Olhem o que temos por no chica escreve!

Olhem o que temos por no chica escreve!
Basta clicar!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!

Vejam no Chica brinca de poesia!!!
Basta clicar!

* Liberdade não é tuuuudo...



Nossa rua é visitada por muitos carroceiros, catadores de papéis e com eles, sempre surge algum cachorro que os acompanham.

Um deles, resolveu, há bastante tempo, morar por aqui.

Mudou-se definitivamente e andava de cá para lá, sendo bem tratado por uns, acarinhado e enxotado por outros.

Fazia companhia para os seguranças da rua e se revezava entre suas guaritas.

Faziam campanhas para mantê-lo sempre bem alimentado e com as vacinas em dia.

Um dia, uma moradora, resolveu adotá-lo, e o levou para sua casa.

Agora passa-se bem mais tempo sem vê-lo, mas tive oportunidade de fazê-lo hoje, enquanto estava fazendo meu exercício na esteira e "bisoiava" para a rua...

Ele antes tinha a liberdade total de ir e andar por onde bem entendesse, respeitando apenas as cercas, e quando passavam os outros cachorrinhos, guiados pelos seus donos nas coleiras, havia uma troca de olhares e de "desejos" sutis, suas vontades transpareciam em seus olhares.

Parecia que muitas vezes, gostariam de trocar de lugares.

Uns que tudo tinham , não tinham a liberdade dele, andando solto todos os dias.Ele, com sua liberdade, não tinha um símbolo de "família", no caso, ser puxado pela coleira por um dono.

Mas hoje, pude vê-lo lépido e faceiro, ainda que sem a coleira, correndo à frente da sua dona, porém, quando cruzava com os outros cãezinhos, já se podia perceber o "poder", o sentimento de alegria pela "igualdade".

Agora ele, nas horas de passeio, é livre.

Pode circular sozinho, pois tem grande experiência nisso.

A "coleira" já não é mais necessária...

Ele conseguiu o que todos querem e precisam: liberdade, amor, carinho e uma casa para morar...

Um final bem feliz para esse vira-latas sabido!

20 comentários:

  1. Due doni ti aspettano sul mio blog dei premi.

    ResponderExcluir
  2. Chica,fico comovida com essa história pois tenho muito pena desses cachorrinhos abandonados na rua,presos pela carrocinha...Que bom que esse cachorro encontrou um lar e a liberdade tb!Bjs,

    ResponderExcluir
  3. Oi Chica! Belo conto. Com certeza, esse cachorro está fazendo muita inveja, pois, lamentavelmente, existem muitos cachorros humanos sabidos, que não têm amor, carinho, zelo, atenção, saúde, educação, compreensão, alimentação e uma casa para morar dignamente como um cidadão.

    Beijos e ótimo final de semana.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  4. Chica, bom diaaaaaaa!!!!
    Hoje está acontecendo algo inusitado e raro...
    Decidi que finalmente iria visitar pelo menos três dos seus magníficos blogs e estou aqui, cumprindo a promessa feita a mim mesma...
    A propósito, deixa eu te contar a maior: esses dias fui a um dentista novo, e, na hora de preencher a ficha com meus dados, ele virou-se para mim e perguntou:- essa não é a rua que tem muitos cachorros???rsrsrs
    Pois é, amiga, meu bairro é pequeno e tranquilo e vai chegando cachorro, vai chegando e vai ficando...
    E nós cuidando deles!!
    Esse da sua crônica é realmente de sorte, assim como os nossos, daqui.
    E os outros??
    Bjs.
    Vou voltar.

    ResponderExcluir
  5. Ahh hh, sempre reconfortante ler tuas crônicas querida chica!
    Essa é espetacular, pois o cãozinho ganhou um lar, amor e tem (ainda) toda liberdade do mundo.

    meu super beijo e um lindo findi!

    ResponderExcluir
  6. Uau Chica... Ou então me deixe dizer au! au! au! pelos meus amiguinhos caninos, e agradecer pela bondade de coração de tua vizinha, e nunca podemos esquecer que a felicidade tem mão dupla... Fico feliz, sabe tenho uma boa turminha aqui, todos salvos da rua, tratados e ganhando carinho... Para alguns tenho arrumado novo lar, mas sempre tem uns que vão ficando, ficando... Para recebermos Paz temos que ofertar Paz para todos os seres!!!! "Aquela historinha de via dupla... rsrsrsrs!
    Adorei, beijos Chica!"

    ResponderExcluir
  7. Ah Chica bem sei eu o quanto eles dão trabalho!na casa da minha filha tem uma levadissima, ainda bebê com todos aqueles dengos da idade rsrrs e foi adotada, apareceu assim do nada, a mae abandonou os filhotes e a garotada do condominio tratou de oferecer, aí pronto dançamos !nao houve jeito de negar ,as netas se encantaram! é inteligente ,mas dá aquele trabalho de cão... rsrs
    Viu como sua historia puxou outra!
    Abraços e bom domingo.Viva o Rio ,nao é!!

    ResponderExcluir
  8. Chica fiquei super comovida com essa história. Quando eu era pequena costumava arrecadar tudo que era cachorro e gato perdido para dentro de casa, hoje já não posso fazer mais isso :(
    Beijos menina bom final de semana!

    ResponderExcluir
  9. Chica
    Linda cronica, mas acho que é assim mesmo a vida, a gente precisa passar por uns"apertos", solidão e desamparo para ter confiança que pode cuidar da propria vida.
    Tem um selo para você no meu blog.
    perdão por ter errado o blog, ando meio fora de orbita.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Chica.

    Volto aqui para matar a saudade. Sempre que o tempo permite aproveito para visitar e me atualizar. Confesso que estou ausente face às atividades, mas como diz o poeta; “amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves, assim falava a canção...” Aproveito para compartilhar o poema a seguir;
    "Viva a Vida"...
    “Por que Viver é Exalar Pura Energia!
    É Devolver Sorrisos.
    É Acreditar que o Bem Sempre Vence o Mal.
    É Conquistar Amigos.
    É Ser Sempre Leal e Fiel.
    É Transformar a Dor em Alegria.
    É Ter Amor no Coração.
    É Correr Atrás dos Sonhos, da Inspiração, e dos Projetos
    Buscando Sempre o Entendimento das Coisas.
    Viver é Ser Sempre da Paz.
    É Orar em Agradecimento pelas Dádivas Recebidas.
    É Buscar o que Te Faz Bem, e aos Outros Também.
    Viver é Lembrar que o Sorriso é o Idioma Universal.
    É Lembrar que o Final não Existe.
    É Saber que Tudo é um Eterno Recomeço.
    E Ver a Vida Sempre com o Amor no Coração.” A. d.
    Votos de um ótimo fim de semana. Muita paz, saúde e proteção. Brilhe sempre! Fique com Deus. Sucesso...

    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  11. Olá, bom dia

    Tem uma montra de selos para escolher no Cova do Urso.

    Uma boa semana. :)))

    ResponderExcluir
  12. Chica, querida, comoveu-me ler-te.
    Parabens pela ideia, e pelo equilibrio sempre presente em tudo o que escreves,.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  13. Olá Chica,
    Eu acho que você achou o ponto G da prosa.Você tem um jeito especial de narrar os fatos. Enquanto muitos alinhavam, costuram seus textos,você pinta e borda.A exemplo de tudo que você escreve, "Liberdade não é tudo" é um texto maravilhoso.
    Beijos,
    Dalinha

    ResponderExcluir
  14. Mas bah, Chica.
    Nasci nos "anos dourados", cresci "filhote da ditadura", um tempo no qual os autores escondiam as verdades atrás de metáforas, e mensagens subliminares...Assim, criei o hábito de "procurar chifres em cabeça de burro"...Do seu texto mais que a aventura do nosso heroi canino, tirei a lição: Tem muita gento por ai precisando ser adotado por uma dona(o), liberdade, amor, carinho e uma casa pra morar...
    Parabéns !

    ResponderExcluir
  15. Com certeza amiga Chica, liberdade não se ganha, se conquista! Ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Oi,querida
    Primeiramente quero agradecer por ter participado do debate lá no meu Blog.Obrigada per sua enriquecedora opinião.
    Pretendo fazer algumas mudanças,para não espaçar muito os contatos.
    Adorei o seu conto.A liberdade vigiada é bom para os dois lados,não é mesmo?

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Chica,

    Acredito eu que seja melhor pra um cachorro ter um dono que cuide bem dele, pois os cães me passam a impressão (pois não tenho um) de que gostam da companhia de humanos.

    Passo muito pela região Central da cidade de São Paulo pois sou advogado e o fórum principal da cidade está no Centro, e sempre vejo mendigos com mais de um cão acompanhando ele. Talvez por isso que dizem que o cão é o melhor amigo do Homem.

    Bela postagem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. a liberdade é um sentido que se esvai quando na procura da perfeição entendemos que não podemos encontrá-la.

    ResponderExcluir
  19. Preciso te dizer que me emocionei? Pois é, o cãozinho encontrou o amor, de forma espontânea,
    sem nada cobrar ou exigir, ah tão lindo, tão raro, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  20. primeira vez que li tuas cronicas, Chica! maravilhosas! adorei a do cachorrinho.
    Grande beijo!
    Saudades...

    ResponderExcluir

✿ Coisa boa te ver aqui!beijos,chica ✿