pódio porque merece.
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Oh adorei, está lindo o texto. Choque feliz de gerações.

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿